segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Lições de Arraes não são observadas em Caruaru

Inaldo Sampaio

O vice de Caruaru e candidato derrotado nas últimas eleições, Jorge Gomes, exibe em seu currículo com orgulho o fato de ter sido vice-governador de Miguel Arraes entre 1987 e 1990.

Orgulha-se também por ter sido secretário de saúde de Eduardo Campos e de estar filiado ao PSB desde que o partido passou a ser comandado nacionalmente por Miguel Arraes, que tivera breve passagem pelo PMDB como um de seus vice-presidentes. Pois bem, Arraes ensinava aos seus discípulos que “neutralidade em política não existe”. 

Mesmo que as opções não sejam do gosto do freguês, há que se escolher o lado “menos ruim”. Foi o que o próprio Arraes fez no Recife em 2000 quando o PT disputou a prefeitura contra o então prefeito Roberto Magalhães. “Nós (do PSB) vamos votar em João Paulo, ainda que ele não queira”, disse ele. Jorge está neutro em Caruaru porque não quer negócio com Raquel Lyra e nem tampouco com Tony Gel.

Nenhum comentário :

Postar um comentário