quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Educação financeira começa na infância

Pablo Martins, 10 anos, está economizando para a festa de aniversário em setembro
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

JC Online

Geralmente associado a lazer e presentes, o Dia das Crianças pode ser um bom momento para refletir sobre o futuro dos pequenos. No próximo ano, que tal deixar o seu filho comprar o próprio presente? Isto é possível com educação financeira. Os frutos podem ser colhidos pelo resto da vida.

A educação financeira pode começar aos três anos de idade, com medidas pequenas, como familiarizar a criança com a realidade financeira da casa. Um exemplo de sucesso é Ezequiel Barbosa, 12 anos, que começou a aprender a poupar nesta idade. 

Segundo sua mãe, Shirley Quirino, o menino é disciplinado. “Aos três anos, comecei a juntar dinheiro para ele. Com o que economizamos, conseguimos pagar a festa de 5 anos dele”, afirma. Além das lições em casa, Ezequiel também tem aulas na escola. “Na escola, aprendi a comparar preços, economizar e como os bancos funcionam. Hoje, quero juntar mil reais”, relata o menino. 



SONHO

O planejamento financeiro começa com um sonho, afirma a diretora pedagógica da Dsop Educação Financeira, Luciana Menezes. “Educação financeira é um tema do cotidiano, mas, geralmente, os pais não tiveram esta cultura, por isso não sabem orientar. A criança aprende a cuidar do dinheiro e estabelecer os sonhos, aqueles que pode comprar e os que não pode”, comenta. Luciana diz ainda que a criança ensina em casa. A entidade capacita professores para dar aula de 50 minutos, uma vez por semana, sobre o tema nas escolas. Atualmente, cerca de 10 mil estudantes integram o projeto no Estado. Os pais também participam de palestras. 

Após as aulas, Pablo Martins, 10 anos, começou a juntar dinheiro em um porquinho. Ele pretende poupar até setembro do próximo ano, quando comemora seu aniversário. “Achei as aulas muito legais. Desde o ano passado, junto moedas de R$ 1 em um porquinho. Quero comprar um brinquedo ou fazer a minha própria festa”, planeja.

Para adotar o programa em sua escola, basta ligar para a Dsop Educação Financeira, pelo telefone (81) 3465 6902.

Nenhum comentário :

Postar um comentário