sexta-feira, 30 de junho de 2017

Prefeito e vice de Paulista têm mandatos cassados

Blog do Magno

O prefeito e o vice-prefeito de Paulista, no Grande Recife, tiveram os mandatos cassados pelo juiz da 12ª Zona Eleitoral, Leonardo Asfora. De acordo com a sentença, Junior Matuto (PSB) e Jorge Carreiro (PCdoB) cometeram abuso de poder econômico nas eleições de 2016. Além da perda dos mandatos, a decisão do juiz deixa a dupla inelegível pelos próximos oito anos. Cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que faz o prefeito e vice permanecerem nos cargos até o TRE analisar a sentença. A iniciativa da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) é do candidato derrotado Severino Ramos (PTB). Ele ficou em segundo no pleito de 2016, com 24,84% dos votos válidos.

A sentença do juiz Leonardo Asfora diz que nas eleições de Paulista houve, por parte do grupo de Junior Matuto, “utilização de verba não contabilizada, de forma sistemática, e em valores considerados, doação empresarial indireta em valores expressivos, doações realizadas com indício de ausência de capacidade econômica e outras por servidores diretamente ligados ao ente municipal, e ainda realização de despesas sem vinculação específica, fatos que caracterizam abuso de poder econômico e que macularam a lisura do pleito eleitoral”.

A decisão é da última quarta-feira, dia 28 de junho, e foi enviada ao blog ontem. Há outro processo tramitando no TRE contra o mesmo grupo. No início de junho, o mesmo juiz acatou em outra medida um pedido de cassação com base na rejeição das contas de campanha da chapa encabeçada pelo PSB. Junior Matuto já recorreu dessa primeira ação. A reportagem tentou ouvir o prefeito para saber sua versão, mas a assessoria de imprensa de Paulista não foi localizada e nem respondeu ao contato feito por e-mail, até o presente momento. Com a palavra, a Prefeitura do Paulista.

Nenhum comentário :

Postar um comentário