quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Após rebelião, assessor técnico da Funase de Timbaúba é exonerado

Folha-PE

O assessor técnico da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Jaime Santos da Silva, foi exonerado após rebelião na unidade de Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Na madrugada desta terça-feira (25), uma rebelião no local terminou com a morte de três reeducandos .De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), Ana Lúcia Gusmão Brindeiro assume o cargo.

“A Corregedoria da Funase já abriu sindicância para apurar o ocorrido. A sindicância tem um prazo de 20 dias para ser concluída, podendo ainda ser prorrogada por mais 20 dias. Dezesseis adolescentes acusados pelas três mortes e por danos ao patrimônio foram conduzidos à Delegacia de Timbaúba, que dará início às investigações sobre os homicídios”, afirma nota do Governo do Estado, que também lamentou o falecimento dos internos, dois adolescentes de 17 anos e um de 18. Os jovens foram assassinados com golpes de armas artesanais e pedradas.

Ainda de acordo com a nota, “a Funase está prestando toda a assistência às famílias das vítimas, inclusive com o auxílio de um psicólogo”. As famílias dos envolvidos na rebelião também estão sendo acompanhadas por profissionais da Fundação. O motivo do motim teria sido desavenças entre grupos rivais. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário