quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

NOTA DE REPÚDIO

Sinprop

Recentemente a câmara de vereadores aprovou sem nenhum diálogo com a categoria um acréscimo de 3% no desconto para a previdência, acréscimo esse que não foi nem apresentado no Conselho da Previdência. Estaria o fundo de previdência com um "ROMBO"? Inclusive, fomos à única entidade que realizou a denúncia do "ROMBO" nas contas do fundo de previdência, no ano de 2013. 

Pedimos auditoria para responsabilizar os culpados, mas estranhamente a câmara dos vereadores de forma omissa não apoiou o nosso pedido no Fundo de Previdência. No entanto, para aumentar o desconto, sem nenhum diálogo, no salário de mães e pais de família foram rápidos. 

Dessa forma, fica nítido o desrespeito e a incapacidade de dialogar com os diferentes segmentos da sociedade Paulistense. O sentimento que impera no momento é o de repúdio a qualquer prática que interfira na vida dos servidores municipais sem qualquer oportunidade de diálogo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário