quarta-feira, 8 de março de 2017

Entrega do Mercado Eufrásio Barbosa é adiada novamente e fica para outubro de 2017

Cássio Oliveira
NE 10

Prevista para terminar em julho de 2016 e depois adiada para abril de 2017, a obra do Mercado Eufrásio Barbosa, na entrada da Cidade Alta de Olinda, é mais uma vez prorrogada. Desta vez, a previsão é de que a restauração do edifício seja concluída em outbro deste ano.

Vinculado à Secretaria Estadual de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel-PE), o Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) é responsável pela obra e afirmou que o novo adiamento se deu "devido ao acréscimo de novos serviços decorrentes de ajustes no projeto solicitados pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e o atraso na saída dos lojistas localizados na frente do espaço."
A reforma era prevista para terminar em julho de 2016 e depois adiada para abril de 2017 / Foto: Julliana de Melo / NE10
Por sua vez, a prefeitura de Olinda, em nota, disse que a Secretaria de Patrimônio e Cultura da cidade conseguiu negociar com os lojistas que insistiam em permanecer no Mercado Eufrásio Barbosa e que os mesmos já deixaram o espaço desde antes do Carnaval. 

Imagens do mercado mostram que o mesmo se encontra repleto de pichações e com pedaços do reboco caído. Sobre esta situação, a Seturel esclarece que, antes do início do Carnaval 2017, enviou um ofício para a Prefeitura de Olinda solicitando um reforço na guarda municipal para proteção do equipamento. "O mercado só será entregue à população com toda a pintura e manutenção da faixada regularizada'.

A prefeitura, por sua vez, afirmou que a segurança da estrutura deve ser realizada por uma empresa de segurança privada contratada pela empresa responsável pelas obras e que isto está previsto no contrato. "A Guarda Municipal de Olinda realiza rondas no Sítio Histórico e entorno", diz a prefeitura sobre a ação que pode fazer. 

Em julho passado, quando a obra foi adiada para abril de 2017, a secretária-executiva do Prodetur, Manuela Marinho, apontou três motivos para o atraso e um deles é o tempo levado nas negociações com o Iphan.

Depois da ordem de serviço assinada, o Estado passou três meses discutindo a intervenção com o Iphan, disse ela. Greve da construção civil e necessidade de ajustes no projeto seriam as outras duas causas, acrescenta. “A proposta foi desenvolvida em 2012 e a obra teve início em 2015. Nesse intervalo, o prédio se deteriorou mais e tivemos de fazer um replanejamento”, declarou na época Manuela Marinho à reportagem do Jornal do Commercio.
O mercado Eufrásio Barbosa vai reabrir como centro cultural

O trabalho de reforma está orçado em R$ 12 milhões (inicialmente eram R$ 11 milhões) e é financiado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A verba é suficiente para consertar o telhado, recuperar piso e paredes, implantar iluminação cênica, modernizar as instalações elétrica, hidráulica e sanitária, estudos arqueológicos e paisagismo.

Para o Teatro Fernando Santa Cruz, instalado nas dependências do Mercado Eufrásio Barbosa, estão previstas adequação das instalações elétrica, melhoria na acústica e climatização. “A bateria de banheiros também vai ser recuperada”, informou o engenheiro Joel Muniz.

O espaço contará com salão para exposições temporárias e permanentes, lojas para venda de artesanato, salas multiuso onde funcionarão biblioteca virtual, oficinas, teatro e um restaurante. Toda a edificação terá acessibilidade para portadores de necessidades especiais, como rampas para cadeira de rodas e placas em Braille, destinadas aos cegos.

O Eufrásio Barbosa foi inaugurado em abril de 1990. A prefeitura interditou o mercado em 2006 porque o teto ameaçava desabar. Sobre a reforma do telhado, que é a maior intervenção da obra de restauração do edifício, a Seturel afirmou que 70% dos serviços já foram concluídos e que o prazo de conclusão dessa etapa é também outubro, bem como a finalização dos serviços no Teatro Fernando Santa Cruz.

Confira na íntegra as notas, tanto da Prefeitura de Olinda, quanto da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de PE:

Seturel-PE

Sobre a obra de requalificação do Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco (Seturel-PE), por meio do Prodetur, informa que, devido ao acréscimo de novos serviços decorrentes de ajustes no projeto solicitados pelo IPHAN e o atraso na saída dos lojistas localizados na frente do espaço, a obra teve o prazo de conclusão alterado. A secretaria informa ainda que, desde outubro de 2016, vem solicitando o apoio da Prefeitura de Olinda para a relocação desses lojistas. Por tudo isso, a nova previsão é que a obra seja concluída em outubro de 2017. Sobre a intervenção no telhado, a secretaria informa também que 70% dos serviços já foram concluídos e que o prazo de conclusão dessa etapa é também outubro, bem como a finalização dos serviços no Teatro Fernando Santa Cruz. Sobre a pichação e a falta de reboco nas paredes, a Seturel esclarece que, antes do início do Carnaval 2017, enviou um ofício para a Prefeitura do Município solicitando um reforço na guarda municipal para proteção do equipamento. A secretaria acrescente ainda que o mercado só será entregue à população com toda a pintura e manutenção da faixada regularizada.

Prefeitura de Olinda

A Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda informa que a atual gestão conseguiu negociar com os lojistas que insistiam em permanecer no Mercado Eufrásio Barbosa e que os mesmos já deixaram o espaço desde antes do Carnaval. Além disso, estão sendo tomadas as providências cabíveis quanto à segurança e contra as pixações citadas, além de articular um grupo de trabalho para construir um plano de gestão a ser implantado após a entrega do mercado. No entanto, a segurança da estrutura para o atual momento está prevista no contrato firmado com a empresa responsável pelas obras que deve contratar a segurança privada. A Guarda Municipal de Olinda, por sua vez, realiza rondas no Sítio Histórico e entorno. Aqueles que precisarem acionar os agentes da GMO podem ligar no telefone 3429.2947.

Nenhum comentário :

Postar um comentário