domingo, 13 de novembro de 2016

Hillary culpa diretor do FBI por sua derrota


G1, em São Paulo

A canditata democrata Hillary Clinton culpou o diretor do FBI, James Comey, por sua derrota nas eleições presidenciais do Estados Unidos, durante teleconferência neste sábado (12) com seus principais doadores de campanha, alegando que o anúncio de reabertura da investigação sobre os e-mails da democrata feito por ele foi um duro golpe em sua campanha.

"Há muitas razões pelas quais uma eleição como este não é bem sucedida", disse Hillary, de acordo com o relato de um doador transmitido ao jornal "The New York Times". "A nossa análise é que o anúncio de Comey levantando dúvidas infundadas, sem fundamento, que frearam nosso impulso".

No dia 28 de outubro, às vésperas das eleições, o FBI, a agência de investigação americana, anunciou a retomada de investigações sobre novos e-mails que surgiram com relação ao uso de um servidor privado que Hillary fez quando ocupava o cargo de Secretária de Estado, o que provocou um impacto negativo na campanha da democrata.

Na ocasião, a campanha de Hillary criticaram Comey por enviar uma carta notificando o Congresso sobre a revisão dos e-mails antes mesmo de saber se eles eram relevantes ou irrelevantes.

Dois dias antes da eleição, o diretor do FBI, James Comey, anunciou que decidiu não indiciar Hillary pelos novos e-mails e que a agência continuava a considerar Hillary inocente de qualquer tipo de crime devido ao uso de um servidor privado quando foi secretária de Estado dos EUA

Nenhum comentário :

Postar um comentário