segunda-feira, 13 de março de 2017

Agentes penitenciários de Pernambuco fazem paralisação na quarta-feira

Complexo do Curado
Foto: Jedson Nobre

Folha de Pernambuco

Agentes penitenciários de Pernambuco vão aderir, na próxima quarta-feira (15), à greve nacional da categoria. A greve nacional foi anunciada no início de fevereiro em decorrência dos diversos incidentes de rebeliões e da falta de segurança sofrida pela categoria. Além de diminuir o efetivo, alguns serviços serão suspensos durante esse período.

A greve é um alerta para o pedido de aprovação a Emenda Constitucional número 308/2004, que cria um padrão para os profissionais da categoria da polícia penal, que recebe denominações diferentes pelo país. De acordo com o Sindasp, essa normatização facilitaria a inclusão dos mesmos em projetos de segurança pública, “Precisamos da unificação para que os agentes tenham direitos reconhecidos legalmente”, afirmou João Carvalho, presidente do sindicato. 

Serviços não essenciais como confecção de carteira, visita e condução de preso à permanência estarão suspensos durante a greve. E apenas 30% do efetivo estará trabalhando em rodízio de plantão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário