quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Bandidos invadem novamente Banco do Brasil de Goiana

Folha-PE

O cenário é de destruição na avenida Nunes Machado, em Goiana, Mata Norte de Pernambuco. Na madrugada desta quarta-feira (12), bandidos invadiram uma agência do Banco do Brasil e explodiram seis caixas eletrônicos e o cofre da unidade. Todo o dinheiro foi levado. 

Ainda na manhã desta quarta, pedaços de vidro permaneciam espalhados por todos os lados na calçada da avenida onde fica a agência. O lugar está isolado com faixas, mas de fora é possível para ver que o teto veio abaixo com o impacto da explosão e as lâmpadas estão penduradas. Uma equipe do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) esteve no local, mas ninguém quis gravar entrevista. Disseram apenas que está tudo destruído no interior do banco, onde ficava o cofre.

Não foi divulgada a quantia roubada pelos assaltantes, mas sabe-se que os caixas eletrônicos foram abastecidos na terça-feira (11). 

Segundo o capitão da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), GiamPaolo Bloise, foram achados cinco carros até o momento que teriam sido usados na investida. Quatro foram abandonados após a entrada da usina Santa Teresa, próximo à fábrica da Jeep, às margens da BR-101. O outro está dentro da usina, com os explosivos utilizados na ação. 

Pela quantidade de carros, a polícia acredita que 20 suspeitos estão envolvidos no crime. Para atrapalhar o acesso da polícia, eles fecharam com grampos a PE-75, na altura da cidade de Itambé. Além disso, usaram dois caminhões para bloquear o acesso na BR-101: um na divisa entre Goiana e Itapissuma e o outro na divisa entre Paraíba e Pernambuco. O vigilante do banco informou que oito homens participaram do assalto ao banco e que três outros deram suporte do lado de fora.

Outro grupo foi À sede da CIPM em dois carros e disparou vários tiros contra a estrutura da companhia. Um tiro ainda atravessou para o alojamento, onde havia policiais dormindo, mas ninguém foi atingido. Os carros particulares dos policiais também foram baleados. 

A polícia investiga se há relação entre os grupos. Por ter sido em área militar, a CIPM vai solicitar ao Instituto de Criminalística (IC) uma perícia no local. Além disso, será aberta sindicância para apurar o caso. O IC fará a perícia na agência para coletar digitais e encaminhar ao banco de dados da Polícia Civil.

O banco já havia sido alvo de uma investida criminosa há um mês. Houve também explosões, mas nada foi levado. O prédio estava fechado para reforma desde então. Apenas os caixas eletrônicos funcionavam.

Insegurança

Os moradores do local estão muito muito assustados. Com medo, ninguém quis se identificar, mas disseram ter ouvido muitos tiros por volta das 3h30. Descreveram que a explosão foi muito forte, como se tivessem usado dinamite. Alguns até achavam que os tiros eram, a princípio, fogos em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, cujo dia é comemorado nesta quarta-feira.

Nenhum comentário :

Postar um comentário