segunda-feira, 26 de junho de 2017

Projeto prevê informações em braile em supermercados e padarias de PE

Supermercados e padarias precisariam divulgar informações dos produtos em braile nas gôndolas
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

JC Online

Um projeto de lei do deputado Bispo Ossésio Silva (PRB) obriga que as gôndolas de padarias, supermercados e estabelecimentos comerciais de Pernambuco contenham informações em braile para atender portadores de deficiência visual.

A proposta prevê que as etiquetas em braile devem conter o nome dos produtos, a quantidade e seus respectivos preços. Elas devem estar expostas no mesmo local de fácil acesso para o portador de deficiência visual ou de seu acompanhante.

"A oferta de informações nas gôndolas em braile possibilitará aos deficientes visuais mais uma opção para a autonomia necessária no dia-a-dia, pois ao frequentar ambientes comuns a todos, devem ser tratados de forma igualitária, sem a necessidade de estarem sempre na presença de um acompanhante", afirma Ossésio na justificativa da proposta.

CIDADANIA

"É um ato de cidadania e respeito às pessoas portadoras de necessidades especiais. Trata-se de medida necessária, uma vez que frequentar padarias, supermercados e similares estabelecimentos comerciais é uma atividade constante da vida moderna, em que o hábito de fazer compras ou lanches fora de casa se torna cada vez mais comuns e necessário", escreve ainda o parlamentar.

O texto do deputado ainda precisa passar por três comissões antes de ir à votação no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Nenhum comentário :

Postar um comentário