segunda-feira, 3 de julho de 2017

Greve reduz oferta de ônibus no Recife e Região Metropolitana

Cerca de dois milhões de passageiros são transportados diariamente no Grande RecifeFoto: Arthur de Souza

Folha de Pernambuco

A manhã desta segunda-feira (3) começou sem ônibus no Recife e Região Metropolitana, preocupando os cerca de 2 milhões de passageiros que utilizam o transporte rodoviária no Grande Recife. Greve é realizada em busca de melhorias de condições de trabalho e reajuste salarial.

A greve começou logo no início do dia. Os ônibus começaram a passar por volta das 6h, mas em quantidade bastante reduzida. O Grande Recife Consórcio de Transportes divulgou que pelo menos 50% da frota vai circular.

Os rodoviários estão em campanha salarial. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Benílson Custódio, a categoria, que começou pedindo 14%, está pleiteando agora 7% de reajuste no piso salarial e 20% no valor do vale refeição, enquanto isso as empresas de ônibus estariam dispostas a 4% no piso salarial e 11,12% no vale refeição - atualmente, o valor do tíquete é de R$ 225. 

Outra reivindicação dos rodoviários é a implantação de um plano de saúde para a categoria, porém os donos das empresas teriam rechaçado o pleito. A nota do Sindicato acrescentou que, "em respeito a lei de greve 7.783/89, a classe trabalhadora decidiu pela greve devido à falta de disposição da classe patronal em dialogar e buscar melhorias para os trabalhadores e trabalhadoras e todo o transporte público".

Nenhum comentário :

Postar um comentário