segunda-feira, 6 de março de 2017

InBetta vai contratar 400 pessoas para fábrica em Pernambuco

JC Online 

O Grupo InBetta lança na segunda-feira (13) a pedra fundamental da obra do seu primeiro complexo industrial fora do Rio Grande do Sul. A planta industrial da rede, dona da marca de utilidades doméstica Sanremo, ficará em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. A partir de julho, será iniciado o processo de seleção para o preenchimento de 400 vagas de emprego. A expectativa é de que as atividades sejam iniciadas em dezembro. 
Na época da assinatura do protocolo de intenções, em janeiro de 2016, o diretor Financeiro Corporativo da InBetta, Alexandre Tulini disse, em entrevista ao JC, que os cargos a serem ocupados serão paras as áreas de operação de máquinas, profissionais de produção e técnicos de manutenção.

Para essa unidade fabril foram investidos R$ 100 milhões, via recursos do Banco do Nordeste. O município pernambucano será o Centro Distribuidor para todo o Nordeste. O complexo vai fabricar os produtos das seis empresas do grupo (Bettanin, Atlas, Sanremo. Primafer, Ordene e SuperPro) que, juntas, produzem mais de 4.500 itens vendidos no mercado brasileiro e exportado para 50 países. “Nesse momento em que passa o Brasil, projetos dessa magnitude demonstram a confiança de investir em Pernambuco”, comentou o governador Paulo Câmara, que visitou a sede da empresa, ontem, em Esteio, no Rio Grande do Sul.

A primeira etapa da unidade vai ocupar uma área de 33 mil metros quadrados, localizada às margens da PE-22, em Maranguape 2.

Nenhum comentário :

Postar um comentário