sábado, 29 de outubro de 2016

Estado lança edital para a concessão do miniarco

O miniarco será uma opção para os motoristas não passarem pelos congestionamentos da BR-101 entre Igarassu e Paulista
Foto: JC Imagem

JC Online

Foi dado o primeiro passo para o miniarco sair do papel como uma concessão à iniciativa privada. O empreendimento é uma alça viária de 14,4 km, que vai começar na entrada da PE-35, em Igarassu, indo até a entrada da PE-15, em Paulista, formando um trecho pedagiado que permitirá aos motoristas não passarem pelas áreas congestionadas da BR-101 entre os municípios citados. A Secretaria estadual de Transportes (Setra) publicou ontem, no Diário Oficial do Estado, o edital convocando as empresas a apresentarem o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para elaboração dos estudos de viabilidade, modelagem e execução dos projetos de construção, operação e manutenção dessa nova estrada.

As empresas interessadas terão até as 13 horas do dia 24 de novembro para apresentarem as suas propostas. “Depois disso, a nossa intenção é autorizar a realização dos estudos em poucos dias. Eles terão que ser concluídos em até 180 dias, mas os investidores terão interesse em entregar logo, porque só passarão a ter retorno financeiro quando a rodovia estiver pronta”, explica o gerente geral de projetos da Setra, Luiz Alberto de Araújo.

INVESTIMENTO

O investimento é estimado em R$ 160 milhões, sendo bancado pela empresa que vencer a concessão, a qual deve apresentar a melhor técnica na construção e o menor preço do pedágio. A expectativa do governo é de que as obras comecem entre julho e agosto de 2017.

Nenhum comentário :

Postar um comentário