segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Sem crise, em Ipojuca, prefeito interino contrata cantor Leo Santana para animar festa católica por mais de 200 mil reais

Foto: Mariana Araújo/JC

Blog do Jamildo

Sem alarde, a gestão do prefeito interino de Ipojuca, Irmão Ricardo (PTC), contratou por R$ 274 mil, bandas e o cantor Leo Santana, para animar a festa de Nossa Senhora do Ó, realizada nos dois primeiros dias de fevereiro.

Os shows já foram realizados, mas a autorização só foi publicada dias após, no Diário Oficial.

Irmão Ricardo é prefeito interino de Ipojuca, por força de decisão da Justiça Eleitoral, que anulou as eleições de outubro do ano passado.


Apesar de ser apenas um prefeito interino, Irmão Ricardo tem ensejado preocupações dos órgãos de controle e já foi alvo de um alerta do TCE, uma recomendação do Ministério Público do Estado e outra recomendação do Ministério Público Eleitoral.

Todas as três medidas dos órgãos de controle pediam que o prefeito interino contivesse gastos e não fizesse despesas desnecessárias.

Não se sabe, até agora, se os gastos com a festa desobedecem ou não as recomendações do TCE e Ministério Público.

Nos documentos oficiais do TCE e Ministério Público, as recomendações destacavam que Irmão Ricardo não detinha a legitimidade do voto popular, mas apenas ocupava o cargo por força de decisão judicial. Por isso, segundo os órgãos, deveria ter mais cautela nas despesas e contratos.

O irônico é que o prefeito interino tem eleitorado evangélico, mas sua gestão gastou 274 mil reais para animar uma festa católica.

Entretanto, as atrações contratadas não estavam “alinhadas” com o espírito religioso da festa.

Irmão Ricardo é aliado do ex-prefeito Carlos Santana (PSDB), que será novamente candidato em abril ao comando da cidade. O entrosamento entre o prefeito interino e o ex-prefeito é tamanho que Irmão Ricardo manteve quase todo o secretariado de Santana.

A gestão de Irmão Ricardo gerou protestos na cidade, inclusive com invasão da sede da Prefeitura.

Nenhum comentário :

Postar um comentário