quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Luiz Adolpho e Erasto Vasconcelos são homenageados no carnaval de Olinda

Aproximadamente 11 mil votos foram computados.
Foto: Aline Soares/ Prefeitura de Olinda

JC Online

A Prefeitura de Olinda anunciou na manhã desta terça-feira (17), os homenageados do carnaval 2017. Luiz Adolpho Botelho, presidente do bloco do Homem da Meia-Noite, e o músico Erasto Vasconcelos (in memorian), foram eleitos a partir de uma votação popular, realizada em uma urna instalada no Sítio Histórico da Cidade Alta. Aproximadamente 11 mil votos foram computados.

Luiz Adolpho Botelho é filho de Tarcío Botelho, já falecido e homenageado no carnaval de 2002. Ele assumiu a presidência do bloco do Calunga há mais de 20 anos, após a morte do pai. "Eu lembro que 15 anos atrás, quando meu pai foi homenageado, eu não pude abraçá-lo. Hoje, eu sou o homenageado com meus filhos podendo me abraçar", comenta o presidente do bloco, emocionado.

Erasto Vasconcelos era músico, percusionista, poeta e compositor. Nascido e criado em Olinda, ele se apaixonou pela música nos anos 60, quando era vendedor numa livraria em Salvador (Ba). Construiu uma carreira comprometida com a cultura popular do estado de Pernmabuco. Chegou a morar em Nova Iorque (EUA) e a colaborar com diversos artistas nacionais e internacionais. Ele morreu em outubro do ano passado, aos 69 anos de idade. Erasto era irmão do percusionista Naná Vasconcelos, também falecido no ano passado, porém em março.

"Ele morreu sem acreditar na importância que tinha. Erasto era uma pessoa simples em sua essência e com certeza não acreditaria nesta homenagem. Mas ela é mais do que merecida. Eu estou muito feliz por ele", conta a irmã dele, Cenilda Vasconcelos.
DISPUTA

Ao todo, a votação era disputada por onze 11 personalidades. Entre elas: a coquista Ana Lúcia do Coco, a decoradora Auristela Freire, o instrumentista Erasto Vasconcelos, a coquista Glorinha do Coco, o cantor e compositor Luciano Padilha, o carnavalesco e presidente do Homem da Meia-noite Luiz Adolpho Botelho, o maestro Oseias, o carnavalesco Malu, o Barão dos Caetés, o porta-estandarte Pedro Sapateiro e o carnavalesco Zé da Macuca.

Nenhum comentário :

Postar um comentário