quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Bicas de Olinda viram livro que ajuda a contar a história da cidade

A pesquisa analisou desde a estrutura até o estado de conservação das construções
Foto: JC Imagem

JC Online

As três bicas que ajudam a contar a história de Olinda viraram alvo de estudo e de um livro publicado na Alemanha em dezembro. A obra é fruto de um ano de pesquisa da arquiteta e urbanista Vania Avelar, e está disponível para compras online. 

"É um trabalho inédito, ninguém nunca realizou uma pesquisa completa e detalhada sobre as bicas", explica a autora. Antes de virar livro, o estudo realizado no ano de 2012 foi premiado em Brasília e reconhecido internacionalmente. As três bicas - São Pedro, Quatro Cantos e Rosário- foram analisadas sob vários aspectos, passando pela estrutura, iluminação, drenagem, conservação e pintura. 

Levantamentos diários, semanais e mensais foram feitos para analisar o estado de conservação das bicas. "É o princípio de tudo, a preservação deve ser feita de maneira gradual e constante", afirmou Vânia. Inseridas no Polígono de Tombamento estabelecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), as bicas fazem parte do Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco e desempenham função de abastecimento de água para a população humilde. 

REQUALIFICAÇÃO

O projeto de reestruturação das bicas públicas elaborado pela arquiteta foi dado de presente à Prefeitura de Olinda. "É uma obra de baixo custo, uma intervenção mínima que preserva as características originais das bicas", defende Avelar. Segundo ela, que trabalha no Iphan, a requalificação deve acontecer ainda no primeiro semestre de 2017. 

Para adquirir o livro, que vem de fora do Brasil, basta clicar aqui.

Nenhum comentário :

Postar um comentário