terça-feira, 28 de março de 2017

Procuradoria investiga saques de R$ 300 mil feitos por Renan Calheiros

CBN

Segundo a Procuradoria-Geral da República, o dinheiro pode ser resultado de pagamento de propina da Lava-jato.

De acordo com o Coaf, no dia 27 de dezembro de 2012 Renan Calheiros sacou R$ 100 mil em dinheiro vivo em uma agência do Banco do Brasil em Brasília.

No dia 30 de dezembro de 2014, Renan sacou novamente em dinheiro vivo outros R$ 200 mil numa agência do Banco do Brasil em Maceió.

Nenhum comentário :

Postar um comentário