Telefone: 81 8824-4442
Email: antonio.assiss@hotmail.com

sábado, 30 de agosto de 2014

Santa vence Atlético/GO por 2×0

William Tavares/Blog de Primeira
O Santa voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de dois empates por 0×0 fora de casa, o Tricolor bateu o Atlético/GO por 2×0, gols de Wescley e Pingo. Com o resultado, o Tricolor chega ao quinto jogo sem perder na competição e pula para a 11ª posição. O próximo jogo da equipe coral será no próximo sábado, diante do ABC, no Frasqueirão.
Sete minutos. Esse foi o tempo que a torcida do Santa Cruz precisou esperar para descobrir se a escolha do técnico Sérgio Guedes em colocar Wescley ao lado de Natan no meio-campo funcionaria. Renatinho lançou boa bola para Keno pelo lado esquerdo. O cruzamento do atacante foi interceptado pela zaga, mas Wescley estava bem posicionado para pegar o rebote e dar um toque colocado para as redes.
Não era um Santa extremamente perigoso, mas o Tricolor conseguiu dominar bem as ações ofensivas do jogo. Wescley e Tony formaram uma boa parceria pelo lado direito. Na esquerda,, Keno prendia demais a bola e por diversas vezes trocou o passe por uma tentativa de drible – quase sempre falha. A falta de equilíbrio entre os lados impossibilitou o Santa de distribuir as jogadas com qualidade. Aí vieram os lançamentos e os chutões que mais abafavam o perigo do que construíam algo positivo no ataque.
O ritmo da partida caiu os cartões começaram. Tony e Sandro Manoel viram o amarelo e estão fora do próximo jogo, contra o ABC. Por alguns instantes, os tricolores pareceram esquecer a vantagem no placar e cobraram mais atitude do Santa.
O Santa voltou do intervalo priorizando a posse de bola. Mas a troca de passes era feito no campo defensivo. Falta objetividade. Aos 15, os visitantes quase empataram. Luciano Sorriso chutou forte e a bola acertou a trave, correu pela linha do gol e foi para fora. Começava aí o clima de tensão no Arruda.
Com Jorginho no meio-campo, o Atlético/GO procurou explorar os espaços deixados entre o meio e a zaga coral. Guedes percebeu isso e optou por tirar Natan e colocar o até então vetado, mas relacionado de última hora, Danilo Pires. Antes, Everton já havia saído para a entrada de Memo. Arriscar-se não era mais um desejo do Santa. O 1×0 passou a ser goleada.
Na hora do desespero, os visitantes apelaram para a tática dos sem criatividade: bola na área. Em falta, escanteios, jogadas pela linha de fundo. Um festival de cruzamentos. Em boa parte deles, Tiago Cardoso foi quem precisou sair para afastar o perigo.
Aos 43, Jonas fez falta em Keno e recebeu o segundo cartão amarelo. Foi o balde de água fria nas esperanças do Dragão em empatar. E com três minutos tendo um a mais em campo, o Santa liquidou a fatura. Pingo, que havia substituído Keno, fechou a conta. Após o apito final, Wescley e Sorriso discutiram no gramado e o meia coral recebeu o cartão vermelho.
Santa Cruz 2
Tiago Cardoso, Tony, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Everton(Memo), Natan (Danilo Pires) e Wescley; Keno(Pingo) e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Guedes
Atlético/GO 0
Roberto; Jonas, Adriano Alves, Lino e Victor Oliveira; Marcus Winícius, Pedro Bambu(Diego Campos), Luciano Sorriso e Jorginho; André Luís (Juninho) e Yago (Kayke). Técnico: Hélio dos Anjos
Local: Arruda (Recife/PE)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Janette Mara Arcanjo (MG) e José Carlos Oliveira dos Santos (BA)
Gols: Wescley (aos 7 do 1ºT) e Pingo (aos 47 do 2ºT)
Cartões amarelos: Jonas, André Luís, Juninho (A); Tony, Sandro Manoel, Everton Sena (S)
Cartão vermelho: Jonas (A) e Wescley (S)
Público e renda: Não divulgados

Cadastro de estudantes no Passe Livre começa nesta segunda

NE 10

A partir desta segunda-feira (1º), os cerca de 14 mil alunos do 6º ao 9º ano da Rede Municipal do Recife começam a se cadastrar para receberem o VEM Passe Livre Estudantil. O procedimento deve ser feito no Posto de Atendimento do VEM, na Boa Vista, área central do Recife, onde serão apresentados os documentos exigidos, tirada a foto oficial e cadastradas as impressões digitais para biometria.
Apesar do início do cadastramento, para evitar transtornos, os estudantes devem comparecer no dia informado pela escola em que estudam, de acordo com o calendário feito pela Secretaria de Educação do Recife. O horário de funcionamento do posto do VEM é das 8h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira.
Quem se cadastrar até o dia 20 já sai do posto de atendimento com o cartão, mas só poderá utilizar as 70 passagens mensais no sistema de transporte público coletivo a partir do dia 1º de outubro. Quem preferir também pode tirar o documento em agências dos Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, onde é cobrada uma taxa de R$ 5,70.

A instrução normativa que regulamenta o Passe Livre Recife, com todos os detalhes sobre o funcionamento, será publicada no Diário Oficial no Município da próxima semana. O benefício foi instituído pela Lei nº 18.043/2014, de autoria do executivo municipal, e sancionada pelo prefeito Geraldo Julio no último dia 23 de julho.
DOCUMENTOS - De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transportes, os alunos precisam apresnetar CPF, certidão de nascimento ou documento de identificação com foto (carteira de identidade ou carteira de estudante) e comprovante de residência (este último pode ser em nome do pai ou responsável). 
ATENDIMENTO - Os primeiros a fazerem o cadastro do VEM Passe Livre Estudantil são 814 estudantes de seis escolas da Regional 4 (Zona Oeste do Recife). O Posto de Atendimento contará com três atendentes exclusivos para os estudantes da Rede Municipal. Além disso, o local estará aberto nos sábados 6, 13 e 20 de setembro somente para cadastro do Passe Livre Recife. Quem perder o dia de cadastramento só poderá fazer o VEM Passe Livre após o dia 20, sem o atendimento exclusivo, e só terá direito ao benefício em novembro.
REGRAS - O Passe Livre Recife é de uso pessoal e intransferível, sendo proibida a cessão, venda ou qualquer forma de utilização do benefício por terceiros. Se for verificado o uso indevido do cartão, o beneficiário será notificado pela Secretaria de Educação para apresentar defesa no prazo de dez dias. Se a defesa não for apresentada ou for rejeitada, o estudante terá o benefício suspenso por 30 dias. Em caso de reincidência, o direito ao Passe Livre será suspenso por todo o semestre.
Os estudantes das 36 escolas de 6° ao 9° ano da PCR terão direito a 70 viagens mensais no valor de meia passagem da tarifa do Anel A (R$ 1,07). O sistema limitará o uso a 70 vezes por mês, não podendo ser utilizado mais de quatro vezes por dia. Os créditos entram automaticamente no cartão, no início de cada mês, e expiram em 180 dias, como ocorre com todo VEM. Os alunos poderão usufruir do Passe Livre Recife em todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos, feriados e até mesmo durante as férias escolares.
Se ao final do mês o beneficiário só tiver usado 40 passagens, por exemplo, a Prefeitura só depositará o crédito referente às 30 viagens restantes, para que o estudante tenha direito a usar 70 passagens no mês seguinte. Periodicamente, o Grande Recife Consórcio de Transporte enviará relatórios para a Secretaria de Educação do Recife com essas informações.

DATAFOLHA CONFIRMA: HOJE, MARINA SERIA ELEITA

247 - A pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira confirmou uma tendência apontada, nesta semana, por outros dois levantamentos: um do Ibope, outro do instituto MDA, contratado pela Confederação Nacional do Transporte. Se as eleições fossem hoje, Marina seria eleita presidente da República, no segundo turno. Ela venceria a presidente Dilma Rousseff com dez pontos de vantagem, por 50% a 40%.
No primeiro turno, Marina tem 34%, empatada com Dilma, que tem os mesmos 34%. O tucano Aécio Neves, por sua vez, caiu para 15%.
Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 48% a 40%.
Leia, abaixo, reportagem da Reuters sobre a agenda de Marina nesta sexta-feira:
SÃO PAULO (Reuters) - A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, classificou como "lamentável" o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no segundo trimestre, que levou o país a entrar em recessão técnica pela primeira vez desde a crise financeira global de 2008/09.
"É lamentável que tenhamos tido por dois trimestres seguidos um crescimento que deixe o país numa situação difícil", disse a candidata, em discurso durante o anúncio de seu programa de governo.
A ex-senadora, que assumiu a liderança da chapa após a morte trágica de Eduardo Campos em um acidente aéreo, disse que a comoção com o falecimento do ex-governador de Pernambuco reflete um desejo de mudança.
Marina disse que em 2010 a sociedade lhe deu quase 20 milhões de votos, em 2013 houve as manifestações populares e "agora há uma comoção com a morte de Campos".
Marina afirmou ainda que o povo brasileiro já elegeu um acadêmico, um operário "há de eleger uma professora que veio do seringal da Amazônia.
(Por Eduardo Simões)

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

NENA CABRAL PARTICIPA DE INAUGURAÇÃO DO COMITÊ DE JORGE CÔRTE REAL

 Acompanhado de seus militantes, o candidato a deputado estadual, Nena Cabral (PTB), marcou presença na noite da última quinta(28), na inauguração do comitê do candidato a reeleição a deputado federal Jorge Côrte Real(PTB), que nessa eleição  está apoiando Nena Cabral. Com muita organização e um espaço amplo,  o comitê  ficou repleto de pessoas que  conhecem e acreditam não só no  potencial de Jorge Côrte Real , como também no potencial do estado  Pernambucano. Também fizeram presentes o candidato ao governo do estado, Armando Monteiro (PTB), acompanhado pelo seu vice , Paulo Rubem, e o candidato a senador João Paulo.
Em meio aos discursos das lideranças políticas da mata , agreste e região metropolitana norte, Nena Cabral se destacou  ao ser convidado para discursar, e ressaltou que a campanha chegou a um patamar de completa unificação do estado, “ Essa é uma parceria que fizemos juntos e aliados à vocês, com certeza vamos fazer acontecer em Pernambuco uma grande mudança, essa candidatura não pertence mais a Armando Monteiro, pois agora somos um corpo só, é Pernambuco gritando , que temos o direito de fazer acontecer, e isso está em cada um dentro de nós”.
Muito satisfeito com a presença de diversas cidades e os apoios que vem recebendo , Jorge Côrte Real agradeceu “ obrigado pelo apoio de  todos vocês , e hoje estou ciente que Pernambuco pode mais e vai crescer muito mais” Côrte Real ainda enfatizou algumas deficiências “ Pernambuco tem uma grande deficiência na educação e falta de segurança no tanto no interior , como no litoral”. Já Armando Monteiro , falou da importância em reeleger Jorge Côrte Real, " Jorge você tem que ser reconduzido, porque fez e é merecedor do seu mandato, quero e vamos precisar de você lá no Congresso Nacional, quando eu assumir o governo de Pernambuco” , ainda acrescentou, “ É a eleição de um companheiro que o povo conhece, e que fez pelo povo”. Durante o evento, diversas apresentações culturais animaram os convidados, ao só de muito frevo e maracatu.  

Estudante comemora autorização para usar remédio à base de maconha

G1 MG

“Já faço uso de maconha há muito tempo e acho que salvou minha vida. Recebo com muita alegria esta decisão, porque sei que isso vai abrir porta para muita gente”, comemora a estudante Juliana de Paolinelli, de 35 anos, que obteve da Justiça a primeira autorização para importar um remédio com maior concentração de tetraidrocanabinol, o THC, de uso e comercialização proibidos no país. A substância, que gera os efeitos cognitivos e psicológicos conhecidos como “barato” da planta, é usada para fins terapêuticos no exterior.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi notificada da decisão na tarde de quarta-feira (27) e tem cinco dias corridos para providenciar a permissão. Embora caiba recurso, o órgão informou que vai cumprir e, com isso, liberar pela primeira vez a entrada deste medicamento no Brasil. Um outro pedido para o mesmo remédio foi recebido em julho deste ano diretamente pela Anvisa, sem demanda judicial, mas o paciente não apresentou os documentos necessários.
O remédio que Juliana poderá usar é um spray
bucal com 45% de THC (Foto: Divulgação/Bayer)

“Não posso perder tempo. É um remédio, a gente quer simplesmente viver um pouco melhor”, disse Juliana sobre a decisão de procurar a Justiça. Moradora de Belo Horizonte, ela tem duas filhas e tenta levar uma vida normal, apesar das dores intensas decorrentes de um problema de coluna. Para se locomover, faz uso de bengala, coletes ortopédidos, em algumas ocasiões, e de uma cadeira de rodas.

Pedidos de importação de medicamentos à base de canabidiol, o CBD, outro componente da maconha, já vêm sendo autorizados no Brasil. De acordo com a Anvisa, até o momento, já foram autorizados 50 dos 72 pedidos para remédios com até 1% de THC e maior concentração de CBD. No caso de Juliana, a medicação solicitada tem em torno de 45% de THC, conforme a Anvisa. Os componentes teriam aplicações em tipos distintos de tratamento.

Paulo destaca zelo na prestação do serviço público como marca da sua trajetória

Candidato foi homenageado por amigos de trabalho do TCE e do Estado

O zelo na prestação do serviço público sempre foi uma marca muito presente nas experiências acumuladas por Paulo Câmara (PSB) nos diferentes postos que ocupou. Nesta quinta-feira (28), cerca de 500 amigos do candidato da Frente Popular ao Governo do Estado organizaram um almoço, em uma casa de eventos no Recife, para homenagear a dedicação com a qual o socialista trabalhou para servir a população pernambucana.
Emocionado com o ato, Paulo prometeu seguir com o mesmo espírito que o credenciou a conduzir a Frente Popular na sucessão estadual. "Eu vou ser, a partir de 2015, governador de Pernambuco. Mas vou ser o que a vida, as minhas experiências me ensinaram a ser: um servidor público. Serei servidor do povo", assegurou. O evento reuniu servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e das secretarias estaduais da Fazenda, Turismo e Administração.
Paulo Câmara fez questão de destacar que permanecerá contando com o apoio e a ajuda de todos os presentes no Governo do Estado. "Vocês vão me ajudar a governar Pernambuco. E a fazer como eu sempre gostei de fazer: olhando para o povo. Fizemos o programa de governo de uma forma muito simples, porém a mais correta de se fazer, que é ouvindo a população", pontuou.
Os amigos de Paulo não escondiam a satisfação em ver uma pessoa tão próxima e querida assumindo uma responsabilidade tão grande quanto a de dar continuidade ao legado do ex-governador Eduardo Campos. "Estamos despidos de cargos e funções. Estamos aqui como amigos que foram cultivados por Paulo ao longo de suas tarefas no serviço público. Amigos cultivados pela forma como ele sempre trabalhou - com cuidado na prestação do bom serviço -, e pela leveza no trato. Tenho a certeza de que ele é o melhor candidato", afirmou o chefe de gabinete da Presidência 

CRISTOVAM BUARQUE PEDE VOTOS PARA ARMANDO

Pernambuco 247 - O senador ecandidato ao Governo de Pernambuco Armando Monteiro Neto (PTB) tem levantado a bandeira da educação como um dos motes centrais de seu governo caso sejaeleito nas eleições de outubro. Nesta linha ele ganhou um reforço vindo do senador Cristovam Buarque (PDT). Buarque é aliado da ex-senadora Marina Silva (PSB) em nível nacional, a despeito do seu partido estar no palanque pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). O vice na chapa de Armando, deputado federal Paulo Rubem, também é do PDT.
Em vídeo, Cristovam Buarque aparece pedindo votos para Armando e ressalta o fato dele "pensar o futuro" e possui um caráter inovador. Em sua inserção, o senador também critica o conjunto de alianças que estão na base do atual governo. "Ele [Armando Monteiro] pensa o futuro. E ao pensar o futuro, ele pensa o conjunto. O conjunto da sociedade. E esse conjunto na sua dinâmica, na sua evolução, no seu progresso", diz Buarque em seu depoimento.
"Eu vejo Armando como um inovador. Exatamente porque está olhando o futuro do conjunto do País. E não o presente da repartição do que nós temos hoje no Brasil", complementa.
Recifense de nascimento, o senador Cristovam Buarque tinha uma relação bastante próximo com o ex-governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos, que faleceu em um acidente aéreo no último dia 13.
Veja o vídeo:

No Cabo, Paulo arrasta uma multidão ao lado de Betinho Gomes e Lula Cabral


O Cabo de Santo Agostinho  deu mais um exemplo, nesta quinta-feira (28), de como a candidatura de Paulo Câmara (PSB) ao Governo Estadual vem unindo e tomando conta de Pernambuco. Mais de 8 mil pessoas saíram às ruas da cidade, em duas caminhadas promovidas, respectivamente, pelos candidatos a deputado Betinho Gomes (PSDB/federal) e Lula Cabral (PSB/estadual). Ambos apoiam a chapa majoritária da Frente Popular porque entendem que o melhor para Pernambuco é continuar avançando no caminho iniciado pelo ex-governador Eduardo Campos. "Lula e Betinho estão conosco. Este é o momento de pensar em 2014 porque é agora que o futuro de Pernambuco está sendo decidido", ressaltou Paulo.

As caminhadas seguiram o clima de crescimento e empolgação que vem tomando conta da campanha da Frente. Junto com os seus companheiros de chapa, Raul Henry (PMDB/vice) e Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado), Paulo era parado a todo momento por moradores que queriam ver de perto, cumprimentar e abraçar o candidato que Eduardo escolheu para avançar com as conquistas que o Estado atingiu nos últimos sete anos e oito meses. "Nossa campanha está com jeito de vitória. As pessoas que encontrei aqui mostraram claramente que querem continuar transformando Pernambuco. E é isso que vamos fazer a partir de 2015, honrando o legado de Eduardo", garantiu o candidato.

Com Betinho Gomes, Paulo foi celebrado com alegria pela população, que lotou as ruas do distrito de Ponte dos Carvalhos. "Estamos apenas esquentando as turbinas. Em 5 de outubro, dia eleição, estaremos a todo vapor. Tomamos a decisão de apoiar quem está ao lado da população, quem não vai esquecer do povo do Cabo. E esta pessoa é Paulo", explicou o candidato tucano.

Na Vila da Cohab, o socialista arrastou uma multidão ao lado de Lula Cabral, onde Eduardo Campos era homenageado a todo momento. "Eduardo buscou, para sucedê-lo, este jovem, Paulo Câmara. Que foi seu secretário nos dois mandatos. Ele não é de ficar falando besteira em discurso. Ele trabalha,  ouve a população, busca recursos e realiza", destacou o candidato a deputado estadual.

Fernando Bezerra Coelho destacou em seu discurso a emoção que tem conduzido as últimas semanas de campanha e a necessidade de avançar com o legado deixado pelo ex-governador no Cabo. "A emoção não vai sair dos corações de Pernambuco, porque a população já reconhece o grande trabalho de Eduardo Campos. Tudo o que ele fez foi com paixão e o povo sabe que Paulo será ainda melhor; porque foi escolhido pelo próprio Eduardo", assegurou o candidato ao Senado.

“Onde a Compesa abre qualquer buraco a obrigação dela é fechar”, se defende prefeito de Paulista

JC News
convidado da Entrevista de Estúdio desta quinta-feira (28) foi o prefeito de Paulista, Junior Matuto. O prefeito conversou com Everson Teixeira e durante quase uma hora foi questionado sobre as políticas realizadas na cidade desde o início da sua gestão.
Questionado sobre os buracos causados por obras da Compesa Junior Matuto se defendeu. O prefeito lembrou que o último encontro que teve com o ex-governador Eduardo Campos foi questionado por ele sobre quem era sua oposição em Paulista e ele respondeu que era a Compesa e se defendeu dizendo que a Companhia tem a obrigação de concluir as obras que inicia.”Onde a Compesa abre qualquer buraco a obrigação dela é fechar”, disse Matuto.  Junior Matuto ainda falou do turismo da região.
Confira a entrevista completa: Clique aqui.

PODEMOS SIM!


































- Buscando fortalecer o debate e a implementação da transparência em nossa cidade, o Movimento Paulista de Verdade-MPV, une-se a outros grupos para criar o projeto PODEMOS SIM! Projeto esse, que dá abertura à população para falar, levantando então, os problemas de Paulista, bem como, idéias e propostas para melhorar a vida dos pernambucanos. Neste momento eleitoral a escolha do candidato é fundamental para iniciarmos um novo momento político em nosso país. E é pensando nisso, que o projeto PODEMO SIM apoiará o Deputado Estadual e Presidente do Partido Trabalhista Cristão-PTC, Eriberto Medeiros, para a Assembléia Legislativa, que visa, entre outros pontos, a possibilidade de tornar a prática política mais Acessível, Honesta, Transparente e feita com Seriedade.


Faça parte conosco deste projeto e juntos PODEMOS SIM viver numa Paulista melhor!!!!












Jardineira é opção de passeio turístico pelas cidades de Recife e Olinda

Domingos Sávio
Folha-PE

Um veículo do tipo jardineira, modelo inspirado em um antigo tipo de bondes e que conta com vistapanorâmica e janelas laterais de vidro que vão do teto até os pés dos passageiros, é mais uma opção de lazer para os turistas que vêm ao complexo turístico Recife/Olinda e para os pernambucanos que desejem conhecer um pouco mais das duas cidades.
A partir do próximo mês de setembro, a Jardineira irá disponibilizar opções de passeios, de em média 4h de duração, com foco nos principais pontos turísticos das cidades irmãs. Dentre os principais locais previstos nos roteiros, estão o Marco Zero do Recife e o Alto da Sé, em Olinda. No entanto, grupos de no mínimo 20 pessoas poderão personalizar o seu passeio. O preço de cada percurso turístico varia entre R$ 55 e R$ 70, com meia-entrada para crianças de 3 a 12 anos e gratuidade para menores de até 2 anos.
O espaço interno da Jardineira contará com bancos semelhantes aos utilizados em praças públicas,serviço de bordo, wi-fi, guia turístico para fornecimento de detalhes sobre os pontos percorridos esistema de som.
Maiores detalhes sobre o projeto e os pontos de embarque de cada roteiro podem ser conferidos nosite ou através dos telefones: (81) 3019-3485 e 9707-4925.  

Campanha incentiva doações, mas sem gelo no balde

CicloVivo

O desafio do Balde de Gelo viralizou em todo o mundo e vem sendo compartilhado no Brasil por famosos e anônimos. Os números revelam o sucesso da campanha que visa ajudar a pesquisa sobre a ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica): mais de 2,4 milhões de vídeos postados e 28 milhões de pessoas comentando sobre o assunto.
Embora a causa seja nobre, o Brasil, atualmente, sofre com a falta de água, fazendo com que o projeto tenha um efeito colateral: o desperdício de água. Recentemente, o jornal NY Times informou que o desafio já desperdiçou cinco milhões de litros de água. Esse montante equivale a 16 milhões de copos de água para beber e daria para lavar dois milhões de mãos, dar 833 mil descargas e tomar 111 mil banhos.

Imagem: Divulgação
Preocupadas com esses números, a agência de publicidade NBS e a OndAzul, ONG fundada por Gilberto Gil, criaram o movimento Balde Vazio. O projeto incentiva a doação, porém sem o desperdício. A instituição doou 500 reais para a causa, mas sem desperdiçar uma gota de água.
Através do site www.baldevazio.com.br, criado pela NBS, as pessoas podem enviar o seu vídeo em que apareçam derramando um balde vazio sobre a sua cabeça ou encontrar os dados bancários para fazerem uma doação para a ALS Association, fundação que ajuda a arrecadar fundos para pesquisas sobre a ELA.
A ONG ainda dá uma lista com dez motivos para não desperdiçar água, entre eles está o fato de que um bilhão de pessoas no mundo ainda não têm acesso à água potável.

Sport estreia com derrota na Sul-Americana

Rômulo Alcoforado/FolhaPE
Blog de Primeira
O discurso estava na ponta da língua de quase todos na Ilha do Retiro: a Copa Sul-Americana é prioridade. Da conversa à prática, porém, algo se perdeu. Diante do time misto do Vitória/BA , o Sport – em casa- fez partida fraquíssima e foi derrotado por 1 x 0. Mas nada está decidido. Na próxima quarta-feira (03/09) as duas equipes voltam a se enfrentar, desta vez no Barradão, para definir quem segue no torneio. O rubro-negro pernambucano, se quiser avançar, precisa vencer por dois gols de diferença ou por qualquer triunfo simples a partir do 2 x1. Empate ou vitória do oponente eliminam o Sport.
O JOGO – Talvez influenciado pelo desânimo da torcida nas arquibancadas, o Sport entrou no jogo muito apático. Faltou o espírito de decisão que um confronto de mata-mata pede. Lento, pouco articulado e até mal escalado (Felipe Azevedo como organizador de jogadas não funcionou), o time de Eduardo Baptista não tardou a ser castigado.
O Rubro-Negro pernambucano estava, além de tudo, muito aberto. Permitia contra-ataques do adversário. No primeiro deles, Durval conseguiu cortar. No segundo, Marcinho recebeu dentro da área e bateu no ângulo: 1 x 0 para o Vitória.
Estava tão mal o time do Sport que sequer conseguia criar oportunidades de gol. Era mais presente do que o vitória no campo ofensivo. Mas repetia erros primários de passe e tinha enorme dificuldade na articulação de jogadas. Tanto que Eduardo Baptista fez duas alterações ainda no primeiro tempo. Uma delas, é verdade, por obrigação. Ewerton Páscoa voltou a sentir lesão muscular e, aos 34, foi substituído por Oswaldo. Três minutos mais tarde, porém, Baptista sacou Felipe Azevedo (por opção) e acionou Diego Souza.
Ainda sem a melhor condição física, Souza não brilhou. Mas animou o time. Aos 41, Rithely arriscou chute da entrada da área. Para fora. Aos 44, Diego Souza cobrou falta colocada, mas “Gatito” Fernandez espalmou.
O segundo tempo voltou sem grandes mudanças. O Sport tentava tomar a iniciativa. O Vitória se defendia e buscava o contra-ataque mortal. Teve duas grandes chances para fazer isso: aos 3 e, principalmente, aos 6. Mas o travessão salvou o Leão.
Aos poucos, porém, o Sport pareceu que iria pegar no tranco. Mas esbarrou na péssima fase de Neto Baiano. Aos 10, o centroavante recebeu de Diego Souza e desperdiçou cabeçada. Cinco minutos mais tarde, lance ainda mais inacreditável. Ibson deu lindo passe para o jogador, que dominou mal, mas até bateu com consciência. A bola, caprichosa, tocou no pé da trave e não entrou. Não era dia do Leão pernambucano. Mas era do baiano: 1 x 0 para o Vitória.
Sport 0
Magrão; Patric, Ewerton Páscoa (Oswaldo), Durval e Renê; Rithely, Wendel, Ibson, Ananias (Mike) e Felipe Azevedo (Diego Souza); Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista
Vitória-BA 1
Fernandez; Ayrton, Ednei, Luiz Gustavo e Mansur; José Welison, Richarlyson e Marcinho; Willie (Dinei), Marcos Junior (Vinícius) e Guillermo Beltrán(Marcelo). Técnico: Ney Franco
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Oscar Maldonado (BOL-Fifa)
Assistentes: Wilson Arellano e Javier Bustillo (ambos da BOL)
Gols: Marcinho (aos 9 do 1T) para o Vitória;
Cartões amarelos: Ayrton e Fernandez (Vitória); Rithely (Sport)
Público e renda: Não divulgados

Paulo: “Aprendi a fazer com Eduardo Campos”

Em entrevista à Rádio Maranata FM, socialista destacou a eficiência do modelo de gestão da Frente Popular
O crescente reconhecimento popular de que Paulo Câmara (PSB) tem a experiência e a capacidade para continuar e avançar no legado deixado pelo ex-governador Eduardo Campos, tem se notabilizado como o grande destaque da atual fase da eleição. Em entrevista à Rádio Maranata FM, nesta quinta-feira (28), o candidato da Frente Popular ao Governo do Estado destacou que as ruas têm demonstrado que o pernambucano aprova o “jeito de fazer” de um modelo de gestão que foi capaz de tirar do papel a construção de hospitais, de UPAS, que criou o Pacto Pela Vida e desenvolveu projetos como o Ganhe o Mundo.  “As pessoas reconhecem no nosso grupo a maneira certa de governar. E sabem que estamos preparados para governar por um Pernambuco ainda melhor”, ressaltou, completando: “Aprendi a fazer com Eduardo Campos.”
Na entrevista, Paulo Câmara pontuou que, com o início da propaganda eleitoral de rádio e televisão, no dia 19 de agosto, está tendo a oportunidade de detalhar a população as suas propostas para o desenvolvimento do Estado. O socialista frisou que já pôde apresentar suas ideias para áreas como saúde e educação, destacando que esse conjunto de compromissos foram reunidos após um intenso processo de ausculta popular. Uma característica própria e marcante da Frente Popular. “Temos um modelo de gestão que ouve a população, que corrige, volta atrás. Mas, acima de tudo, que faz as entregas. Um governo compromissado com o povo”, afirmou.
O socialista indicou que o crescimento da sua candidatura de 18 pontos percentuais apontado pela última rodada da pesquisa Ibope sobre a sucessão estadual, mostra que o pernambucano começa a entrar no debate político. Apesar de ainda ser desconhecido por cerca de 50% da população, de acordo com o mesmo levantamento, Paulo Câmara já atingiu a marca de 29% das intenções de voto.
“Nós temos as melhores ideias, o melhor time. É natural que, a partir do momento, que sejamos apresentados à população, ela vai votar na gente. Vamos continuar e avançar no que Eduardo Campos iniciou. Fui escolhido por ele, aprendi com ele a fazer”, destacou Paulo Câmara.
SEGURANÇA – Assim como o ex-governador Eduardo Campos fez em 2007, Paulo Câmara fará da segurança pública uma de suas prioridades. “Eu vou assumir pessoalmente a segurança no Estado. Vamos continuar consolidando o Pacto Pela Vida”, afirmou. No entanto, o socialista faz questão de frisar que não vai se deter apenas a ações repressivas para manter o Estado reduzindo o seus índices de violência. “Vamos investir em ações preventivas, de cidadania, que envolvam as famílias, os jovens”, concluiu. 

Rodoviários reafirmam paralisação somente durante a manhã desta sexta

Diario de Pernambuco

Em novas assembleias, na tarde desta quinta-feira (28), os motoristas, cobradores e fiscais de ônibus da Região Metropolitana do Recife decidiram manter a paralisação desta sexta (29) somente no período da manhã, das 4h às 8h. Após o término do ato de advertência, os servidores retomarão as atividades normalmente. A decisão foi tomada por unanimidade após três reuniões dos servidores.
Além disso, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Pernambuco também garantiu que não haverá paralisação no fim de semana.

Somente na tarde desta quinta, duas assembleias dos rodoviários aconteceram para que os trabalhadores votassem sobre a paralisação. Na sede do sindicato, na Rua Araripina, no bairro de Santo Amaro, sob a coordenação do presidente do sindicato, Benilson Custódio, os rodoviários optaram por cruzar os braços das 4h às 8h. No mesmo bairro, na Rua Coelho Leite, presidida pelo candidato a deputado estadual Aldo Lima, outra assembleia ainda sugeriu nova parada na segunda-feira (01), mas os motoristas, cobradores e fiscais preferiram parar apenas na sexta, no mesmo horário. Ainda pela manhã, outra assembleia da categoria também decidiu, por unanimidade, pela paralisação das 4h às 8h.

Na terça-feira passada, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Barros Levenhagen reconsiderou a decisão que suspendeu o reajuste de 10% para motoristas, fiscais e cobradores. Mas a categoria permanece insatisfeita, uma vez que o efeito suspensivo relativo ao vale-alimentação, diárias, auxílio-funeral e indenização por morte ou invalidez foi mantido, restringindo o reajuste a 6%. Os pisos com valores de R$ 1.765,50 para motoristas, R$ 1.141,69 para fiscais despachantes e R$ 812,13 para os cobradores estão mantidos até a votação pela Seção de Dissídios Coletivos do TST, que deve acontecer no próximo dia oito de setembro.

“Os Blogs são na sua essência uma mídia democrática”, reconhece Armando Monteiro

Armando Monteiro, da coligação Pernambuco vai mais longe, foi o entrevistado desta quinta-feira (28/8) na série de entrevistas com os candidatos a Governador de Pernambuco. As sabatinas estão sendo realizadas na sede da Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco (AblogPE), no Centro do Recife, e transmitidas “ao Vivo” pelo youtube. Na ocasião, estiveram presentes os blogueiros Didi Galvão de Cabrobó, Eudes PE Noticias de Paulista, Cláudio André o Poeta de Bom Conselho, Giro Social B da cidade de Buíque, Aventura Passira e Elisberto Costa de Taquaritinga do Norte. 

Armando de Queiroz Monteiro Neto tem 62 anos, pertence ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), recifense, formado em Administração de Empresas e Direito. Já tendo como experiência o exercício dos cargos de Deputado Federal por duas vezes nos anos de 1998 e 2002, respectivamente pelo PMDB, Deputado Federal em 2006 e Senador em 2010, ambos pelo PTB, além de ter presidido a CNI e ter feito parte das direções do Sistema S.

Na oportunidade, vieram também conhecer a sede da AblogPE, os candidatos a Senador João Paulo (PT), bem como o candidato a vice-governador Paulo Rubem (PDT), que acompanhou a entrevista. 

Armando, de imediato, fez questão de ressaltar o seu reconhecimento “pela extraordinária força e do importantíssimo papel que as mídias alternativas cumprem de forma democrática na disseminação da informação, sobretudo em Pernambuco”, salientou. Ele defendeu ainda que se deve estimular a busca pela formalização dos blogueiros, que ora se organizam em torno da Associação, destacando que esta categoria precisa ter a real importância perante o Estado, estimulando e apoiando a inclusão destes profissionais, atuantes das mídias alternativas, dentro da Lei do Micro Empreendedor Individual (MEI).

Para ele, as mídias alternativas se revelam como uma nova cadeia econômica e empreendedora. “A blogosfera precisa construir por etapas em sua organização, um instrumento de mensuração do seu tamanho enquanto mídia, a fim de dar um tratamento justo e equilibrado a esta dimensão digital perante outras instituições, de modo que esta Associação se torna importante para instigar estas ações, inclusive de atender o enorme desafio de que todos os blogueiros têm de se formalizar enquanto categoria do setor da economia criativa”, avaliou Armando. 

Atestando seu compromisso com os produtores da mídia digital em Pernambuco, o candidato ao Governo sinalizou: “Os blogueiros vão desempenhar cada vez mais um papel importantíssimo no conteúdo digital, pois vocês são verdadeiramente, na sua essência, uma mídia democrática e capilarizada. Ofereço a minha disposição para contribuir num futuro governo a este desafio”, assegurou o petebista.

Sobre a “Nova Política” defendida pelo PSB, seu adversário neste pleito eleitoral, Monteiro Neto considera de que se trata de um simples slogan. “Não existe isto de nova política. Nós entendemos da “Boa Política”. Reconheço tão somente a boa e a má política. Todos nós devemos ser cobrados e fiscalizados. O que faz a diferença são as atitudes do homem público durante sua existência”, sentenciou.

Preocupado, Armando se colocou desafiado com as questões mais polêmicas e, portanto, mais importantes para Pernambuco, prontificando-se atacar em seu governo, caso seja eleito, as falhas que norteiam os setores da Educação, Saúde e Segurança, bem como o desenvolvimento desigual da população residente na RMR em relação a população dos municípios do Interior, se comprometendo dar maior atenção, focando na interiorização do desenvolvimento.

Educação

Armando Monteiro pretende investir pesadamente para sanar os problemas dessa área, procurando ampliar os programas de qualificação profissional, retirando Pernambuco das baixas colocações nas pesquisas educacionais, a exemplo do baixo salário dos professores. O seu governo deverá criar um fundo de investimentos, se utilizando dos recursos do Pré-sal visando criar com uma série de mudanças o que ele batizou de “Padrão Pernambucano de Educação”.

Saúde

Será prioridade no seu governo, o atendimento a atenção básica, contratando novos médicos. Monteiro ressaltou que quando se melhora atenção básica na Saúde tende-se a constatar um aumento significativo na demanda da realização de exames, provocando uma migração constante da população do interior para a capital em busca dos serviços especializados nas áreas de cardiologia, psiquiatria, traumatologia, dentre outros. Alegando, por sua vez, a ausência da prestação desses serviços especializados fora da capital, alertando para a real necessidade de interiorizar os atendimentos especializados da Saúde, contemplando na melhor medida, a população nas Zonas da Mata, Agreste e Sertão do Estado.

Segurança

Ele expôs que a mídia registra diariamente os crescentes acontecimentos trágicos que cada vez mais amedrontam a população, recuando-a dos espaços públicos onde deveria ser comum a convivência social, o que para Armando, entende que o vigente programa do Governo de Pernambuco na área de segurança (Pacto pela Vida), há um erro no ato da sua criação, sobretudo em focar tão somente os crimes de homicídios. O candidato pretende criar e intensificar a interiorização das Delegacias Especializadas na proteção às mulheres, as crianças e ao patrimônio público, propondo repactuar o Pacto pela Vida de forma integrada com outros setores.

CALENDÁRIO

O último postulante, Zé Gomes (PSOL), será entrevistado no dia 04 de setembro, encerrando a série de entrevistas.

SERVIÇO

AblogPE entrevista pela Web candidatos ao Governo de Pernambuco

Todas as terças e quintas, das 19h às 20h.

Transmissão ‘ao Vivo’ pelo canal do youtube.com/ablogpe


Face: /ablogpe

Twitter: /ablogpe

#ablogpe2014

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Pernambuco perde prazo e 2.832 famílias ficam sem moradia

Foto:Hélia Scheppa/JC Imagem


Giovanni Sandes
JC Online
Em Goiana, Vitória de Santo Antão, Santa Maria da Boa Vista e na pequena Granito, entre outras cidades, há quatro anos 3.817 famílias com renda inferior a um salário mínimo esperavam casas da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), pelo Programa Operações Coletivas. Só 94 receberam moradias. Outras 832 podem ou não conseguir. Mas 2.832 famílias, é certo, ficaram à espera do nada. A Cehab, do governo de Pernambuco, perdeu o prazo para usar dinheiro do programa, recursos do FGTS operados pela Caixa Econômica Federal (CEF), e desde o ano passado vem cancelando os contratos com as famílias. Este mês 612 foram descadastradas. A Caixa atribui o fiasco à Cehab, que alega, entre as razões, a inviabilidade financeira do programa.
As contratações ocorreram em 2010, um esforço coletivo: prefeituras e entidades civis cuidariam dos terrenos, o Estado dos projetos e a CEF do dinheiro e fiscalização.
O presidente da Cehab, Flávio Figueiredo, alega que no aspecto financeiro o programa era “muito apertado”. No início, conta, eram moradias isoladas construídas pelo próprio beneficiado e assistência técnica. A Caixa pagaria de R$ 6 mil a R$ 8 mil pelo material de construção e o Estado, de R$ 2 a R$ 4 mil.
Mas os terrenos cadastrados, em encostas e regiões sujeitas a alagamentos, eram inapropriados, alega Flávio. O foco então mudou para grandes habitacionais. Nessa etapa, diz o presidente, as prefeituras não conseguiram os terrenos, que precisavam ser maiores, e submetidos a exigências mais rígidas da Caixa Econômica. Sem área, os projetos não andaram e o que havia começado parou.
“Nessa etapa, tentamos buscar soluções que seriam aportar mais recursos do Estado para completar as casas, uma vez que os programas do governo federal não permitem a correção dos valores conveniados. Você contrata e o que passar, o reajuste, tem que ser pelo Estado, como se não existisse inflação para o governo federal”, afirma.
Os cadastrados começaram a processar a Caixa: amarrados ao programa, eram proibidos de tomar empréstimos e de cadastro em novos programas habitacionais. Pressionada, a Cehab rescindiu os contratos com as famílias e hoje tenta concluir 832 casas inacabadas.
“Politicamente, você imagina o que é chamar os prefeitos e dizer: ‘aquelas casas, que o senhor anunciou, não vão poder ser feitas porque o senhor não arrumou terreno, porque o governo federal não atualiza, não faz a correção dos recursos’. Foi difícil politicamente para a gente. Mas são decisões que precisam ser tomadas”, afirma.
A Caixa Econômica Federal (CEF) deposita na conta da Cehab o fracasso do programa Operações Coletivas. Por coincidência, em 2014 a Cehab registra sua pior execução de obras em cinco anos, diante de um Estado com um déficit habitacional de 230 mil moradias.
O banco se posicionou sobre o programa por nota: “A Caixa ressalta que os cancelamentos ocorreram porque a entidade Cehab não cumpriu com sua obrigação de executar as obras dentro dos prazos contratados. A Caixa informa ainda que concedeu as flexibilizações em termos de prorrogação dos referidos cronogramas.”
BAIXA EXECUÇÃO
Segundo o Portal da Transparência, a Cehab registra o pior nível de execução de obras desde 2009. De janeiro a agosto, este ano ela executou R$ 33,2 milhões em obras, bem abaixo do mesmo período de 2013, R$ 68,2 milhões, e de 2012, R$ 63,8 milhões. Por incrível que pareça, o resultado é no ano do maior orçamento da história da Cehab, R$ 336 milhões.
Flávio diz que a companhia está na “entressafra” de grandes obras, à espera da Bacia Fragoso II, de R$ 76 milhões.
“Historicamente, a Cehab tem alcançado um mesmo patamar de execução de 80% a 90% dos recursos estaduais de 20% a 30% dos repasses”, afirma. “A gente está tendo reflexo também do desaquecimento. Estamos tendo dificuldades financeiras. Não posso negar que este ano a disponibilidade está menor”, diz. “Mas a nossa meta é chegar, ainda no final do ano, no mesmo patamar dos últimos três anos”, garante.

Clima nas ruas confirma crescimento de Paulo Câmara nas pesquisas

Socialista comandou grande caminhada em Paulista, nesta quarta-feira

O clima nas ruas confirma o que as pesquisas já mostram. Em caminhada realizada nesta quarta-feira (27), em Paulista, Paulo Câmara (PSB) recebeu uma demonstração de como sua candidatura vem crescendo entre os eleitores pernambucanos. Mais de três mil pessoas acompanharam o socialista pelas ruas de Jardim Paulista e Paratibe, vestindo as cores da campanha e declarando, com muita animação, seu apoio à chapa majoritária da Frente Popular.

Acompanhado de Raul Henry (PMDB/vice), Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado) e do prefeito Junior Matuto (PSB), Paulo agradeceu a recepção e ressaltou que a virada na eleição já começou. "Nossa caminhada está crescendo. Nossa forma de fazer política, dialogando, ouvindo a população, está fazendo o eleitor que quer avançar o projeto de Eduardo Campos dizer que já tem candidato. Isso foi o que vocês viram na pesquisa (Ibope) de ontem (26), e que vai se repetir nas próximas consultas. Não tenho dúvidas de que vamos vencer as eleições ", previu o socialista.

Reconhecido nas calçadas, portas, esquina e janelas, Paulo era constantemente procurado pelos moradores para uma conversa, um abraço ou uma foto. "Meu aniversário foi na segunda-feira (25). Quero que você me dê esse presente: tire uma foto comigo", pediu o auxiliar de serviços gerais Welington da Silva, que foi prontamente atendido.

Junior Matuto lembrou as muitas obras feitas pelo Governo Eduardo Campos em Paulista, como o Hospital Miguel Arraes e o novo mercado público de Paratibe, que ainda será inaugurado. "Paulista está do lado de quem Eduardo escolheu. O time que aqui está é o mesmo que sempre esteve com ele", garantiu o prefeito.

Fotos: Aluísio Moreira