terça-feira, 11 de julho de 2017

NOTA POLÍTICA DO PT - PAULISTA

DECISÕES JUDICIAIS COMPROVAM DENÚNCIAS DE ABUSO DE PODER ECONÔMICO

As decisões proferidas pelo Juiz Leonardo Asfora, da 12ª Zona Eleitoral – Paulista/PE, que determinaram a anulação do pleito eleitoral de 2016, com a perda do mandato e suspensão dos direitos políticos do prefeito Junior Matuto e o vice Jorge Carreiro, inclusive com a inelegibilidade de ambos por oito anos, comprovou judicialmente o que saltava aos olhos dos paulistenses nas duas eleições que esta chapa concorreu, ou seja: o abuso do poder econômico.

As sentenças reconheceram também a ocorrência de fraude e corrupção, que teria ensejado a rejeição completa da prestação de conta eleitoral. O volume de campanha da chapa impugnada mostrou-se incompatível com os valores declarados, pois a concorrência desigual concluiu-se também como desleal com o abuso do poder econômico comprovado agora pela Justiça Eleitoral.

Na decisão judicial fica claro que, quando o fator econômico se sobrepõe numa disputa eleitoral em detrimento ao debate político, induzindo os eleitores através da massificação da propaganda e outros meios menos republicanos, esse exercício de poder arbitrário e antidemocrático tende a virar regra durante a gestão, estabelecendo inclusive uma relação fisiologista e assistencialista, onde a administração pública se transforma em moeda de troca na manutenção do poder.
O Partido dos Trabalhadores espera que tais decisões condenatórias pela perda do mandato não resulte em intermináveis recursos, que apostam na morosidade da Justiça, e tornem inócuas as sentenças impugnatórias proferidas com base num conjunto probatório bastante robusto, nem enverede pelo vergonhoso posicionamento do TSE, que absolveu a chapa Dilma/Temer de forma causuística e tendenciosa.

O PT de Paulista ficará vigilante e aguerrido para que estas decisões surtam efeito e devolvam ao povo da nossa cidade o direito soberano de escolher seus representantes sem qualquer vício ou intervenção do poder do capital. Que essas escolhas sejam pautadas por uma agenda propositiva, que contribua para resolução dos problemas sociais que perduram sem encontrar qualquer solução política, pois quando a política recorre ao poder econômico para garantir a vitória eleitoral, governará sempre para os seus financiadores, e não para suprir as necessidades mais urgentes do povo.

Partido dos Trabalhadores

FORA TEMER.
FORA MATUTO
DIRETAS JÁ.

Paulista, 07 de julho de 2017.

Nenhum comentário :

Postar um comentário