sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Mais de 170 pessoas são presas em PE durante 24h com mais policiais nas ruas

Em coletiva, Polícia Militar e Civil e Corpo de Bombeiros de PE apresentaram os números da 2ª edição da Operação Polícia nas Ruas (Foto: Reprodução/TV Globo)

G1 PE

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar de Pernambuco prenderam 172 pessoas em 24 horas. O balanço da segunda etapa da Operação Polícia nas Ruas, realizada da meia-noite da quinta-feira (1º) até o mesmo horário desta sexta-feira (2) e que também contou com a participação do Corpo de Bombeiros, foi divulgado em uma coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.
No dia 23 de novembro, a SDS realizou pela primeira vez esse tipo de ação, em que os efetivos nas ruas são reforçados pelos policiais e agentes que normalmente trabalham no setor administrativo das corporações. Na ocasião, foram efetuadas 130 prisões no estado.

Desta vez, a Polícia Civil utilizou, ao todo, 944 policiais na operação, sendo 149 delegados e 795 agentes e escrivães. “A ideia é lançar o máximo de policiais nas ruas, com o objetivo de cumprir mandados de prisão e gerar prisões em flagrante. Lançamos todas as delegacias especializadas possíveis, é um esforço muito concentrado e a Polícia Militar também fez a parte dela junto com o Corpo de Bombeiros”, ressaltou Arnaldo Barros, chefe da Polícia Civil.

Já a Polícia Militar colocou nas ruas 3.507 policiais, que realizaram cerca de 55 mil abordagens em todo o estado, sendo cerca de 40 mil pessoas e 15 mil carros abordados. “Nesta segunda operação, os resultados foram mais positivos em números do que a primeira. Então eu acredito que, a cada semana, a cada operação, os números vão ser melhores e a população vai sentir isso”, encerrou o subcomandante da PMPE, Adalberto Freitas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário