terça-feira, 15 de novembro de 2016

Ministério Público Federal no Ceará recorre para suspender a redação do Enem

Candidato estava com texto sobre o tema da redação do EnemCrédito: Divulgação / PF

CBN

Segundo a procuradoria, houve vazamento da prova e isso violou o princípio de igualdade que deve ser garantido aos candidatos.

Na decisão da Justiça, no dia 9, o magistrado, no entanto, argumentou que os estudantes não foram informados antecipadamente sobre o tema da redação e negou o pedido. 

A Polícia Federal identificou uma quadrilha de Montes Claros, em Minas Gerais, que já tinha as respostas de uma das provas do Enem antes da realização do exame. Segundo as investigações, o preço do gabarito variava de R$ 40 mil a R$ 50 mil. 

A quadrilha transmitia as informações de um hotel através de uma escuta implantada no ouvido dos candidatos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário