sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Jovens invadem prédio da antiga Fábrica Tacaruna, no Recife

Invasores na antiga Fábrica Tacaruna
Foto: Ed Machado

Folha-PE

Um flagrante da reportagem da Folha de Pernambuco mostra que, enquanto a antiga Fábrica Tacaruna não tem um destino certo, continua sendo alvo de invasões. Na tarde desta quinta-feira (16), um grupo de adolescentes se encontrava no topo do histórico edifício sem que fosse incomodado. Enquanto isso, algumas crianças entravam na parte térrea da propriedade.

Construído a partir de 1890 e inaugurado em 1895 como sede da Usina Beltrão, o edifício de 9,5 mil metros quadrados foi adquirido em 1924 pela Companhia de Tecidos do Nordeste e se tornou Fábrica Tacaruna. De 1975 até em 1992, ficou sob responsabilidade da Tecelagem Parayba do Sul. A estrutura possui três pavimentos com colunas de ferro e grandes salões.

Em péssimo estado de conservação, o espaço está desativado há exatos 25 anos. Em 2003, a Secretaria de Educação e Cultura de Pernambuco chegou a dar início a um projeto de restauração do prédio principal para a instalação da chamada Fábrica Cultural Tacaruna, que nunca se tornou realidade.

Em 2014, o Governo de Pernambuco assinou uma carta de intenções para viabilizar no local a implantação do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Engenharia Automotiva da Fiat Chrysler, outro projeto que não saiu do papel.

Nenhum comentário :

Postar um comentário