terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Número de militares das Forças Armadas na RMR cai para 500

Tropas das Forças Armadas no Estado
Foto: Rafael Furtado

Folha de Pernambuco

O contingente de militares das Forças Armadas que permanecem na Operação Leão do Norte caiu de 3,5 mil para 500 homens. A permanência dos militares no Estado, solicitada pelo Governo de Pernambuco, foi ampliada até 3 de janeiro. O orçamento dos 10 primeiros dias foi estimado em R$ 2 milhões; ainda não há estimativa após a ampliação do prazo.

Em 10 dias de Operação Leão do Norte, as Forças Armadas afirmam ter realizado cerca de 2.800 ações - entre patrulhamentos e manutenção de tropas em pontos estáticos. De acordo com as Forças Armadas, foram contabilizados 393 patrulhamentos a pé, 1700 patrulhamentos motorizados e 400 pontos estáticos com tropas. Entre outras ações destacadas pelos militares estão revista de pessoal e veículos, reconhecimentos aéreos, controle de distúrbios e prisões em flagrante delito. 

Pelo decreto 8.928 de 9 de dezembro, a operação tinha prazo de terminar na segunda-feira (19), mas o Governo do Estado solicitou à Presidência da República a ampliação do prazo por conta da operação-padrão realizada pelos policiais militares no Estado. O pedido foi atendido e a alteração foi estabelecida por meio do decreto 8.934 no Diário Oficial da União da própria segunda-feira. 

A data de 3 de janeiro é o dia anterior à reunião de nova rodada de negociações entre o Governo e a Polícia Militar em relação aos assuntos da categoria.

Nenhum comentário :

Postar um comentário