Telefone: 81 8824-4442
Email: antonio.assiss@hotmail.com

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

NENA CABRAL REALIZA GRANDE CAMINHADA EM PARATIBE


Com muita animação a “onda azul” da militância Amando Paulista do candidato a deputado estadual Nena Cabral(PTB), tomou conta do bairro de Paratibe em Paulista, na manhã do último domingo(31). Ao lado de seus militantes e amigos, Nena Cabral foi bem recebido pelos lojistas, feirantes e moradores da localidade, onde firmaram seu voto de apoio ao candidato, que por sua vez se diz confiante com as recepções de acolhimento que vem recebendo em cada bairro que passa. “A cada caminha, e a cada momento em que tenho um contato mais próximo com o povo de Paulista , me sinto ainda mais confiante, juntos estamos conseguindo levar a nossa mensagem, e o melhor de tudo fazer com que as pessoas deem uma oportunidade a que é da terra e ama de verdade essa cidade”, declarou Nena Cabral.
Após percorrer toda a avenida, Nena Cabral finalizou com um pinga-fogo, na praça de Paratibe, em discurso , falou sobre a importância dos eleitores pesquisarem sobre a vida dos candidatos antes de votar , ainda ressaltou os benfeitorias que tanto Armando Monteiro, como Jorge Côrte Real, o seu deputado federal , e João Paulo fizeram em prol do nosso estado. “ Temos que nessa eleição , valorizar a que sempre olhou por nós , também é o dever de todo e qualquer cidadão de procurar saber sobre a vida e os projetos políticos dos candidatos, para que assim possam votar consciente”. Finalizou o seu discurso, enfatizando a importância de um representante do município que seja de fato atuante na assembleia “ Paulista precisa de um representante na Assembleia Legislativa que seja atuante, que de fato conheça a cidade, que tenha serviços prestados pela cidade, e acima de tudo seja ficha limpa, porque a maioria dos políticos de Paulista estão inseridos nas prateleiras dos tribunais de justiça".

DILMA E MARINA TROCAM FARPAS E POLARIZAM DEBATE

Segundo debate entre presidenciáveis se concentra no eixo Dilma Rousseff-Marina Silva; "Uma lista de promessas genéricas não é suficiente", disse presidente à candidata do PSB; "A candidata não reconhece seus erros", retrucou Marina; antes, Dilma questionou adversária sobre o pré-sal: "Por que esse desprezo pelas nossa riqueza que é tão invejada nomundo?", lembrando que programa de Marina tem 242 páginas e "apenas uma linha sobre o pré-sal"; adversária retrucou que Petrobras foi usada politicamente pelo governo; Marina não revelou quem pagou por suas palestras, que renderam R$ 1,6 milhão; "Isso depende das empresas que me contrataram", esquivou-se; Dilma quis saber como ex-senadora "vai pagar" promessas calculadas em R$ 140 bilhões; Marina prometeu administração "não cartesiana"; Luciana Genro, do PSOL, disse ao tucano Aécio Neves que ex-presidente FHC chamou aposentados de "vagabundos"; "Fernando Henrique fez um governo reformador", respondeu senador; nanico Levir Fidelix agrediu jornalista Kennedy Alencar; "Você é representante da mídia vendida"; debate organizado por SBT, UOL, Folha e Jovem Pan esquenta; Marina prometeu plebiscito sobre descriminalização da maconha e direito ao aborto; Liveblog 247

1° Encontro - Palmeiras de Todos os Tempos


Mais fotos:https://www.facebook.com/ademir.cunha.3

Paulo comemora resultado de nova pesquisa durante carreatas em Itapetim e Tuparetama

O levantamento exibiu um crescimento de 18 pontos percentuais da postulação de Paulo Câmara, que alcançou a marca de 28%

O crescimento exibido pela campanha de Paulo Câmara (PSB) ao Governo nas últimas pesquisas sobre a sucessão estadual vai cristalizando o sentimento que já se via nas ruas, com a população fechada na continuidade dos avanços alcançados nos últimos anos. "E é só o começo. Vamos continuar crescendo, crescendo e crescendo. Em 5 de outubro, pela vontade do povo, nos teremos uma bonita vitoria", apontou Câmara, após carreatas pelos municípios de Itapetim e Tuparetama, no Sertão do Pajeú.

Neste sábado (30), foi publicado o resultado da nova pesquisa sobre a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas, realizada pelo Instituto de Pesquisa Mauricio de Nassau (IPMN). O levantamento exibiu um crescimento de 18 pontos percentuais da postulação de Paulo Câmara, que alcançou a marca de 28% e empatou com o seu adversário - que chegou a registrar 39%.

"Mas não quero ver a nossa militância achando que já ganhamos. Vamos seguir trabalhando, visitando cada município desse Estado para levar nossas bandeiras e nossas ideias. O trabalho só vai aumentar. Eu vou ser governador de Pernambuco para governar com o povo e para o povo", destacou Paulo. 

CARREATAS - Mais de três mil veículos, entre automóveis e motos, acompanharam a comitiva comandada por Paulo Câmara nos municípios de Itapetim e Tuparetama. Ladeado pelo seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB), e por candidatos proporcionais, o socialista foi muito bem recepcionado pela população sertaneja, que fez questão de ocupar portas e janelas de suas residências para acenar e confirmar o apoio a Paulo.

"É muito bom vir aqui no Pajeú e poder realizar carreatas tão bonitas como essas. Nos da energia para permanecermos na nossa caminhada para conquistar o direito de trabalhar para que Pernambuco avance ainda mais", afirmou Paulo.

COORDENADOR DE AÉCIO SINALIZA APOIO A MARINA NO SEGUNDO TURNO

247 – O presidente do DEM e coordenador geral da campanha do tucano Aécio Neves à presidência, senador Agripino Maia, sinalizou nesta segunda-feira que seu partido considera se aliar à candidata Marina Silva, do PSB, caso haja segundo turno entre ela e a presidente Dilma Rousseff.
A estratégia é fazer de "tudo contra um mal maior que é o PT", disse ele, em entrevista ao Broadcast Político, do jornal O Estado de S. Paulo. "O sentimento que nos move - PSDB, DEM e Solidariedade - é garantir a ida de Aécio para o segundo turno. Se não for possível, avalizar a transição para o segundo turno. Ou seja, com uma aliança com Marina Silva, por exemplo. É tudo contra um mal maior que é o PT", afirmou.
As pesquisas eleitorais divulgadas na semana passada apontaram Marina na segunda posição em intenções de votos, à frente do presidenciável tucano, que agora está em terceiro. Datafolha divulgado na sexta-feira 29 apontou empate entre Dilma e Marina, com 34% da preferência do eleitorado, e 15% de Aécio Neves.

NENA CABRAL PARTICIPA DE REUNIÃO DO PTB

O candidato a deputado estadual , Nena Cabral (PTB), esteve presente na última sexta(29), em uma reunião promovida pelo Partido Trabalhista Brasileiro(PTB). Na ocasião estiveram presentes várias lideranças, onde juntos tomaram conhecimento das novas estratégias de campanha, tanto no contexto midiático, como estrutural. “ A cada encontro com Armando posso perceber a sua preocupação com a organização da campanha, muito válido todos os tópicos apontados, percebo também a relevância que Armando dá ao trabalho de sua equipe como um todo , diria que foi muito bom e bastante proveitoso” declarou Nena Cabral.

PT APOSTA EM LULA CONTRA VANTAGEM DE MARINA EM PE

Pernambuco 247 - Enquanto o PSB e mais especificamente o coordenador da Rede Sustentabilidade m Pernambuco, Roberto Leandro (PV), comemoram o crescimento da candidatura presidencial da ex-senadora Marina Silva (PSB) em Pernambuco, o PT tem sua primeira aposta para reverter a situação depositada em cima da visita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao Estado nesta quinta-feira (4).
Segundo Leandro, o crescimento das intenções de voto em relação a candidatura de Marina "já era esperado". As razões segundo ele, se devem ao capital eleitoral que a ambientalista detém desde as últimas eleições presidenciais, quando obteve surpreendentes cerca de 20 milhões de votos, e a influência do apoio do ex-governador Eduardo Campos (PSB), falecido em um acidente aéreo no último dia 13 de agosto.
De acordo com pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) e divulgados nesta segunda-feira (01), Marina – que ocupava a vaga de vice na chapa socialista – possui 41% das intenções de voto contra 35% da presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). O senador mineiro Aécio Neves (PSDB) possui apenas3% das intenções de voto do eleitorado pernambucano. Já o Pastor Everaldo (PSC) registrou apenas 1%. Segundo declaração de Roberto Leandro ao Blog do Jamildo, Marina poderá voltar a Pernambuco para um segundo ato de campanha ainda em setembro.
Já a presidente do PT em Pernambuco, deputada estadual Teresa Leitão, disse que os resultados da primeira pesquisa após a morte de Campos já eram, de certa forma esperados. Segundo ela, a presidente Dilma enfrenta mais de um adversário em Pernambuco. "Em Pernambuco, Dilma disputa diretamente com quatro adversários principais: Marina, Eduardo, Aécio e o "baixo nível" da campanha socialista", disse a petista.

ONG faz ação em homenagem a dia da juventude

Diario e Pernambuco


A ONG Habitat para a Humanidade (HPH Brasil) realizou ação surpresa na tarde deste domingo (31), na praça de alimentação do Shopping RioMar, para celebrar o Dia Internacional da Juventude. O objetivo foi incentivar jovens voluntários a se engajar em causas sociais. De acordo com instituição, 60% dos voluntários são jovens.

Esta foi a segunda ação que a HPH Brasil realizou em celebração ao Dia da Juventude. A primeira aconteceu na semana passada, dia 24 de agosto, no hall de entrada do Shopping Paço Alfândega.

Habitat para a Humanidade Brasil é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que tem como causa a promoção da moradia como um direito humano fundamental e como meta a eliminação de todas as formas de moradia inadequada. 

Existente desde 1992, a HPH Brasil, com sede em Pernambuco, já mudou a vida de mais de 13 mil famílias, desenvolvendo projetos também em outros oito estados: Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Goiás, Tocantins, Ceará e Rio Grande do Sul.

A Habitat para a Humanidade Brasil faz parte da rede internacional Habitat for Humanity (HFHI), fundada em 1976 e presente em 70 países. Mundialmente, já foram beneficiadas mais de 4 milhões de pessoas.

Charge do Ronaldo - Jornal do Commercio


Paulo: "Política se faz junto com o povo"

Giro pelo Pajeú desembarcou em Brejinho, onde socialista comandou caminhada

Pernambuco vivencia uma das mais belas campanhas eleitorais de sua história, com a jornada que vai levar Paulo Câmara (PSB) ao Palácio do Campo das Princesas. A cada dia que passa, mais gente ocupa as ruas para mostrar, com entusiasmo, que o Estado merece seguir avançando. E foi com esse espírito que o município de Brejinho, no Sertão do Pajeú, abraçou, neste sábado (30), a caravana do 40. Ao lado de seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), e de várias lideranças da região, Paulo caminhou pelas ruas da cidade, recebendo sempre muito carinho dos populares.

O socialista parou inúmeras vezes a caminhada para tirar os famosos "selfies", e, principalmente, para conversar com a população. Paulo quis ouvir as demandas dos jovens, dos trabalhadores, das mulheres e dos idosos. Um gesto que mostra a simplicidade e o seu compromisso com o povo pernambucano.       
"Quando faço caminhadas, gosto de ficar no meio do povo; de conversar, de ouvir as pessoas. Pois é para essas mesmas pessoas que eu vou governar. Política se faz junto do povo, e, sobretudo, para o povo. O nosso compromisso, assim como era o do ex-governador Eduardo Campos, é com quem mais precisa", ressaltou Paulo Câmara.

Impressionado com o estilo de fazer caminhada de Paulo, o comerciante Manuel de Souza, de 56 anos, destacou que "um homem simples desse jeito" merece conduzir Pernambuco. "Só governa para o povo quem fica junto do povo. Esse Paulo vai ser um governador bom! A gente vê isso nos olhos dele", frisou.

A caminhada de Paulo por Brejinho foi o segundo ato de campanha do socialista no Sertão do Pajeú. Mais cedo, o candidato da Frente Popular visitou a tradicional feira de São José do Egito. Ele continua seu périplo da região por mais seis municípios.

PUTIN AVISA UNIÃO EUROPEIA DA DIFICULDADE DE VOLTAR AO MERCADO RUSSO

Agência Lusa
O presidente russo, Vladimir Putin, advertiu a União Europeia de que será difícil voltar ao mercado russo, depois de ele ser ocupado por empresas latino-americanas e asiáticas.
"O perigo para os nossos fornecedores tradicionais é que quando a empresa se instala em um mercado, neste caso o russo, afastá-la depois vai ser muito difícil, ou até impossivel", disse Putin em declarações à televisão pública do país.
Para ele, as empresas europeias sabem isso e estão decepcionadas com os seus governos devido à política de sanções contra Moscou.

Putin, que proibiu as importações de alimentos, frutas e verduras do Ocidente, em resposta às sanções contra a Rússia pelo seu papel no conflito ucraniano, reconheceu e lamentou que os produtores russos não conseguem cobrir essas importações.
"Por isso, agora trabalhamos com outros produtores estrangeiros. São países da América Latina: o Brasil, a Argentina, o Chile. Também com os nossos parceiros asiáticos: produtores chineses e de outros países", disse o presidente.
Ele classificou de "irrisórias" as tentativas europeias de convencer esses países a não exportar a sua produção para o mercado russo.
"É difícil imaginar que os homens de negócios não aproveitem a ocasião para acessar o nosso mercado", acrescentou.
Nos supermercados de Moscou já se nota a escassez de frutas e hortaliças e lácteos europeus.
A crise ucraniana, que provocou a pior degradação das relações entre Moscou e o Ocidente desde o final da guerra fria, teve nova etapa esta semana devido a informações relativas a incursões de soldados russos na Ucrânia.

Semáforos inteligentes em sete vias

Diario de Pernambuco


Seis semáforos do Recife ficarão mais seguros para travessia de pedestres a partir de quarta-feira (3/9). Equipamentos de fiscalização eletrônica, com capacidade para verificar excesso de velocidade dos veículos, parada sobre a faixa de pedestre, além de avanço de sinal, serão implantados em quatro vias movimentadas da capital: Herculano Bandeira, Engenheiro Domingos Ferreira, Marechal Mascarenhas de Morais e Agamenon Magalhães. Outra novidade é a implantação de refletores de LED nas mesmas áreas, que acenderão de acordo com o tempo do semáforo.

O projeto alcançará 34 pontos até o primeiro semestre de 2015, incluindo as avenidas 17 de Agosto e Doutor José Rufino, as próximas contempladas, ainda em setembro. Equipamentos semelhantes já operam na Marquês de Olinda e na Madre de Deus, onde está implantada a Zona 30.

Os pontos foram definidos depois de um estudo que apontou o grande potencial de acidentes com vítimas nas áreas contempladas. “Nossas pesquisas indicam que o número de acidentes com vítimas fatais cai consideravelmente quando o cruzamento conta com fiscalização eletrônica. Já a travessia de pedestre iluminada tem o poder de ressaltar o pedestre e de inibir o condutor a avançar o semáforo, evitando atropelamentos à noite”, disse o gestor de trânsito da CTTU, Marcos Araújo. As escolhas também têm relação com a presença de comércio e escolas.

Ao todo 25 arte-educadores vão orientar motoristas e distribuir panfletos durante os primeiros sete dias. Da quarta-feira à segunda-feira seguinte os aparelhos funcionarão em caráter educativo. Depois, estarão aptos a multar aqueles que não respeitarem as leis de trânsito.

Saiba mais:

Vias que receberão os equipamentos:

Herculano Bandeira (Pina)
Engenheiro Domingos Ferreira (Boa Viagem)
Mascarenhas de Morais (Imbiribeira)
Agamenon Magalhães (Paissandu)

Vias que receberão os equipamentos no mês de setembro:

17 de Agosto (Casa Forte)
José Rufino (Zona Oeste)

Vias onde os equipamentos já operam:

Madre de Deus  (Bairro do Recife)
Marquês de Olinda  (Bairro do Recife)

Sport cresce no segundo tempo e vence o Criciúma

Danilo marcou o segundo gol do Rubro-negro (Foto: André Nery/Folha PE)
Rômulo Alcoforado/Folha PE


O péssimo primeiro tempo deu a impressão de que a tarde deste domingo seria de sofrimento para a torcida do Sport. Mas bastaram sete minutos da etapa final para que a ideia fosse negada. O Leão fez dois gols no começo do segundo tempo, encaminhou a vitória sobre o Criciúma (2×0), tranquilizou uma torcida que já estava impaciente e fez o Rubro-Negro voltar a crescer na Série A.
Além da vitória, há outra boa notícia para os leoninos. O atacante Neto Baiano, depois de oito jogos de seca, voltou a balançar as redes adversárias. Foi o autor do primeiro gol do Sport. O segundo foi feito por Danilo. Mas, por outro lado, o duelo de ontem também trouxe coisas negativas: a maior impostante delas é a lesão de Diego Souza, que sentiu a coxa esquerda e foi substituído no começo da partida. Ibson também sentiu dores e sequer entrou em campo.
As vaias que soaram fortes na Ilha do Retiro foram o termômetro da atuação do time no primeiro tempo: muito fraca. Desorganizado e aparentemente desinteressado, o time de Eduardo Baptista foi dominado pelo Criciúma. Tanto em posse de bola quanto em chances reais. O Leão não produziu um lance capital sequer – enquanto o Tigre assustou em várias oportunidades.
A bem da verdade, o Rubro-Negro dependeu da sorte para não ir aos vestiários em desvantagem. A primeira boa chegada do Criciúma foi logo aos cinco minutos. O meia Cléber Santana, cria das divisões de base do Sport, invadiu a área e chutou com perigo. Magrão pegou.
Os maiores sustos, porém, só aconteceram no fim da etapa. Aos 42, Ferron bobeou na saída de bola. Cortez avançou pela esquerda e cruzou na área. Rafael Costa, no segundo pau, arrematou. No travessão. Aos 46, o zagueiro Fábio Ferreira subiu mais que todo mundo e testou firme. A defesa não fez nada, Magrão não conseguiu alcançar. Mas a trave salvou mais uma vez.
No intervalo, Eduardo Baptista tomou duas atitudes: dar um puxão de orelha na equipes e trocar uma peça. Na substituição, “admitiu” que cometera um erro no primeiro tempo. É que, quando Diego Souza sentiu lesão muscular e pediu para ser substituído, o técnico acionou Zé Mário. O meia, mais uma vez, não jogou bem e pouco produziu. Ao fim dos 45 minutos, sacou o ex-alvirrubro e colocou Patric, que fora preterido para a entrada do discreto Vitor.
A configuração leonina ficou curiosa. Se fossem observadas apenas as posições de origem, o time ficou com quatro laterais em campo: Renê, Danilo, Patric e Vitor. Dois deles, porém, deslocados para atuar do meio para frente. Deu certo. O Sport voltou mais forte e, em sete minutos, resolveu uma partida que se anunciava complicada.
Aos 5, Patric bateu falta da direita, Rithely cabeceou, o goleiro Luiz deu rebote – e Neto Baiano, oportunista, empurrou a bola para as redes. Um a zero para o Leão. Não deu tempo para o Criciúma respirar. Dois minutos depois, Felipe Azevedo roubou bola no meio-campo, avançou em velocidade e deu, no capricho, para Danilo marcar: 2 x 0 Sport, fim do sufoco. Abatido pelos gols sofridos em sequência, o Tigre praticamente não incomodou mais. O Rubro-Negro criou outras chances, mas não ampliou.
Sport
Magrão; Vitor (Augusto), Ferron, Durval e Renê; Wendel, Rithely, Danilo, Felipe Azevedo e Diego Souza (Zé Mário) (Patric); Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.
Criciúma
Luiz; Eduardo (Luiz Felipe) Alcides, Fabio Ferreira e Cortez; Rodrigo Souza, Serginho (Maurinho), Cléber Santana e Rafael Costa (Geovani); Souza e Lucca. Técnico: Wilson Vaterkemper (interino).

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE)
Horário: 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Rogério Pablos Ganardo (ambos de SP)
Gols: Neto Baiano (aos 5 do 2T) e Danilo (para o Sport aos 7 do 2T)
Cartões amarelos: Rafael , Serginho e Eduardo, Cortez (Criciúma); Zé Mário, Danilo, Wendel (Sport)
Público: 12.869
Renda: R$ 202.760,00

Unidades do Procon não atenderão ao público nesta segunda e terça-feira

Folha-PE

O Procon Pernambuco informa que estará com o atendimento ao público (para abertura de reclamações) fechado nesta segunda (1º) e terça-feira (2) devido ao elevado número de consumidores que procuraram o órgão nas últimas quinta (28) e sexta-feira (29) para o mutirão de negociação de dívidas com os bancos.
O atendimento estará suspenso para que a triagem dos documentos seja feita e devidamente encaminhada aos bancos. Já as audiências de conciliação agendadas serão realizadas normalmente. O setor de cartório, protocolo, cálculo, jurídico, administrativo, fiscalização, call center e coordenação também funcionará em expediente normal.

Contrato de jato usado por Campos omite comprador

Mario Cesar Carvalho
Folha de São Paulo

A proposta que selou a compra, por US$ 8,5 milhões (R$ 19 milhões), do jato que caiu com o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) não cita nome nem informações sobre quem adquiriu a aeronave e não foi registrada em cartório.
O documento, obtido pela Folha, traz só uma assinatura ao lado do local e data da proposta de compra (Recife, 15 de maio de 2014), o que é inusual para um negócio de quase R$ 20 milhões.
O empresário pernambucano que foi apresentado pelo antigo dono do jato como o comprador, João Lyra de Mello Filho, recebeu da reportagem uma cópia do documento, mas não quis comentar se a assinatura na proposta era dele.
O fabricante do jato recusou o nome dele para herdar o financiamento por falta de capacidade econômica.João Lyra é dono de uma financeira em Recife, já foi multado por lavagem de dinheiro e não tem capacidade financeira de assumir uma dívida de US$ 8,5 milhões, segundo a Cessna.
No contrato, o comprador se dispõe a pagar "todos os custos operacionais diretos e fixos da aeronave", incluindo manutenção e salários dos pilotos.
Os vendedores do jato, Alexandre e Fabrício Andrade, são os donos do grupo A. F. Andrade, de Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo), que já teve a maior usina de álcool no país, mas está em recuperação judicial, com dívidas que somam R$ 341 milhões.
CAIXA DOIS
A ausência do nome é um indício de que o jato pode ter sido comprado com recursos de caixa dois de empresários ou do partido, segundo policiais ouvidos pelaFolha.
Segundo essa hipótese, o comprador não colocou o nome na proposta de compra porque sabia da suposta ilicitude do negócio.
O "Jornal Nacional" revelou
na última terça-feira (26) que empresas fantasmas e uma peixaria foram usadas para fazer pagamentos no total de R$ 1,7 milhão para os donos da aeronave.
O PSB tem repetido, por diversas vias, que os eventuais problemas são de quem comprou o jato, não do partido.
Há também a suspeita de que a venda foi apenas uma simulação para evitar que o uso da aeronave na campanha possa caracterizar o crime de uso de táxi áereo pirata.
A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) proíbe que donos de jatos o aluguem; só empresas de táxi aéreo podem prestar esse serviço, por questões de segurança.
Segundo a proposta, o jato foi vendido por US$ 8,5 milhões. Na data do contrato, 15 de maio, o comprador se dispunha a pagar US$ 327,8 mil ao grupo A. F. Andrade.
O grupo receberia, 15 dias depois, mais US$ 139,8 mil, de acordo com o documento obtido pela Folha.
PAPEL DE PÃO
Três advogados ouvidos pela reportagem, dois deles sob condição de que seus nomes não fossem citados, classificaram o documento de "papel de pão", gíria para designar algo sem validade.
"Contrato sem o nome do comprador não tem validade jurídica. É um contrato de gaveta", disse Luciano de Souza Godoy, professor de direito civil da FGV (Fundação Getulio Vargas) em São Paulo.
O documento, segundo ele, parece até ser falso para uma compra de US$ 8,5 milhões. "Nunca vi alguém fechar um negócio desse valor com uma proposta sem o nome do comprador e sem registro em cartório", afirmou Godoy.
A informalidade da linguagem sugere que o contrato não foi escrito por advogado: "Me proponho a comprar a aeronave Cessna Citation XLS+número de série 6066, prefixo PR-AFA (a aeronave') por US$ 8.500.000", registra o primeiro parágrafo.
OUTRO LADO
O advogado Ricardo Tepedino, que defende o grupo A. F. Andrade, diz que a proposta de compra do jato tem validade jurídica porque o empresário João Lyra de Mello Filho já reconheceu que fez a compra e ficou de encontrar empresas com capacidade financeira para pagar o arrendamento junto à Cessna.
Isso não ocorreu até a data do acidente, no último dia 13 de agosto, quase 90 dias após a proposta inicial.
"Os sócios do grupo A. F. Andrade me disseram que viram o Lyra assinar o documento", afirma o advogado.
De acordo com Tepedino, a hipótese de simulação de venda para burlar a legislação aeronáutica é completamente infundada.
"Se fosse uma simulação de venda não haveria uma cláusula de indenização caso o negócio não fosse concluído", afirma.
Procurado pela Folha, o empresário João Lyra de Mello Filho não quis comentar o documento nem confirmou se a assinatura na proposta era a dele.
O corretor que intermediou a venda do avião usado pela campanha de Eduardo Campos, Guilherme Machado, não foi encontrado para comentar a proposta.

domingo, 31 de agosto de 2014

Onda amarela invade ​o ​Sertão do Pajeú

Neste sábado (30), Paulo fez caminhada e visitou feira de São José do Egito

O Sertão do Pajeú foi tomado, neste sábado (30), pela "onda amarela", que, sob o comando de Paulo Câmara (PSB), enche os pernambucanos de esperança no avanço das transformações vividas pelo Estado nos últimos anos. Acompanhado pelo seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), e por um exército de lideranças locais, o candidato da Frente Popular ao Governo percorreu as ruas de São José do Egito e visitou a sua tradicional feira. Durante a caminhada, o socialista foi abraçado e festejado pelos egipiciences como o sucessor do ex-governador Eduardo Campos. 
A cada passo de Paulo pela feira, a população de São José do Egito fazia questão de mostrar que estava fechada com o socialista. "É muito bom receber um carinho tao grande assim. São José do Egito sempre deu a Frente Popular esse tratamento. E nos vamos continuar a tratar esse município com o respeito que ele merece. Vamos continuar as parcerias que transformam São José do Egito e todo Pernambuco. Seguiremos, agora mais unidos do que nunca, avançando para melhorar a vida de todos vocês", ressaltou Paulo. 

Conhecido comerciante do município, Zé Dudu abriu as portas do seu armazém para receber a comitiva comandada por Paulo. Abraçado ao candidato da Frente Popular, ele apontou para a parede mostrando fotos suas ao lado dos ex-governadores Miguel Arraes e Eduardo Campos. "No ano que vem, quero colocar mais uma: a do futuro governador de Pernambuco, Paulo Câmara", afirmou. 

Em seu discurso, o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho ressaltou que a escolha de Eduardo por Paulo Câmara para sucedê-lo se deu, sobretudo, pela admiração que o ex-governador tinha pelo seu antigo secretario. "Eduardo conhecia o coração e a alma de Paulo. Sabia de sua capacidade e o indicou para liderar a Frente Popular. Paulo tem talento e está mostrado isso. Pernambuco está fechado com esse jovem que vai seguir mudando esse Estado", apontou.

Fotos: Beto Figueroa

SILÊNCIO DE MARINA SOBRE CLIENTES LEMBRA PALOCCI

247 - Em 2011, primeiro ano do governo Dilma, uma reportagem da Folha de S. Paulo revelou ao País a existência de uma consultoria chamada Projeto. Ela pertencia ao então ministro da Casa Civil, Antônio Palocci, e havia sido criada por ele após sua queda do Ministério da Fazenda, ainda no governo Lula.
Quando estourou o caso, Palocci foi insistentemente cobrado a revelar quem eram seus clientes, para rechaçar qualquer suspeita de tráfico de influência. O ex-ministro, no entanto, decidiu preservar a identidade de seus clientes, alegando cláusulas de confidencialidade em seus contratos. Resultado: foi demitido do governo Dilma, depois que sua situação se tornou insustentável.
Àquela época, Palocci foi alvo de uma saraivada de críticas da oposição e de uma incessante cobrança dos meios de comunicação para que abrisse seus clientes. Até mesmo o senador Aécio Neves (PSDB-MG) assumiu um discurso nessa direção. "É preciso, e eu acho que o próprio ministro tem interesse nisso, que se saiba quais os serviços foram prestados, quais empresas fizeram a contratação. Mas vamos aguardar com serenidade. Não é nosso interesse criar um movimento de desestabilização do governo", afirmou, em maio de 2011.
Neste domingo, a Folha de S. Paulo revelou a existência de outra empresa: a M. O. M. da S. V. de Lima, que tem as iniciais de Marina Silva e comercializa suas palestras. Em três anos, Marina ganhou R$ 1,6 milhão de clientes que pagaram para ouvi-la. No entanto, a ex-senadora, que concorre à presidência da República pelo Partido Socialista Brasileiro, decidiu usar o mesmo argumento de Antônio Palocci em 2011 e omitir a identidade de seus clientes, alegando que os contratos possuem cláusulas de confidencialidade.
É provável que, entre os apoiadores de Marina nos últimos três anos, estejam financiadores já públicos e notórios, como o Itaú e a Natura. Portanto, não seria surpresa alguma se os nomes dessas duas empresas aparecessem na lista de contratantes da M. O. M. da S. V. de Lima Ltda. No entanto, ao ocultar quem são seus clientes, Marina não contribui em nada para o princípio da transparência, tão valorizado na sua "nova política".
Será que Aécio, que cobrou Palocci, irá cobrar Marina? E o que esperar da presidente Dilma? Os próximos dias dirão se as campanhas dos candidatos de PT e PSDB estão, de fato, dispostos a desconstruir a candidata Marina.
Mais um detalhe: comparar a situação de Marina à dos ex-presidentes Lula e FHC, que também fazem palestras, não é apropriado. Lula e FHC se tornaram palestrantes depois de deixar o poder – e não antes. É uma diferença fundamental.

ARMANDO E CÂMARA ESTÃO EMPATADOS TECNICAMENTE

Pernambuco 247 – O candidato aogoverno de Pernambuco pelo PTB,senador Armando Monteiro, continua liderando as intenções de voto, com 32% do eleitorado, porém com uma diferença bem menor em relação ao segundo colocado, o ex-secretário estadual da Fazenda Paulo Câmara, com 28%. É o que aponta a pesquisa Instituto Maurício de Nassau (IPMN), contratada pelo portal Leia Já. Ambos os postulantes estão empatados tecnicamente, já que o levantamento possui margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Na rodada anterior, divulga pelo mesmo instituto, no começo de agosto, Armando tinha 37% e Câmara apenas 10% dos votos. Ou seja, o apadrinhado político do ex-governador Eduardo Campos (PSB), falecido no último dia 13 após acidente aéreo em Santos (SP), aumentou 18 pontos percentuais em três semanas.
Segundo o levantamento, feito nos dias 25 e 26 de agosto, os candidatos Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB) e José Gomes (PSOL) registraram 1% das intenções de votos. A pesquisa foi realizada com 2.480 pessoas e registrada na Justiça eleitoral sob o número PE-00018/2014.
Senado
Na disputa para senador, o deputado federal João Paulo (PT), ex-prefeito do Recife, lidera as intenções de voto, com 29% do eleitorado, um ponto percentual a menos do que no levantamento anterior. Na segunda posição está o ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho (PSB), com 19%, seis pontos percentuais acima do soma de votos anterior (13%). As candidatas Albanise Pires (PSOL) e Simone Fontana (PSTU) alcançaram 1% cada uma. Brancos e nulos somaram 26%, e não sabem ou não responderam 24%.

A MERRECA DO SALÁRIO MÍNIMO - CARLOS CHAGAS

Por que Dilma Roussef continua caindo nas pesquisas, arriscando-se a não ser reeleita, passando o poder para Marina Silva?

Muitos motivos existem, sendo que o mais recente acaba de ser fornecido pela própria presidente através de comunicação feita pela ministra do Planejamento: ano que vem o salário mínimo será fixado em 788 reais.
Imagine-se um pai de família vivendo com essa merreca. A Constituição determina que o salário mínimo deve bastar para o trabalhador e sua família enfrentarem despesas de habitação, alimentação, vestuário, transporte, educação, saúde e até lazer.
A vontade é de ver como se arranjariam a presidente da República e seus ministros caso obrigados a viver com um salário mínimo.
Divulgou-se esta semana que a população brasileira chegou a 202 milhões de pessoas. Do total, quantos recebem o salário mínimo? Há quem calcule entre 80 e 100 milhões, ainda que o governo permaneça em silêncio a respeito. Pior do que nos tempos da escravatura, quando os infelizes eram alimentados e vestidos pelos seus senhores.
GETÚLIO DOBROU…
Ainda há pouco transcorreram 60 anos da morte de Getúlio Vargas. Quando eleito pelo povo, em 1950, uma de suas primeiras iniciativas foi dobrar o salário mínimo. Nenhuma empresa faliu, muito menos os cofres públicos ficaram vazios. As elites engoliram a medida, ainda que passassem a conspirar para a deposição do presidente.
Qual o candidato, hoje, que ousou propor a duplicação do salário mínimo? Nem Marina, quanto mais o governo do PT. Argumentam que a economia nacional iria à falência, que a iniciativa privada e o poder público não suportariam tamanha despesa. Não faltariam economistas para manipular os números.
Aconteceria o que, caso o salário mínimo, em vez dos prometidos 788, dobrasse para 1576 reais? Nada, até porque essa q

APÓS RECUAR SOBRE GAYS, MARINA NEGA TER RECUADO

247 - A ex-senadora Marina Silva, candidata à presidência da República pelo PSB, virou piada neste sábado nas redes sociais e se tornou um dos temas mais comentados no Twitter, com a hashtag #MarinaVoltaAtras. O motivo é o recuo dela no apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, depois que foi pressionada pelo pastor evangélico Silas Malafaia. A sinalização positiva aos direitos dos homossexuais, que constava do seu programa de governo, lançado ontem, foi retirada menos de 24 horas, depois que Malafaia ameaçou se pronunciar contra Marina (leia aqui).
Neste sábado, em campanha na Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, Marina negou ter recuado em relação aos gays e também no tema da energia nuclear - outro tema em que ela também mudou sua posição. "Não foi uma revisão. Na verdade nos tivemos dois problemas no programa. Um em relação a questão nuclear, que era da parte Ciência e Tecnologia, uma questão não havia sido acordada com Eduardo. Na parte LGBT, o texto que foi para redação foi a parte apresentada pelos movimentos sociais. Todos os movimentos sociais apresentaram propostas e se contemplou tanto quanto possível as propostas", disse a candidata. "O texto que foi publicado não é o que havia sido acordado. O que fizemos é apenas retornar ao texto da mediação, da mesma forma que aconteceu na questão nuclear. Os próprios coordenadores fizeram a revisão", disse.
O fato, no entanto, é que seu programa de governo, lançado ontem, foi amplamente divulgado. Era conservador na economia - tanto que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) a acusou de plagiá-lo - e liberal nos costumes. Era. Mudou após a pressão de Malafaia, provocando a indignação do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ). "Você mentiu a todos nós e não merece a confiança do povo brasileiro", disse o parlamentar (leia aqui).
Nas redes sociais, eis alguns tuítes com a hashtag #MarinaVoltaAtras:
Não vamos desistir do Malafaia. Não vamos desistir dos usineiros.
": Marina volta atrás e diz que arroz é debaixo do feijão mesmo"
 e diz q nunca participava do Você Decide da Globo por não saber do que ter certeza.
 e diz que o Fluminense foi rebaixado.
 e diz que Chico Mendes é da elite...
Marina volta atrás e diz que engordou 3 quilos apesar da dieta transgênica que adotou por orientação de Neca Itaú. 

Sanharó no "passinho" da Frente Popular

Cidade parou para receber Paulo Câmara nesta sexta-feira (29)

Nem o sol escaldante do Agreste diminuiu a empolgação do eleitor pernambucano com a candidatura de Paulo Câmara (PSB) ao Governo Estadual. No início da tarde desta sexta-feira (29), a população de Sanharó lotou as ruas da cidade para participar de uma caminhada com o socialista e seu companheiro de chapa Fernando Bezerra Coelho (PSB), que disputa uma vaga no Senado. Ao som da música que ensinava, pelos carros-de-som, como fazer o "passinho" da Frente Popular, todos queriam conhecer de perto e abraçar aquele que dará continuidade e avançará com o projeto iniciado pelo ex-governador Eduardo Campos.

"Chegar aqui em uma sexta-feira no início da tarde, com um sol desses, e mesmo assim ser recebido com esta animação, aumenta nossa empolgação e também a nossa responsabilidade. A partir de 1° de janeiro, teremos o compromisso de continuar ajudando Sanharó a se desenvolver cada vez mais", garantiu Paulo, que também se comprometeu a pavimentar o acesso ao distrito de Mulungu.

APOIOS DA OPOSIÇÃO - Recebido pelo prefeito Fernandinho (PCdoB), o vice, Artur Guimarães, e o ex-prefeito César Freitas, Paulo continua trazendo lideranças para seu palanque por onde passa. No evento desta sexta, os vereadores Lielson (PSD) e Yuri (PMN), e o ex-vereador Marcelo Catolé (PMN), que até pouco tempo estavam com o candidato oposicionista ao Governo, anunciaram seu apoio à chapa da Frente Popular.

Vários prefeitos da região, que já estavam com a Frente Popular, também fizeram questão de participar da caminhada, mostrando que a união encontrada em Sanharó segue crescendo em todo o Agreste. Acompanharam Paulo os gestores João Mendonça (PSD/Belo Jardim), Débora Almeida (São Bento do Una), Evandro Chacon (Pesqueira) e Padre Cazuza (Poção), esses três últimos do PSB.

Em bate-papo com estudantes, Paulo detalha ações para Educação

Socialista falou sobre os investimentos que fará nas escolas técnicas e de referência

O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), participou, na manhã desta sexta-feira (30), de um descontraído bate-papo sobre o futuro de Pernambuco com alunos do Colégio Cognitivo, em Casa Forte, no Recife. O socialista abriu o encontro com uma explanação de seus compromissos para garantir que o Estado siga avançando nas transformações iniciadas pelo ex-governador Eduardo Campos. Na sequência, Paulo respondeu perguntas feitas pelos estudantes. A maior parte relacionada à educação e às políticas para a juventude.

O candidato da Frente Popular detalhou elementos que fazem de Pernambuco um dos Estados com melhores perspectivas para o desenvolvimento do ensino público. "Cada aluno da nossa rede terá a oportunidade de estudar em uma escola integral. A vaga estará garantida. No ensino técnico, Pernambuco vai ter 40 escolas para ajudar no desenvolvimento das vocações de cada região, além de preparar os jovens pernambucanos para os novos empreendimentos que estão chegando", frisou Paulo Câmara.

O socialista destacou sua preocupação com a educação também se estende ao ensino superior. Paulo pontuou que a consolidação do processo de interiorização da Universidade de Pernambuco (UPE) é uma das prioridades do seu futuro governo. "Não adianta você ter escolas técnicas e integrais de boa qualidade e esquecer do ensino superior. Levamos a UPE para várias cidades do interior, como Garanhuns e Serra Talhada. Agora, vamos melhorar suas estruturas e investir em cursos desse novo momento de Pernambuco”, destacou.

Paulo fez ainda questão de apontar que esse conjunto de medidas virá acompanhado da valorização do professor. O socialista reafirmou o seu compromisso de dobrar a remuneração paga pelo Estado ao seu corpo docente com o objetivo de motivar a categoria, ajudando na melhoria do desempenho dos alunos da rede pública. "Mas esse esforço financeiro não virá sozinho. Com professores melhores remunerados, teremos mais condições de cobrar, de exigir uma educação de maior qualidade", pontuou.

Câmara ressaltou que esses avanços são possíveis pelo momento diferenciado que Pernambuco atravessa. E que esse quadro se deve ao esforço realizado nos últimos anos para que a máquina pública estadual enxugasse os chamados gastos desnecessários para ampliar o seu potencial de investimento. "Antes de 2007, Pernambuco só investia uma média de R$ 800 milhões por ano. Fechamos 2013, em R$ 3,7 bilhões em investimentos. Somos, proporcionalmente, o Estado que mais investe no País", explicou.