quinta-feira, 2 de março de 2017

Santa Cruz tenta melhorar desempenho no Estadual diante do líder Salgueiro

Meia Thomás marcou contra o Uniclinic. 
Foto: Diego Nigro/JC Imagem.

Blog do Torcedor

Apesar da invencibilidade na temporada, o Santa Cruz tem contas a pagar com o Campeonato Pernambucano, competição em que só venceu uma vez e ocupa a quarta colocação com seis pontos. E nada melhor do que um adversário difícil pela frente: ninguém menos que o Salgueiro, líder do Hexagonal do Título, com dez pontos. A partida está marcada para o Arruda, nesta quinta (2), a partir das 20h30, válida pela quinta rodada.

O Tricolor volta a campo com a mesma formação que venceu o Uniclinic, no último sábado (25), sem o meia Léo Costa. Embora recuperado de uma lesão muscular, a comissão técnica do Santa Cruz optou por deixar o jogador aprimorando a parte física e deixá-lo cem por cento para o clássico contra o Náutico, pelo Nordestão, no dia 12 de março. Ele também não enfrenta o Carcará no domingo (5).

O técnico Vinícius Eutrópio fez questão de exaltar o adversário. Por isso, conversou com atletas sobre a importância da partida, apontada por ele como uma decisão. “Nossa estratégia está bem definida e os jogadores sabem disso. O adversário está invicto na competição, é líder e para nós é uma decisão”, ressaltou.

Motivação é o que não falta para o meia Thomás. Curtindo uma boa fase no Santa, o carioca só estava precisando de um gol para coroar o momento. Saiu contra o Uniclinic, mas ele espera que não seja o último. “Sempre fui de fazer gols. Já fui artilheiro de Carioca e Brasileiro sub-20. Ninguém desaprende a fazer gols. Tenho entrado muito na área e vamos seguir com o trabalho. Importante é a bola entrar”.

Carcará

Rodolfo Potiguar é um dos pontos fortes do Salgueiro. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Se o técnico tricolor não escondeu o jogo, o comandante do Salgueiro, Evandro Guimarães adota a estratégia oposta. Ele só revela o time momentos antes da partida. Porém, como não há nenhum jogador machucado ou suspenso, a tendência é manter a escalação que iniciou a partida contra o Central. O Salgueiro venceu três de seus quatro jogos e empatou um. A única derrota no ano foi para o Sinop-MT, pela Copa do Brasil.

Ficha do jogo:

Santa Cruz: Julio Cesar; Vítor, Jaime, Bruno Silva e Roberto; Wellington Cézar, David e Thiago Primão; Everton Santos, Halef Pitbull e Thomás. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Salgueiro: Mondragon; Marcos Tamandaré, Ranieri, Luís Eduardo e Daniel; Rodolfo Potiguar, Jeffson, Toty e Valdeir; Jean e Willian Lira. Técnico: Evandro Guimarães.

Local: Arruda. Horário: 20h30. Arbitro: Giorgio Wilton Macêdo dos Santos. Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Albino de Andrade Albert Junior.

Nenhum comentário :

Postar um comentário