domingo, 12 de fevereiro de 2017

Pitbull marca três gols, Santa Cruz goleia Uniclinic e se mantém na liderança

Destaque na partida, Pitbull marcou três dos quatro gols do Santa Cruz
Foto: Anderson Stevens

Camila Uchôa
Folha de Pernambuco

Primeiro colocado do grupo A e buscando mais uma vitória na Copa do Nordeste, o Santa Cruz recebeu o Uniclinic/CE, no Arruda, pela terceira fase da competição. Apesar de um jogo morno nos primeiros minutos, sem lances de perigo para os goleiros, o Tricolor do Arruda se impôs jogando em casa e, com grande atuação do atacante Halef Pitbull - autor de três dos quatro gols da partida -, venceu pelo placar de 4x0, para garantir sete pontos na tabela e a liderança do grupo A. 

Mesmo apresentando um bom futebol no meio de campo, o Santa Cruz não conseguiu criar chances efetivas para penetrar na área do Uniclinic/CE, nos minutos iniciais. Com Everton Santos e Pitbull no ataque, o tricolor do Arruda ganhou mais velocidade na partida, porém a defesa adversária, bem postada, impediu as finalizações da equipe coral. A melhor chance dos tricolores surgiu aos 25 minutos, quando Pitbull avançou pelo lado esquerdo, cruzou para Everton Santos, que cabeceou quase acertando o gol, um susto para o goleiro Theo. 

Após mudança de lado entre Thomás e Everton Santos, o Santa Cruz passou a arriscar mais e a acelerar o passe. Aos 35, Leo Costa cobrou escanteio pelo lado esquerdo, Halef Pitbull recebeu livre e cabeceou para o fundo das redes, marcando o primeiro gol do tricolor pernambucano. Aos 44, uma baixa para o time comandado pelo técnico Vinícius Eutrópio: Leo Costa sentiu a perna esquerda e pediu para ser substituído. No lugar dele, entra Thiago Primão, que não vinha fazendo boas partidas. 

Buscando consertar os erros cometidos nos últimos jogos, Primão voltou inspirado para o segundo tempo. Após cobrança de falta na barreira, o jogador do Santa pegou o rebote e mandou um foguete, que bateu na trave. Aos 10 do segundo tempo, o zagueiro da equipe cearense, Domingos Sávio levou o segundo amarelo e foi expulso. Melhor para o Santa, que passou a jogar com um homem a mais. 

Com a vantagem sobre o Uniclinic, o Santa Cruz se soltou na partida. Após pênalti do goleiro Théo em Pitbull, Thomás, aos 15 minutos, cobrou no meio do gol e marcou o segundo da Cobra Coral. Aos 28 e um minuto depois, o protagonista da partida, Pitbull, selou a goleada coral para a festa do público presente no Arruda. 

FICHA DE JOGO

SANTA CRUZ 4

Júlio César; Vitor, Bruno Silva, Jaime e Roberto: Elicarlos, David, Léo Costa (Thiago Primão) e Thomás (André Luís); Everton Santos (William Barbio) e Pitbull. Téncico: Vinícius Eutrópio.

UNICLINIC 0

Theo; Wescley (Matheus Lima), Domingos, Anderson Sobral e Ronaldo (Paulista); Guidio, Leylon, João Neto e Vaninho; Preto e Netinho. Técnico: Roberto Carlos.
Local: Estádio do Arruda 
Árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL). 
Assistentes: Rondinelle dos Santos Tavares e Lennon Mccartney Farias (Ambos de AL). 
Gols: Halef Pitbull (aos 35 do 1ºT), Thomás (as 16 do 2ºT), Halef Pitbull (aos 28 do 2ºT), Halef Pitbull (aos 39 do 2ºT).
Cartões amarelos: Domingos Sávio, Théo (Uniclinic); Elicarlos (Santa Cruz) 
Cartões vermelhos: Domingos Sávio (Uniclinic)
Renda: R$ 26.650
Público: 5.212 torcedores

Nenhum comentário :

Postar um comentário