segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Sílvio Costa quer ser o “senador de Lula” em 2018 - Inaldo Sampaio

O ministro das Minas e Energia, Fernando Filho, deputado federal pelo PSB de Pernambuco, embarca nesta segunda-feira (16) para a Suíça a fim de participar da edição de 2017 do Fórum Econômico Mundial, na cidade de Davos.

Segundo a organização do evento, já se cadastraram mais de 3 mil participantes de 100 países, incluindo 1.200 presidentes de empresas e cerca de 50 chefes de estado.

O evento terá início nesta terça-feira (17) e se prolongará até o dia 20, mas não terá a participação do presidente Michel Temer. O presidente decidiu ficar no Brasil por causa da sucessão de crises que enfrenta tanto no campo político como também penitenciário.

Ele será representado pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o qual estará acompanhado pelo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, pelos ministros da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira e de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

O Fórum, que é realizado anualmente, reúne líderes mundiais para tratar de temas de interesse global, como o crescimento econômico, por exemplo.

O ministro pernambucano passou o final de semana no Recife. Na sexta-feira (13) ele deu posse ao novo presidente da Chesf, Sinval Zaidan, e no sábado (14) jantou com a esposa no restaurante “Tasquinha do Tio” na orla marítima de Boa Viagem.

Nenhum comentário :

Postar um comentário