Telefone: 81 8824-4442
Email: antonio.assiss@hotmail.com

quarta-feira, 23 de abril de 2014

MOVIMENTO IRIA SER IMPEDIDO DE FILMAR AS SESSÕES


Durante plenária realizada hoje(22/04) na Câmara Municipal de Paulista, o Movimento Paulista de Verdade-MPV se organizou para recolher as assinaturas dos vereadores com o objetivo de ficar respaldado caso houvesse algum impedimento para continuar filmando as sessões, visto que existia conversas sobre o assunto, onde o presidente Iranildo Domício, chegaria a tal decisão. Mas, reconsiderou sua decisão de proibir reconhecendo os nossos direitos.
Agradecemos ao Vereador Tônico e aos demais que apelaram para o bom senso e o estado democrático de direito para que tal decisão fosse revogada.
No grande expediente, os vereadores Tônico e Vinícius Campos enfatizaram a liberdade de expressão, mas, argumentaram que os meios de comunicação da cidade, devem pautar pela imparcialidade.
No caso do MPV, lembramos que nosso trabalho se baseia na Lei da Transparência e o Decreto que garante o Acesso a Informação. Entendemos que a Câmara de paulista não atende ainda de forma contundente a essas leis e que o primeiro passo seria a implantação do portal da transparência, devido a uma das funções do Vereador que é fiscalizar as contas do Executivo. Temos vários exemplos de obras inacabadas que não houve pronunciamento de nenhum parlamentar quanto a fiscalização dos recursos utilizados: Parque das Paineiras, Posto de saúde e creche na comunidade Dom Hélder Câmara(inclusive o Prefeito no início da gestão, trouxe o secretário de saúde do estado para visitar o local e foi confirmada a construção de uma unidade de saúde no local), cozinha comunitária, Escola Parque e etc...
Independente se a obra foi realizada na antiga ou na atual gestão, achamos que a fiscalização tem que ser feita pela atual legislatura, o que não ocorre.
O movimento Paulista de Verdade esclarece que não terá nenhuma dificuldade em postar qualquer assunto referente a fiscalização e a transparência na Câmara e também no executivo que também tem suas dificuldades no que diz respeito aos pilares do movimento.


OBRIGADO POR CURTIR NOSSA FAN PAGE!!!...

Exigência de exame anti-HIV em concurso é contestada

Jair Brandão deunciou ao MPPE cláusula que fere legislação (Foto.Clemilson Campos/Folha)
Priscilla Costa - Folha de Pernambuco
A exigência de realização de exames médicos Anti-HIV, imposta no edital do concurso público da Guarda Municipal do Recife, será discutida durante audiência pública a ser realizada às 10h da próxima quarta-feira (30) na sede da Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos, que fica na avenida Visconde Suassuna, área Central do Recife. A cobrança  chamou a atenção da Organização Não Governamental (ONG) Gestos, que entrou com uma Ação Civil Pública para invalidar o critério, conforme mostramos em matéria públicada pela Folha de Pernambuco, na edição do último dia 15 de abril. Participam do encontro a Secretaria de Segurança Urbana do Recife, o  Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico (IPAD), responsável pela organização do certame, além de representantes da ONG.
De acordo com o promotor de Direitos Humanos, Maxwel Vignoli, que está à frente da discussão, na ocasião, serão apresentadas leis e portarias que comprovam que o tipo de cobrança é ilegal perante a Justiça. "Para isso, iremos salientar referências tanto nacionais e internacionais que resguardam pessoas soropositivas a essa exigência. Qualquer tipo de critério infundado e que tenha cunho preconceituoso, deve ser eliminado do edital", afirmou o jurista.
"Acho importante que se leve à tona essa questão para que as pessoas soropositivas entendam que há leis que as resguardam. Não vai ser um vírus que irá torná-las incapazes de investir em concursos ou qualquer outro processo seletivo para o ingresso no mercado de trabalho", destacou o representante da Gestos, Jair Brandão.


    Saiba Mais aqui.

    Aécio Neves confirma pré-candidatura à disputa pela Presidência

    Paulo de Tarso Lyra


    A executiva nacional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) referendou nesta terça-feira (22) o nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) como pré-candidato do partido à presidência da República e marcou a Convenção Nacional da legenda para 14 de junho, em São Paulo. "É uma deferência ao governador Geraldo Alckmin e uma prova da importância de São Paulo no cenário político nacional", declarou Aécio Neves.

    Durante a reunião da executiva foi feito um balanço dos palanques estaduais e, segundo Aécio, em 80% dos estados haverá candidaturas competitivas, tanto do PSDB, quanto de partidos aliados. "Teremos um exército de companheiros para levar as ideias da nossa candidatura baseadas na eficiência e na ética, algo que está em falta no governo federal".

    Aécio contudo ainda não definiu quem será o vice em sua chapa. Na semana passada, o pré-candidato do PSB ao Planalto, Eduardo Campos, confirmou a indicação da ex-senadora Marina Silva. "O tempo para a definição é o tempo da convenção".

    Ele não descartou a possibilidade de ter uma mulher como companheira de chapa - como é o caso de Eduardo/ Marina e Dilma/ Temer. "Seria com certeza algo até mais agradável, mas estamos pautando esta escolha, nem por uma questão de gênero, nem por uma questão regional", completou.

    Em Caruaru, vereadores envolvidos em esquema de corrupção são reintegrados

    Blog do Jamildo

    Em Caruaru, no Agreste do Estado, cinco vereadores afastados após a Operação Ponto Final 1 retornaram às funções na Câmara Vereadores nesta terça-feira (14). Na última segunda-feira (14), o desembargador Itamar Pereira, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE),  deu a decisão favorável aos legisladores.
    O presidente da Câmara, Leonardo Chaves, reempossou os vereadores Louro do Juá (SDD), Jajá (sem partido), Eduardo Cantarelli (SDD), Sivaldo Oliveira (PP) e Cecílio Pedro (PTB).
    Com o retorno dos vereadores, determinado através de mandado de segurança pelo desembargador Itamar Pereira, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), voltam à suplência Rosimery da Apodec (DEM), Nino do Rap (DEM), Jaelcio Tenório (PRB), Carlinhos da Ceaca (PPS) e Alecrim (PSD).

    Artistas brasileiros gravam clipe em comemoração ao "Dia da Terra"

    CicloVivo

    Caetano Veloso, Lenine, Emicida, Criolo, Pretinho da Serrinha são alguns dos cantores que integram o vídeo musical “I’m Alive - Floresta da Tijuca Sessions”. O clipe foi lançado nesta terça-feira, 22 de abril, data em que se comemora o Dia da Terra.
    O projeto é da ONG ambiental Rainforest Alliance, que tem a brasileira Gisele Bündchen como um de seus membros. É a modelo quem narra o vídeo gravado na exuberante natureza do Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro.
    Em parceria com a organização brasileira Imaflora, a campanha tem o objetivo unir forças com produtores rurais, pecuaristas e comunidades extrativistas para proteger as florestas do Brasil. Em um dos trechos, por exemplo, a canção afirma que “quem louva a beleza da natureza guarda o amanhã”.
    “Fico muito feliz e orgulhosa em apoiar os artistas de ‘I’m Alive’, que estão se inspirando na natureza – na própria floresta – e que estão fazendo a parte deles para protegê-la”, afirmou Gisele, no site da organização. “Sinto realmente que agora é tempo de todos nós acordarmos e fazermos o que é preciso. Estamos todos conectados. Estamos todos juntos. E nossa saúde depende da saúde do nosso planeta”, completa a modelo.
    A música foi inspirada na canção “Nine out of ten”, de Caetano Veloso, com produção do músico venezuelano Andres Levin e direção de Paula Lavigne e Fernando Young. Para fazer download da canção, a Rainforest Alliance pede que os internautas façam uma doação.

    Pagamento do IPTU 2014 do Paulista

    Imprensa Paulista

    Os moradores do Paulista devem ficar atentos. O prazo para o pagamento do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU 2014) se encerra no dia 30 de abril. Os contribuintes devem comparecer à sede da Secretaria Municipal de Finanças, que fica localizada na Av. Marechal Floriano Peixoto, s/n, Centro, das 8h às 13h, para ficar em dia com o Fisco. Neste ano, 65 mil carnês foram confeccionados e distribuídos pelos Correios.
    Quem efetuar o pagamento da cota única e estiver em dia com os tributos municipais ganhará um desconto de 30%. Caso esteja com alguma pendência financeira, o contribuinte receberá 15% de abatimento no valor total do imposto. Além da entrega em domicílio, os boletos do IPTU também podem ser impressos pela internet no site www.paulsita.pe.gov.br, no link IPTU e Tributos Municipais. Dúvidas na impressão pela internet podem ser tiradas através do Tutorial https://www.youtube.com/watch?v=qm5Lm1Ojqok.

    O ventre legislativo, de Honoré Daumier

    Francisco Ferraz
    Política para Políticos



    ventre legislativo (acima) é uma das mais famosas charges/caricaturas feitas por Honoré Daumier, o clássico caricaturista francês (1808-1879). O ventre legislativo é o nome derrogatório que se deu aos políticos de centro na França de 1830, do governo do rei Louis Phillippe que num discurso em 1831 deu a conhecer sua intenção de “se manter politicamente numa posição de ‘justo meio-termo’ igualmente distanciado dos excessos do poder popular e dos abusos do poder real”
    Essa fórmula usada por Louis Phillippe para definir sua posição política, foi explorada pelo diretor das revistasCharivari e Caricatura – Charles Philipon- para a publicação de litografias satíricas das “celebridades do justo meio”.
    As caricaturas que integram essa litografia de Daumier são de personagens influentes do regime da monarquia de Julho do rei Louis Phillipe, deputados provenientes da magistratura, da indústria, dos bancos, jornalistas ligados ao governo, todos conservadores e hostis às idéias republicanas, as celebridades do “justo meio”.
    Essa galeria de tipos havia sido encomendada de Daumier e, antes de ser desenhada, fora esculpida em argila e pintada. Que se constituem na mais notável série de caricaturas esculpidas já realizadas. Dessas charges esculpidas, infelizmente existem ainda hoje apenas 36.
    É de um conjunto desses que Daumier fez sua litografia clássica – O ventre legislativo.

    Aprovado no Senado, marco civil da internet segue à sanção

    Agência Senado
    O Senado aprovou sem alterações o marco civil da internet (PLC 21/2014). Embora a oposição tenha firmado a necessidade de mais tempo para discussão sobre o tema, uma manobra regimental do governo possibilitou a inversão de pauta e colocou o projeto como primeiro item da Ordem do Dia desta terça-feira (22). O interesse da base foi a aprovação rápida e sem emendas para que o projeto vire lei durante o seminário Netmundial, que ocorrerá em São Paulo a partir desta quarta-feira (23).
    Assim que for publicado, o projeto irá para sanção da presidente da República, Dilma Rousseff. Ele estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para internautas e provedores na rede mundial de computadores no Brasil.
    Mais cedo, o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), garantiu que haverá oportunidade de ajustes do texto no futuro, por meio de medida provisória. De manhã, duas comissões permanentes haviam aprovado o projeto – a de Constituição e Justiça (CCJ) e a de Ciência e Tecnologia (CCT). A terceira comissão de mérito pela qual o projeto deveria passar foi a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), que deu seu parecer já no Plenário.
    O relator ad hoc, Ricardo Ferraço (PMDB-ES), destacou que o projeto é fruto de um amplo ciclo de debates e consultas feitos, inclusive, pela rede de computadores. De acordo com ele, o marco civil foi construído pelos usuários num processo inovador, inclusivo e democrático.

    Lei de Acesso a Informação







    Veja o vídeo:

    terça-feira, 22 de abril de 2014

    Cadê a limpeza das canaletas? - Rogério Alves



    O futuro da internet em debate no Brasil

    Maurício Ayer e Antonio Martins
    Outras Palavras

    O sociólogo catalão Manuel Castells, autor de A Sociedade da Informação; o engenheiro inglês sir Tim Berners-Lee, que criou a World Wide Web; o músico e ex-ministro brasileiro Gilberto Gil, cujo currículo inclui participação destacada na conferência internacional que debateu, em Túnis (2005) o futuro da internet, têm uma tarefa árdua, esta semana, em São Paulo. Junto com oitocentos representantes (de duzentos países) e com outros intelectuais e ativistas destacados, eles tentarão afastar sombras que pairam sobre o futuro da rede mundial de computadores – e, em muitos sentidos, da democracia.

    Como permitir que a internet continue a alimentar a esperança de comunicação direta, sem intermediários e fundamentalmente desmercantilizada, entre os seres humanos? De que modo evitar que ela seja contaminada pela espionagem maciça, censurada por governos autoritários ou reduzida a um espaço mercantil, em que o grande poder econômico controla os fluxos de informação relevantes? Estes são alguns dos temas da Net Mundial e Arena Net Mundial, eventos marcados para 22 a 24 de abril, no Hotel Grand Hyatt e Centro Cultural de São Paulo.

    Os encontros não têm poder mandatório. Invenção recente, a internet surgiu, além disso, numa época de crises de hegemonias, instituições e projetos. Continuará, nos próximos anos, ameaçada por governos, grandes empresas e agências militares de atuação global, como a NSA norte-americana.

    Mas sobre a rede agirá, também, um contrapoder notável. Exercido pelas sociedades civis – de forma ora explícita, ora difusa –, ele tem sido capaz de manter um grau de liberdade surpreendente, se se levam em conta as turbulências do cenário global. Derrubou leis autoritárias. Driblou tentativas de censura. Estimulou o surgimento de plataformas que multiplicam a colaboração (como a Wikipedia), os diálogos (como as redes sociais) e as trocas não mediadas pelo dinheiro (como os sistemas de compartilhamento de música, livros e outros bens culturais). Criou formas embrionárias de democracia pós-estatal (uma delas é o Comitê Gestor da Internet brasileiro, o CGI.br). Articular este contrapoder, prepará-lo para os desafios mais duros que virão, é, provavelmente, o que se pode esperar de melhor dos encontros desta semana.

    8 coisas inusitadas para se fazer numa bicicleta

    CicloVivo

    Andar de bicicleta pode ser divertido. Mas, além disso, pedalar proporciona diversos benefícios para a saúde, como a melhora do condicionamento físico e o aumento da capacidade cardiorrespiratória.
    Porém, hoje, o CicloVivo resolveu listar oito coisas inusitadas que foram feitas em bikes. Dentre as atividades mais inesperadas estão amamentar, lavar roupas, e, até mesmo fazer um churrasco ou tocar piano.

    Semana será decisiva para CPI da Petrobrás

    Christina Lemos

    Todos à espera de Rosa Weber. A ministra do Supremo Tribunal Federal promete para esta semana a decisão sobre mandados de segurança apresentados tanto pela oposição quanto pelo governo sobre a criação da CPI da Petrobrás. Na prática, Weber fixará as condições de instalação das comissões de inquérito – alterando ou confirmando jurisprudência sobre o assunto.

    O alcance da decisão ultrapassa em muito a questão de momento. Entre os aliados do Planalto – leia-se Renan Calheiros - já se cogita em novo recurso, que exija manifestação do pleno do STF sobre a questão - o que adiaria ainda mais a palavra final sobre a criação da CPI da Petrobrás.

    A manobra pode significar um efetivo golpe de morte nas pretensões da oposição. A hipótese de uma comissão de inquérito obter quórum para funcionar para além do mês de maio é remota.

    Cientes de que o calendário - que reúne Copa do Mundo, recesso parlamentar e eleição - é o principal adversário do projeto de CPI, oposicionistas optam por explorar já o desgaste político possível. Investirão esta semana em trazer ao Senado o ex-presidente da Petrobrás, Sérgio Grabrielli.

    Em recente entrevista ele fez cobranças à presidente Dilma. Disse que ela deve assumir sua parcela de responsabilidade na operação de compra da refinaria de Pasadena - que gerou um prejuízo de mais de meio bilhão de dólares à Petrobrás.

    Armando vê adesão como sinal de fraqueza

    Blog da folha

    Armando Monteiro Neto garante que há muita gente do lado governista querendo apoiá-lo (Foto: Bruno Campos)
    Mirella Araújo
    Folha de Pernambuco

    O pré-candidato ao Governo de Pernambuco pelo PTB, o senador Armando Monteiro Neto, usou de ironia ao repercutir a troca de palanque feita pelo prefeito no município de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB), que se aliou à chapa majoritária encabeçada pelo ex-secretário da Fazenda, Paulo Câmara (PSB), no último sábado. “Essa decisão de Bruno tem muito a ver com a Semana Santa, onde temos Cristo, muitos Judas e até Maria Madalena”, disparou. O petebista, mesmo sem mostrar ressentimentos, alegou que esse assunto já é “passado” dentro do partido. “Vamos fazer a seguinte equação: pressão e coação, versus insegurança e fragilidade é igual ao adesismo. Quando uma pessoa é frágil, é fraca, ela está sucessível a ceder quando é coagida. Mas quando ela tem firmeza e princípios, essas coisas podem até acontecer, mas nada muda”, disse Neto.

    Charge do Miguel - Jornal do Commercio


    Frase polêmica de Eduardo sobre aborto gera mobilização contrária nas redes sociais

    Blog do Jamildo
    A polêmica frase do presidenciável Eduardo Campos (PSB), de que não conhece ninguém que seja a favor do aborto, continua gerando uma forte mobilização contrária em redes sociais.
    Ao lado do presidente da CNBB, cardeal dom Raymundo Damasceno, o pré-candidato do PSB ao Planalto defendeu os atuais critérios da lei, que classificam o aborto crime, só admitindo a interrupção da gravidez em caso de estupro, risco de vida à gestante ou má formação do feto.
    “Não conheço ninguém que seja a favor do aborto”, afirmou o ex-governador neste domingo (20).
    Apesar de ser um feriadão, a mobilização nas redes sociais contra a declaração de Eduardo está muito grande. Várias páginas foram criadas contra a declaração de Eduardo de não conhecer pessoas “pró-escolha”.

    Veta, Dilma

    Tereza Cruvinel
    Correio Braziliense

    Em tempo de tanta mobilização popular, os usuários de planos de saúde precisam fazer um coro para que a presidente Dilma Rousseff vete o vergonhoso artigo 101, incluído pela Câmara na Medida Provisória 627, que concede perdão milionário de multas sofridas pelas operadoras de planos de saúde por aquilo que todo mundo já experimentou um dia: violação das normas de contrato.
    Pior ainda é a limitação do poder punitivo da Agência Nacional de Saúde.

    JUIZ NO BRASIL ACUMULA ATÉ 310 MIL PROCESSOS

    Carolina Brígido
    O Globo

    Pouca informatização, muito trabalho por fazer e juízes soterrados em montanhas de processos. Tudo isso somado a um número sem fim de novas ações, que não param de fazer crescer os estoques do Judiciário. Esse é o retrato fragmentado das varas de Justiça de primeiro grau no Brasil, os locais onde começam a tramitar os processos comuns.
    Ao longo do último mês, O Globo visitou varas mais congestionadas do país. O acúmulo de processos é tão grande que, em uma vara de São Paulo, um só juiz precisa dar conta de 310 mil processos. Lá, são 1,56 milhão de causas divididas para cinco juízes. O número supera, e muito, a média nacional, de 5,6 mil processos por juiz da primeira instância. É o cenário de uma Justiça que não anda.
    Os casos mais críticos estão onde a demanda é maior: a capital paulista e a capital fluminense. Mas há casos alarmantes em cidades pequenas, onde faltam juízes e sobram processos. A situação do primeiro grau é gritante em comparação aos Tribunais de Justiça – ou seja, a segunda instância -, em que a carga média de trabalho por magistrado é de 2,5 mil processos, menos que a metade do serviço destinado aos colegas da instância inferior.Os números são do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e mostram que o congestionamento da Justiça está bastante concentrado na primeira fase de tramitação dos processos. Nas visitas feitas pelo Globo, os juízes foram unânimes ao reclamar do excesso de ações. Segundo eles, vivemos em um país onde toda briga é levada aos tribunais, inclusive disputas por centavos de Real – um caso desse tipo foi identificado em São Paulo. Faltam juízes para aparar tantas arestas na sociedade e políticas públicas para evitar que tudo deságue no Judiciário.

    segunda-feira, 21 de abril de 2014

    Desde os anos 70, WWOOF promove trabalho voluntário em fazendas orgânicas; organização está presente em mais de 100 países



    WWOOF (World Wide Oportunitties in Organic Farms) é uma organização que conecta agricultores orgânicos com voluntários de todo o mundo.
    O sistema funciona na base da troca. O anfitrião recebe ajuda voluntária e oferece alimentação e alojamento como contrapartida.
    Outras vantagens do sistema de intercâmbio é que o visitante pode aprender técnicas do cultivo orgânico em diferentes países, aproximar-se de pessoas ligadas ao movimento, vivenciar a vida no campo e conhecer a vida rural em outros países.
    Como funciona?

    A WWOOF é dividida em mais de 60 organizações, que representam cerca de 100 países ao redor do mundo.
    Como elas trabalham de maneira independente, os interessados devem escolher o país que pretendem viajar e, na página do país ou região, é possível encontrar as oportunidades disponíveis.
    O voluntário deve informar-se sobre as regras para conseguir o visto, que muda de acordo com os leis de cada país. É preciso entrar em contato direto com o dono da fazenda, que ajuda no processo burocrático junto às entidades de migração.
    O usuário paga uma taxa anual, que gira em torno de R$ 50 reais (varia de acordo com a moeda), para poder inscrever-se nas oportunidades de trabalho.

    MPV: Cozinha Comunitária Josué de Castro - Pau Amarelo


    Foi inaugurada em dezembro de 2011 a cozinha comunitária com recursos obtidos através da emenda parlamentar SIAFI de nº 644272 do deputado Paulo Ruben Santiago(PDT), com o valor de R$ 150.000,00(cento e cinquenta mil reais), diferente ao valor registrado na placa com os dados na época que segundo as fotos anexadas a esta postagem anunciou R$ 118.303,26(cento e dezoito mil trezentos e três reais e vinte e seis centavos), encontrando-se nos dias atuais, desativada e servindo apenas de apoio ao CRAS(Centro de Referência Assistência Social).
    Fiscalizando os trabalhos da Câmara de Vereadores do Paulista, o Movimento acompanhou a aprovação recente do projeto de autoria do Vereador Edinho que propõe a instalação de restaurantes populares na cidade. Esperamos que o projeto seja implantado e beneficie a quem realmente precise e atenda as exigências legais.

    Vergonhódromo em Gravatá - Magno Martins

    A adesão do prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB), ao candidato do PSB a governador, Paulo Câmara, me fez lembrar o cientista Adelmar Marques Marinho, que disse que os políticos brasileiros só precisam de uma coisa: serem honestos com o povo e com eles próprios.
    Há menos de um mês, Martiniano abriu o congresso estadual de vereadores em sua terra, na condição de anfitrião, tratando Armando de “meu governador”. Numa conversa com este blogueiro, tão logo encerrou o seu pronunciamento, afirmou que não tinha razões para não votar em Armando.
    A política, entretanto, é uma gangorra, muda de posição como o vento e neste, caso, vale lembrar o pensador Pedro Felipe B. Silva, quando disse que sonhava com um dia em que os políticos viessem a ser um exemplo para a sociedade, para que uma criança pudesse dizer:
    “Quero ser igual a você quando crescer”. 

    Discriminação Inexplicável - Carlos Chagas

    Por conta de menos de cem manifestantes postados de forma pacífica defronte à catedral do Rio, a Arquidiocese local cancelou  a encenação da Paixão de Cristo, na quinta-feira, a Vigília Pascal, de sexta para sábado,  e a missa da Páscoa, ontem.  O cardeal D. Orani Tempesta não explicou por que, imaginando-se ter sido por  excepcionais razões. Foi quebrada a tradição de muitas décadas.
    Trata-se de um fato inusitado que só encontra paralelo, por coincidência, na Semana Santa de 1964,  quando, dez dias antes do dia 31, os padres da igreja da Candelária trancaram as portas para impedir a entrada de marinheiros recém-anistiados pelo presidente João Goulart por conta da  rebelião contra o ministro da Marinha. O grupo ia pela avenida Presidente Vargas, do Palácio dos Metalúrgicos ao Arsenal de Marinha, quando seus lideres quiseram agradecer a Deus pelo movimento não ter redundado em sangue. Ao tentarem entrar, foram repelidos com o grito de “comunistas não rezam aqui”.

    Moradores de cidade cearense criam movimento para controlar contas públicas

    Globo News


    O acompanhamento das atividades governamentais, por parte dos cidadãos, mudou a realidade da cidade de Antonina do Norte, no Ceará.




    Corrida presidencial entra em fase decisiva até a Copa

    247 – A eleição presidencial acaba de entrar em uma nova fase. A penúltima. Entre a Páscoa recém comemorada e o pontapé inicial da Copa do Mundo, na partida Brasil X Croácia, em 12 de junho, os candidatos têm um período de contados 50 dias para aplicarem suas estratégias. Depois disso, restará a fase posterior ao domingo 13 de de julho, data da final da Copa, até o dia decisivo das urnas de 5 de outubro para a definição de quem, afinal, vai levar essa parada.

    Durante a Copa, com o espaço na atenção do público que o assunto permitir, os partidos terão suas convenções, para a definição dos candidatos. Isso só reforça que, de hoje até a abertura do Mundial, quem está colocado tem de assegurar seu lugar na melhor posição possível.
    As estratégias dos candidatos já estão traçadas e, com um acerto aqui, outro arranjo ali, irão definir as posições de largada para a fase final da corrida presidencial.

    CAMPOS EM BOM MOMENTO -  Na fase que se abre, paroxalmente a posição mais confortável é a do último colocado nas pesquisas de intenção de voto entre os três principais pré-candidatos. O ex-governador Eduardo Campos conseguiu, após evitar pelejas diretas com a ex-ministra Marina Silva, montar chapas consensuais em mais de uma dezena de Estados, sem quebrar louças no campo de Rede Solidariedade. Não foi fácil, Marina mal arredou pé, mas a tenacidade de Campos em ter a ex-ministra como sua vice falou mais alto do que as reclamações. Graças a essa habilidade de conciliar com as vontades do Rede Solidariedade aos do PSB, Campos traz inteira, sem defecções, sua candidatura até aqui.

    domingo, 20 de abril de 2014

    Confusão em MG pode tirar PSB do jogo tucano

    247 – Está em todos os planos de voo da candidatura Aécio Neves à Presidência da República a meta de extrair, na sua Minas Gerais natal, uma diferença de 5 milhões de votos sobre a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. A vantagem será a condição necessária, segundo os estrategistas de Aécio, para equilibrar as perdas que ele poderá sofrer no Nordeste. A disputa, então, seria resolvida no Rio e em São Paulo, os dois estados mais populosos, no quais o tucano poderia, no mínimo, rachar o eleitorado com Dilma.

    O que não fazia parte das projeções do PSDB era que o candidato escolhido para sustentar o nome de Aécio na condição de candidato a governador tivesse um problema – e considerado grave o suficiente para a cogitação até mesmo de uma troca de nome.

    O ex-ministro das Comunicações do governo Fernando Henrique, Pimenta da Veiga, foi citado em inqúerito da Polícia Federal como tendo recebido R$ 300 mil do publicitário Marcos Valério. O processo irá correr em paralelo à campanha eleitoral. O que os tucanos temem, naturalmente, é o sangramento da candidatura de Pimenta, que passaria a ser alvo fácil de ataques do PT.

    O problema, para os tucanos, é que uma pura e simples troca de nome faça ruir uma composição, costurada pessoalmente pelo presidenciável Aécio Neves, de nada menos que 18 partidos em torno do nome de Pimenta. Neste sentido, para aplacar os rumores cada vez mais fortes da substituição do ex-ministro pelo presidente regional do PSDB mineiro, Marcus Pestana, Aécio declarou: "será o governador", referindo-se a Pimenta.

    Fotógrafo alemão faz fotos impressionantes da imensidão de prédios na China

    Catraca Livre

    No projeto “arquitetura da densidade”, o fotógrafo alemão Michael Wolf registrou imagens do gigantismo dos prédios de Hong kong, que se destacam pelos padrões geométricos bem definidos. O olhar do artista transformou a paisagem cinza de pedra em obra de arte.

    Armando quer mais parceria com cidades na área da educação

    Mariana Araújo
    JC Online

    O tema da educação tem sido abordado com frequência pelo senador Armando Monteiro (PTB) nesse período de pré-campanha. Em recentes entrevistas, Armando tem destacado o desempenho fraco do setor, na sua opinião. Mesmo disparando críticas, o senador ainda não fechou o seu projeto para a educação.
    Armando citou dados como o desempenho dos alunos pernambucanos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que foi, para os alunos do Ensino Médio da rede pública, de 3.1 na avaliação feita em 2011, quando a média nacional foi de 3.4. O Ideb avalia o conhecimento de língua portuguesa e matemática. Já nos anos finais do ensino fundamental, os alunos da rede pública pernambucana obtiveram nota 3.3, enquanto a média nacional foi de 3.9.
    Na avaliação do Ensino Médio, Pernambuco ficou na 18º lugar no ranking nacional. No Nordeste, está atrás do Ceará, que obteve nota 3.4, igualando-se à média nacional. Armando usou justamente dos dados do Ceará para comparação. E escolheu logo o Estado comandado pelos irmãos Ciro e Cid Gomes, que outrora foram aliados do ex-governador Eduardo Campos e hoje estão no PROS, aliados a presidente Dilma Rousseff (PT).

    DENTRO DE CADA UM DE NÓS HABITA UM GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ, DE ALGUMA FORMA.

    Almério Nunes
    Tribuna na Internet
    Dono de um “estilo avassalador e luminoso”, ele escreveu livros que nada tinham a ver com a realidade. Foi um gênio do Realismo Fantástico ou Mágico – como muitos preferem – já que compunha personagens delirantes, fora dos contextos da vida como conhecemos e admitimos.
    “Gabo”, desde a infância, ouvia histórias de fantasmas contadas por sua avó, no casarão onde vivia. Depois, mergulhou nas obras de Julio Verne e Alexandre Dumas e deixou-se empolgar por elas, bastante incomuns para uma literatura cultural, digamos assim, pois nelas a aventura é o que predomina.
    Foi trabalhar num jornal… e seus colegas o puseram em contato com Faulkner, Hemingway, Joyce, Kafka… Como seja, desde cedo Gabo passou e conviver com obras extraordinariamente fantásticas e/ou fantasiosas, como “O Velho E O Mar”, de Ernest Hemingway, por exemplo. Neste livro, um pescador sonha a vida toda em pescar um peixe gigantesco. Quando consegue, amarra-o ao seu pequeno barco, mas não pode trazê-lo para a praia já que os tubarões o atacam e comem o peixe todo, deixando somente a espinha.
    “Consegui … mas não posso exibir minha vitória. Não faz mal, no meu íntimo eu sei que consegui, que o peixe existiu, posso contemplar a espinha”.

    Área de lazer está abandonada em bairro de Paulista, no Grande Recife

    Sujeira, esgoto e insegurança marcam o terminal de Engenho Maranguape.

    NORUEGA, O PAÍS MAIS PRÓSPERO DO MUNDO, MOSTRA A IMPORTÂNCIA DE UM ESTADO FORTE E ATUANTE

    Jamil Chade

    O Estado de S.Paulo
    TONSBERG – Como milhões de imigrantes pelo mundo, Simone Brannstrom decidiu deixar seu país em busca de uma vida melhor. Acabou encontrando trabalho num restaurante no Porto de Tonsberg, cerca de 100 quilômetros de Oslo, na Noruega. “Aqui ganho muito mais que em meu país”, diz Simone. Mas ela não vem da África, do Sudeste Asiático ou de algum país empobrecido. Loira, de olhos azuis e sorriso fácil, Simone vem da Suécia, um dos países mais ricos do mundo. Ela e milhares de outros jovens suecos optaram nos últimos anos por cruzar a fronteira e trabalhar na Noruega, espécie de oásis regado a petróleo.
    Quarenta anos depois da descoberta do petróleo no Mar do Norte, a Noruega conseguiu traduzir esse recurso natural em prosperidade e igualdade. Pela primeira vez em 2014, um país terá um Produto Interno Bruto per capita acima de US$ 100 mil e, segundo a ONU, jamais uma sociedade atingiu nível de desenvolvimento humano igual ao de Oslo. O salário mínimo é de 4,8 mil, cerca de R$ 14 mil, o desemprego é de 2% e, mesmo em uma era de austeridade, o sistema do bem-estar social se manteve intacto.
    A Noruega foi um dos poucos países a atravessar a crise global sem grandes impactos e, nas últimas eleições, o único debate era o que fazer com o dinheiro que sobra nos cofres públicos.
    PETRÓLEO

    sábado, 19 de abril de 2014

    Estrada de Manepa no Janga - Rogério Alves


    Objetos que lembram "ex" viram doações humanitárias no Japão

    CicloVivo

    Terminar um relacionamento nunca é uma situação agradável. Mas, o projeto japonês Break Up Boxpromete deixar essa tarefa mais fácil ao mesmo tempo em que ajuda mulheres grávidas em situação de risco.
    A ideia consiste em uma caixa para corações partidos. Através de uma página na internet, qualquer pessoa pode enviar uma Break Up Box para alguém triste após o fim de um relacionamento. A encomenda vem com alguns itens úteis, como: um guia para esquecer o “ex”, um pacote de lenços e alguns plásticos bolha para aliviar o estresse e servir como uma válvula de escape para o sentimento de raiva.
    A iniciativa já seria bastante útil se parasse por aqui. No entanto, a melhor parte ainda está por vir. Junto com a embalagem, o remetente também recebe selos para enviar a caixa de volta ao Brandear, responsável pelo projeto. Mas, ela não deve voltar vazia. Esta é a oportunidade para se desfazer, se desapegar das memórias. Sendo assim, a pessoa coloca de volta na caixa objetos que a fazem lembrar do antigo amor e que possam ter algum valor. Os itens são recolhidos e as doações coletadas se transformam em apoio financeiro para organizações não-governamentais.
    O projeto ainda se compromete a doar cem ienes, o equivalente a dois reais, a cada encomenda feita no site. Entre os trabalhos beneficiados estão organizações que auxiliam o planejamento materno e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, que atuam em países em desenvolvimento.

    Levante Popular da Juventude reúne 3 mil jovens que desejam reforma no sistema político

    Agência Brasil

    Cerca de 3 mil jovens estão reunidos em Cotia, Grande São Paulo, para o 2º Acampamento Nacional do Levante Popular da Juventude. Vindos de 25 estados, eles participaram de plenárias e oficinas durante todo o feriado prolongado. "Tem um processo de partilha de experiências, em um país tão grande como o Brasil, com essa juventude organizada no meio estudantil, nas escolas, nas periferias e no campo", explica a militante e integrante da Comissão de Comunicação do evento, Laura Wottrich, sobre o espírito do acampamento.
    Um dos principais temas que será discutido durante o encontro é articulação para reivindicar um plebiscito que reformule o sistema político brasileiro. "O plebiscito é chave para o levante, porque todas as mudanças estruturais que são pauta do nosso movimento, desde as melhorias no transporte público, acesso à cultura, à democratização dos meios de comunicação e à luta pela memória, verdade e justiça", diz Laura.

    Devedor de IPTU terá imóvel leiloado

    Gabriela López
    JC Online

    Contribuintes que possuem dívidas com o município do Recife poderão ter imóveis penhorados para irem a leilão e pagarem os débitos. A partir do segundo semestre, a Prefeitura pedirá na Justiça a penhora nos casos de dívidas já julgadas pela Justiça a favor do município (e ainda não quitadas). Poderão ser alvo devedores de qualquer tributo ou taxa que sejam proprietários dos bens, mas o foco será quem tem débitos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).
    Atualmente, a dívida ativa do Recife soma R$ 5 bilhões, sendo a maior parte referente a tributos imobiliários (IPTU e taxa de limpeza) – pouco menos de 50% e mercantis (Imposto sobre Serviços – ISS).
    De acordo com o procurador-chefe da Fazenda do Recife, Francisco Severien, está sendo feito um levantamento dos processos já julgados a favor da Prefeitura para saber quais devedores e quantos imóveis podem ser atingidos.
    “A gente acha que isso terá efeito pedagógico. Não queremos levar os imóveis, mas precisamos cobrar os débitos, é um dever de cidadania. Estamos querendo colocar isso como forma de conscientização dos contribuintes”, defende.

    Se a Justiça autorizar a penhora, o contribuinte será notificado e o imóvel passará por uma avaliação do valor para o leilão. Até o dia da arrematação, o devedor poderá quitar a dívida e ter de volta o bem.

    EUA mantém ordem de prisão contra Maluf

    Deputado e ex-prefeito perde recurso na Suprema Corte de Nova York
    Fausto Macedo
    Estadão
    Paulo Maluf (PP/SP) sofreu novo revés, desta vez na Suprema Corte de Nova York (EUA), que rejeitou outro pedido do deputado brasileiro de anulação do processo pelo qual foi decretada a prisão dele e de um de seus filhos, o empresário Flávio Maluf.
    Na ação, a promotoria americana acusou Maluf e Flávio de manterem em uma conta bancária US$ 11 milhões supostamente desviados dos cofres públicos municipais de São Paulo.
    Maluf foi prefeito da Capital paulista entre 1993 e 1996. O dinheiro depositado nos EUA, segundo a acusação, seria apenas uma parte de montante relativo a fraudes em obras viárias de grande porte por ele contratadas em sua gestão, como a construção da Avenida Água Espraiada, na zona Sul da cidade.
    Foto: Wilson Pedrosa/Estadão
    Maluf nega a prática de malfeitos. Por sua assessoria, sempre que questionado sobre as acusações do Ministério Público, reitera que “não tem e nunca teve dinheiro no exterior”.
    A ação da Promotoria de Nova York provocou uma grave consequência para Maluf – seu nome foi inserido na difusão vermelha da Interpol, organismo que aloja as polícias de quase 200 países.

    A Reforma inevitável do Petismo - Carlos Chagas

    Como mote para a Semana Santa, vale tirar lições na história das religiões para aplicá-las à nossa realidade política. Porque as religiões, quaisquer que sejam, atingem seus momentos culminantes e mais sublimes quando necessitam competir para sobreviver. Da mesma forma, tendem à intolerância quando e onde são indiscutidas e soberanas.
    O Cristianismo nasceu, conquistou adeptos e afirmou-se através do martírio de seus fiéis,  mais tarde ao enfrentar o Islã e em seguida ao ver-se atropelado pela Reforma. Três momentos, entre dezenas de outros, em que a Igreja lutou, penitenciou-se, revigorou-se e manteve sua influência. No reverso da medalha, quando absoluta, sem adversários,  mergulhou nas profundezas da Inquisição, nas fogueiras, na venda de indulgências e na intolerância teológica, esta por sinal vigente até pouco tempo.