sábado, 12 de novembro de 2016

UFPE pede reintegração de posse da Faculdade de Direito e comissão faz vistoria na instituição

Folha-PE

Uma comissão de gestores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) realizou vistoria na Faculdade de Direito do Recife (FDR) na tarde desta sexta-feira (11). A instituição está ocupada desde a noite dessa quinta-feira (10). Antes da visita, a UFPE solicitou à Procuradoria Regional Federal que pedisse a reintegração de posse do local. 

De acordo com a pró-reitora de Gestão da UFPE, Ana Cabral, não houve depredação no prédio histórico. Ela contou que buscou dialogar com os estudantes acampados no local. 

“Tentamos abrir um diálogo com os estudantes, que foi muito frutífero. O patrimônio permanece intacto e em perfeitas condições. Até o momento, está tudo muito tranquilo”, afirmou a gestora. A comissão também informou que a prioridade é mantar a segurança dos alunos e preservar a unidade de ensino.

A ocupação é contra a Proposta de Emenda Constitucional 55, antiga PEC 241, e contra a reforma na educação do Ensino Médio, propostas pelo governo Michel Temer. 

Confira nota da UFPE

"Uma comissão da Reitoria esteve hoje (11) à tarde na Faculdade de Direito do Recife, ocupada desde ontem à noite por estudantes, para negociar uma saída pacífica do local. A comissão – formada pelos pró-reitores Paulo Góes (Assuntos Acadêmicos), Ana Cabral (Assuntos Estudantis) e Sônia Medeiros (Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida), além da assessora do reitor Ana Cristina Fernandes – fez uma vistoria no prédio da faculdade, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), constatando, até as 15h30, não haver depredação nem danos ao prédio, móveis e acervo da FDR. A Reitoria reitera sua disposição para o diálogo com os alunos que participam das ocupações na Faculdade de Direito e outros centros da Universidade em protesto contra a PEC 55 (antiga PEC 241)".

Nenhum comentário :

Postar um comentário