quinta-feira, 6 de julho de 2017

MPPE abre inquérito para investigar contratos da Empetur com ex-empresa de Felipe Carreras

Foto: Tato Rocha/Acervo JC Imagem

Blog do Jamildo

Sem alarde, no dia 21 de junho passado, a promotora Ana Maria Sampaio Barros de Carvalho, que atua na Promotoria do Patrimônio Público de Olinda, abriu um inquérito para investigar contratos da Empresa Festa Cheia com a Empetur, do governo do Estado.

A promotora está mandando ofício à Empetur, requisitando uma série de contratos referentes às produções com a Festa Cheia.

Todas estas informações constam de despacho assinado pela promotora em 21 de junho e já publicado no Diário Oficial do Estado. No entanto, o procedimento teve início ainda em 2016, de acordo com as informações do Ministério Público do Estado.

O inquérito cita supostas irregularidades no Olinda Beer.

O MPPE reclama por “apoio financeiro concedido indevidamente para realização de evento privado, que é autosustentável, onde nem sequer consta no material de divulgação o apoio do Governo do Estado.”

A empresa teria como um dos sócios o deputado federal licenciado Felipe Carreras (PSB), atual secretário estadual de Turismo, que controla a Empetur, estatal de turismo do Estado.

Segundo dados do inquérito, Felipe Carreras teria deixado a administração da empresa em 2013.

No entanto, a promotora teria identificado que, no período dos contratos, o gestor teria mantido na diretora jurídica da Empetur uma pessoa ligada à antiga firma.

“Restam as análises dos convênios, haja vista terem sido efetuados concomitantemente ao momento em que a Sra. Ana Cláudia era detentora do cargo de Direção da Empetur, haja vista a possibilidade de que ela tenha utilizado de sua influência para favorecer a Empresa Festa Cheia Produções”, disse a promotora Ana Sampaio, no despacho.
Defesa

O secretário Felipe Carreras, em contato com o blog, negou qualquer irregularidade nos contratos da Empetur. Leia a nota:

“Foi com surpresa que fui informado, nesta quarta-feira (05), pelo Blog do Jamildo, e não por meio de notificação formal, sobre a abertura de um inquérito para investigar os contratos firmados entre a Empetur e a empresa Festa Cheia, da qual estou licenciado desde 2013. Todos os contratos citados no documento já foram apreciados e julgados regulares pelo Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE). Essas apreciações e aprovações foram, inclusive, apresentadas pela Empetur ao próprio Ministério Público na primeira fase deste processo. Vale ressaltar que desde que assumi a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, a empresa Festa Cheia não foi contratada pelo Governo de Pernambuco para qualquer tipo de evento. Lamento que o parecer do próprio TCE, reconhecidamente um dos órgãos mais respeitados do Brasil, não tenha sido suficiente para o MPE. Sendo assim, espero que o órgão se mantenha em favor da verdade e coerência. Embora entenda que já estão absolutamente esclarecidos todos os fatos relacionados ao objeto desse inquérito civil, antes mesmo de sua instauração, determinei aos gestores da Seturel e da Empetur que prestem irrestrita colaboração para com os trabalhos do MPE e prestem todas as informações necessárias, visando eliminar qualquer eventual resquício de dúvida por parte do órgão ou mesmo de qualquer interessado, para que se venha a dar por encerrado o assunto. Esta sempre foi minha forma de trabalhar na gestão pública, com seriedade, honestidade, transparência e ética em benefício da verdade e do povo pernambucano.”


Nenhum comentário :

Postar um comentário