quinta-feira, 25 de maio de 2017

Abrigo é interditado em Abreu e Lima

Interdição de abrigo em Abreu e Lima
Foto: Divulgação/SEDH

Folha-PE

Uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) em Abreu e Lima, Grande Recife, foi interditada nesta quarta-feira (24). A instituição era suspeita de maus tratos e cárcere privado. Um idoso foi encaminhado para o hospital. Essa já é a terceira interdição de ILPIs neste mês na Região Metropolitana do Recife.

O idoso hospitalizado estava com indícios de maus tratos e foi internado no Hospital Maternidade Abreu e Lima. Outros 10 idosos prestarão depoimento sobre as suspeitas de cárcere privado e sequestro. Não havia alimentação suficiente para atender os 24 idosos abrigados na instituição. As condições de higiene eram precárias, como também a mobilidade, acessibilidade e ventilação.

A operação foi uma parceria entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) com o Procon do Estado. De acordo com a secretaria, após a interdição, o abrigo tem 15 dias para informar os familiares para que providenciem a remoção dos idosos para outra unidade, e encerrar as atividades. 

Outros problemas identificados pela fiscalização foram a deficiência no atendimento médico e serviço de enfermagem, falta de atividades ocupacionais e de acompanhamento nutricional, além de cardápio sem diferenciação para idosos com patologias como diabetes e hipertensão. O abrigo não tinha atestado de regularidade, sinalização e iluminação de emergência; os extintores de incêndio também estavam vencidos.


Até o encerramento das atividades da instituição, o Centro Integrado de Apoio e Prevenção a Pessoa Idosa (CIAPPI) deverá prestar apoio aos familiares dos idosos. Psicólogos, assistentes sociais e advogados estarão à disposição. Mais informações através do telefone (81) 3182-7649.

Neste mês, outras duas instituições foram interditadas e têm prazo para encerrar as atividades, uma no bairro do Cordeiro e outra na Várzea, ambas na Zona Oeste do Recife.

Nenhum comentário :

Postar um comentário