segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Reforma política, enfim, em debate na Câmara dos Deputados

O deputado Lúcio Vieira Lima, do PMDB da Bahia, presidirá a comissão da reforma política - Foto Orlando Brito

Os Divergentes

Assuntos que são notícia é o que não faltará nessa semana no Congresso. A começar pela discussão e votação do segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição 241, a PEC que delimita os gastos públicos do governo para os próximos 20 anos. E também a sequência da crise gerada pela ação da Polícia Federal no Senado, que culminou com a detenção de diretores da Polícia Legislativa, acusados de obstrução da justiça ao desmontarem escutas montadas pela PF na residência de parlamentares. E, ainda, o andamento do projeto de repatriação divisas depositadas por brasileiros no Exterior.

Porém, outro assunto que dominará a atenção será a reforma política que, enfim, começa a ser discutida em Comissão Especial da Câmara. Da pauta de assuntos constam, entre outros, a redução no número de partidos, o financiamento das campanhas eleitoras, o fim das coligações partidárias. O presidente da Comissão será o deputado baiano Lúcio Vieira Lima que já definiu: serão debatidos todos os temas listados, porém votados primeiramente aqueles que tiverem consenso entre os parlamentares.

A temperatura do clima político deverá continuar alta também por conta da expectativa do que poderá revelar – ou não – o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, aos promotores da Operação Lava-Jato, em Curitiba, onde o ex-parlamentar está preso desde a semana passada.

Nenhum comentário :

Postar um comentário