terça-feira, 9 de maio de 2017

Grupo usa quentinha para protestar contra auxílio-alimentação

Blog da Folha

Um grupo ocupa o hall de entrada da Câmara Municipal do Recife, nesta terça-feira (9), para pedir que os vereadores abram mão do auxílio-alimentação de R$ 3.095 que recebem todos os meses. Eles pedem que o dinheiro seja utilizado para outras finalidades. Para marcar o protesto, 300 quentinhas estão sendo distribuídas na entrada da Casa José Mariano.

Além da distribuição das marmitas, os manifestantes passaram pelos gabinetes dos 39 ocupantes do Legislativo Municipal para deixar um documento em que pedem formalmente que eles desistam do benefício.

“O objetivo é levantar a debate de quanto a Câmara consome dos cofres públicos. O repasse que recebem com o duodécimo é de 4,5% do orçamento da Prefeitura do Recife. É muito dinheiro para estar aqui gastando mais com vereadores do que com a população”, afirmou Karla Falcão, que foi candidata a vereador pelo PSL e é uma das organizadoras do protesto, junto com Isabel Albuquerque, do movimento Meu Recife.

No documento entregue no gabinete dos vereadores, há também a indicação de 36 possibilidades de o dinheiro ser gasto.

Durante o protesto, os manifestantes seguravam cartazes nos quais diziam ser "imoral" o pagamento so auxílio-alimentação e pediam o "fim do vale banquete". Em seguida, as quentinhas foram distribuídas entre com as pessoas que acompanhavam o protesto e até entre as pessoas que passavam na frente da Casa de José Mariano. 

O grupo manterá a manifestação e a ideia é acompanhar a sessão da tarde desta terça-feira nas galerias.

Com informações de Anderson Bandeira, da Folha de Pernambuco.

Nenhum comentário :

Postar um comentário