sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Carlos Velloso recusa convite de Temer para ser ministro da Justiça

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Blog do Jamildo

O ex-ministro do STF Carlos Velloso, cotado para assumir o ministério da Justiça, na próxima semana, por indicação de Temer, teria desistido da função, depois de ter sido pressionado pela família a não aceitar o convite.
Outra versão apresentada nesta sexta fala nos contratos de exclusividade assinados por seus escritório, para representação em vários tribunais.

A expectativa era que ele tivesse o nome confirmado na próxima semana, logo depois da sabatina do ex-ministro Alexandre de Moraes, que vai para o STF.

Apresentado como nome do PSDB, ligado supostamente a Aécio Neves, por ser mineiro também, o nome do ex-ministro não era unanimidade. Nas semanas que antecederam à apresentação do seu nome, a bancada do PMDB de Minas Gerais chegou a apresentar o nome

Há uma briga de parte do PMDB com o PSDB, por conta de os tucanos ocupando muitos espaços, já tendo indicado até mesmo o ministro da Casa Civil, Imbassahy, logo depois da eleição da mesa da Câmara dos Deputados.

Nenhum comentário :

Postar um comentário