sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Santa Cruz homologa acordo e Arruda não vai a leilão

Uma ação do nome de Cezar Baiano pedia o leilão do estádio. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Blog do Torcedor

Aos poucos, o Santa Cruz vai resolvendo seus problemas extra-campo. Nesta quinta-feira (3), o tricolor homologou o acordo com os representantes do espólio de Cezar Baiano e encerrou a discussão em torno do leilão do estádio do Arruda. A negociação com a outra parte durou cerca de 15 dias, até a suspensão da venda da casa coral.

“O processo era no valor de R$ 342 mil total e foi divido em dez vezes sem juros, com a primeira parcela para o dia 11 de novembro”, explicou o vice-presidente jurídico Eduardo Lopes. O documento com o acordo fechado entra as parte já foi assinado pela juíza responsável.

A homologação aconteceu nesta quinta-feira por causa dos feriados desta semana. O Tribunal Regional do Trabalho transferiu o feriado do Dia do Servidor para a segunda-feira (31) e na quarta-feira (2) aconteceu o feriado nacional de Finados.

De acordo com Eduardo Lopes, o clube tentou, a principio, reduzir o valor para chegar a um entendimento, mas a proposta não foi aceita pelos representantes da outra parte. Mesmo assim, a decisão final foi considerada boa para o Santa Cruz.

Cezar Baiano, como era conhecido Carlos Cezar Machado Batista, jogou no Santa Cruz em 2007. O ex-jogador faleceu em 2013, ao sofrer um infarto fulminantes durante uma “pelada” na Bahia.

Nenhum comentário :

Postar um comentário