sábado, 3 de junho de 2017

De uma só vez, Paulo Câmara dá cargo em comissão sem concurso para quatro ex-prefeitos

Sem alarde, o governador Paulo Câmara (PSB) assinou atos nomeando quatro ex-prefeitos para cargos em comissão, sem concurso, no Governo do Estado.

Os quatro atos foram assinados na quarta-feira (31).

Ferdinando Lima de Carvalho (PSD), conhecido como Nininho, foi nomeado como assessor da Casa Civil.

Nininho foi prefeito de Parnamirim, eleito em 2008 e reeleito em 2012.

Em abril de 2017, o TCE rejeitou as contas de Ninho, pelo ano de 2014, mas o ex-prefeito recorreu.

Luciano Torres Martins (PSB) já ocupava um cargo no Estado e foi remanejado para o cargo de gerente técnico da Casa Civil.

Luciano foi prefeito de Ingazeira até outubro de 2016 e também presidiu a Amupe, associação de prefeitos.

Paulo Tadeu Guedes Estelita (PSB) foi nomeado Gerente de Apoio aos Municípios e Entidades da Casa Civil. Conhecido como Dr. Paulo, ele foi prefeito de Vicência de 2009 até 2016.

Paulo também já teve contas como prefeito rejeitadas no TCE, nos anos de 2011, 2012 e 2014.

Antônio Auricélio Menezes Torres (PSB) foi nomeado Gerente Técnico da Secretaria de Administração.

Ex-prefeito de Cabrobó, Auricélio já teve as contas de 2014 rejeitadas no TCE.


Ficando apenas com poucos exemplos, em janeiro, Jânio Arruda (PSD), ex-prefeito de Taquaritinga do Norte, foi acomodado como ouvidor do Detran.

Em fevereiro, Yves Ribeiro (PSB), ex-prefeito de Paulista, ganhou o cargo de gerente de assuntos estratégicos da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Em abril, o governador Paulo Câmara (PSB) nomeou Danilo Rodrigues, candidato derrotado do PSB para prefeito de Bodocó, para cargo em comissão na Secretaria de Agricultura.

Os ex-prefeitos são cabos eleitorais estratégicos nas eleições estaduais.

Nos bastidores, é admitido que não se olha a qualificação técnica destes ex-prefeitos, pois a grande maioria não tem currículo para os cargos. O único interesse seria fortalecer o palanque para a reeleição do governador.

Nenhum comentário :

Postar um comentário