domingo, 26 de fevereiro de 2017

Desfile do Homem da Meia-Noite emociona milhares de foliões em Olinda

Homem da Meia-Noite é reverenciado pelos foliões na saída do bloco
André Nery / JC Imagem

JC Online

Mais uma vez o desfile do Homem da Meia-Noite emocionou milhares de pessoas ao ganhar as ruas de Olinda, na madrugada deste domingo (26). O calunga, que completa 85 anos, adotou este ano o tema "Negro Rei", uma homenagem à cultura e religiosidade negras.

Por volta das 23h, uma hora antes do bloco sair, a Rua do Amparo, onde fica a sede, já estava lotada de foliões, que este ano estavam ainda mais ansiosos para ver a roupa do calunga. O manto foi entregue no dia 31 de janeiro, numa cerimônia realizada no Terreiro Xambá, em Olinda, onde houve o encontro do Homem da Meia-Noite com a calunga de Mãe Biu.

A diretoria do bloco resolveu, então, resgatar a tradição de deixá-lo coberto até poucos minutos antes da saída. "Antigamente sempre se fazia isso. A roupa do Homem da Meia-Noite era um mistério. Ninguém via. Por vários anos ele passou a ficar descoberto, mas decidimos voltar a seguir a tradição", contou o presidente Luiz Adolpho.

O maestro Israel de França, um dos homenageados deste ano, levou um grupo de capoeiristas que acompanharam parte do percurso do desfile. Também estiveram presentes o bailarino Paulo Cristo e o Maracatu Leão Coroado, também homenageados do bloco.

Nas ruas, muitos moradores de Olinda, turistas, famílias que costumam se unir para reverenciar o calunga, além de muitas crianças.

Gabriel Farias, 3 anos, estava acompanhado da mãe e do avô. "Ele participa desde quando estava na minha barriga. Essa é uma tradição que vem do meu avô", explica Anna Gabriely Araújo, 23, mãe do garoto. "Homem da Meia-Noite!" é a resposta convicta de Gabriel, quando perguntado sobre o que mais gosta de ver no bloco ou sobre qual o seu "boneco de Olinda" predileto. Mulher do Dia, Menino da Tarde e John Travolta vêm em seguida na preferência do pequeno folião.

Nenhum comentário :

Postar um comentário