Telefone: 81 8824-4442
Email: antonio.assiss@hotmail.com

sábado, 22 de novembro de 2014

Policlínica Adolfo Speck volta a funcionar após incêndio

CBN

A prefeitura do Paulista informa que o atendimento médico na policlínica Adolfo Speck que fica no bairro de Arthur Lundgren I está ocorrendo normalmente. Apenas as vacinas temporariamente não estão sendo realizadas por conta de um incêndio ocorrido na última sexta-feira (14) que atingiu a sala de enfermagem. As pessoas que precisarem neste período tomar vacina podem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua CASA.
Lembrando que a referida unidade de saúde está em reforma.

Fotos: Antonio Assis

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

ÔNIBUS MOVIDO A LIXO ORGÂNICO, ESGOTO E FEZES HUMANA FAZ VIAGEM INAUGURAL NA INGLATERRA

NE 10

O BioBus, primeiro ônibus movido a fezes humana e lixo orgânico, fez sua viageminaugural nesta quinta-feira (20), do aeroporto de BRISTOL até a cidade histórica de Bath, na Inglaterra.
O coletivo, com 40 lugares, tem MOTOR movido a gás biometano, gerado na decomposição de fezes, esgoto e lixo orgânico.
Antes que possa ser usado para movimentar o ônibus, o gás recebe metano e tem oCO2 removido, o que o torna um combustível menos poluente do que o DIESEL e a gasolina.

Outras impurezas também são retiradas para que o gás fique sem odores.
O combustível é produzido pela empresa GENeco na estação de tratamento de águas residuais de Avonmouth, perto de Bristol, usando a digestão anaeróbia.
No processo, os microrganismos decompõem a matéria orgânica na ausência de oxigênio, o que gera o gás.
Só a GENeco produz 17 milhões de toneladas anuais de biometano em Avonmouth.
Já o MOTOR do é semelhante aos motores diesel convencionais dos veículos pesados, mas emite cerca de 30% de dióxido de carbono a menos que os ônibus a diesel.
“Os veículos a gás vão ter um papel importante na melhoria da qualidade do ar das cidades britânicas, mas o Bio-Bus vai ainda MAIS longe”, disse à rede britânica BBC Mohammed Saddiq, o diretor-geral da GENeco,
A empresa que opera o ônibus estima que o veículo irá transportar cerca de 10 mil passageiros todos os meses, do aeroporto de Bristol até o centro da cidade de Bath.
Outras formas inusitadas de produção de biocombustíveis incluem penas de frango, borra de café, gordura de jacaré, tequila, chocolate, fraldas descartáveis, melancia e folhas de maconha.
As mais tradicionais contam com o etanol da cana de açúcar (tecnologia brasileira) e do milho norte-americano.
Veja aqui o vídeo sobre a viagem.
Por Antônio Martins Neto
Editor do BLOG Mundo Possível
(informações: EcoD, BBC BRASIL e DN Ciências)

VIAGEM PELO IRÃ. UM ENSAIO DE CARLOS LATUFF

247 – Nação de uma das civilizações MAIS antigas do mundo, o Irã é, há muitos anos, foco do noticiário internacional por sua influência e importância econômica. Um país de contradições, que abriga, de um lado, uma comunidade pobre e conservadora, e de outro, rica e liberal, cenário muito bem representado na populosa CAPITAL, Teerã.
Trata-se do mais poderoso país muçulmano xiita do mundo e a segunda maior nação do Oriente Médio. Apesar de ter sido um dos fundadores da Organização das Nações Unidas, é alvo de críticas pelo que a ONU considera um pobre desempenho em matéria de direitos humanos. Sofre também sanções comerciais dos Estados Unidos e da EUROPA pelo desenvolvimento de seu programa nuclear.
Em viagem feita ao país na semana passada, o cartunista CARLOS Latuff fez imagens de suas diferentes faces. Confira o ensaio produzido em parceria com o 247:

Outdoor no centro de Teerã mostra Barack Obama como Shimr, que para os muçulmanos xiitas foi o assassino do neto do profeta Maomé. No POSTER, Obama aponta um míssil israelense para um bebê palestino. 

Para preservar a água, MPF quer proibir novas obras em rios da Amazônia

Procuradores da República de seis estados pedem que a Justiça FEDERAL proíba a Agência Nacional de Águas (ANA) de autorizar novos empreendimentos em importantes rios da Amazônia brasileira sem que, antes, sejam criados os chamados comitês de bacia hidrográfica. São colegiados com a participação da sociedade civil que, entre outras coisas, definem os mecanismos de uso compartilhado da água e o plano de recursos hídricos de cada bacia.
Os procuradores ingressaram na última terça-feira (19), com ações em tribunais federais do Amapá, Pará, Amazonas, em Mato Grosso, Rondônia e Roraima. Eles pedem que a agência seja proibida de emitir a Declaração de RESERVA de Disponibilidade Hídrica para quaisquer empreendimentos que estejam em fase de licenciamento nas bacias dos rios Tapajós, Teles Pires, Madeira, Ji-Paraná, Negro, Solimões, Oiapoque, Jari, Araguaia, Tocantins e Trombetas, antes que os comitês de bacia sejam criados, e seus membros nomeados e empossados. No total, foram ajuizadas nove ações.
“Rigorosamente, a ação inviabiliza qualquer empreendimento futuro [nos rios da região amazônica], pois, para fazer qualquer coisa é preciso a outorga da ANA. O propósito é assegurarmos que tenhamos água suficiente e de qualidade para a população”, explicou a subprocuradora-geral da República, Débora Duprat, que coordena a 6ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF – órgão setorial do MPF, responsável por tratar dos temas relacionados às comunidades tradicionais, COMO índios, quilombolas, ribeirinhos e ciganos.
A subprocuradora garantiu que, se aceitos pela Justiça, os pedidos dos procuradores não afetarão os empreendimentos em CURSO. Não está descartada, no entanto, a hipótese de ajuizamento de outras ações, inclusive em outras regiões do país. Segundo Débora, a iniciativa foi motivada pela preocupação do MPF com os rios amazônicos, com a disponibilidade de água e com a má gestão dos recursos hídricos.
“Estamos vivendo uma crise hídrica sem precedentes [em outras regiões] devido à má gestão desses recursos. Para nossa surpresa, ao começarmos a trabalhar com os rios amazônicos, descobrimos que a bacia amazônica não tem comitês. Ou seja, não tem um plano de uso e de gestão da água”, acrescentou a subprocuradora, revelando que os próprios procuradores da 6ª Câmara decidiram ingressar com as ações considerando que a Constituição FEDERAL prevê a existência de um sistema nacional de gestão de recursos hídricos e que uma resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente estabelece que qualquer empreendimento leve em consideração os impactos para a bacia hidrográfica.
“Não é possível acumularmos empreendimentos sem sabermos a capacidade das bacias hidrográficas de suportar isso sem comprometer a existência d'água para seu PRINCIPAL fim, que é o uso humano”. De acordo com Débora, os procuradores da 6ª Câmara constataram que as bacias da região amazônica não dispõem de comitês hidrográficos enquanto analisavam os impactos da construção de usinas hidrelétricas nos rios Teles Pires e Tapajós.
Procuradora da República em Santarém, Fabiana Schneider destacou a importância dos comitês e do planejamento no uso da água. “Com tantos empreendimentos sendo planejados para a região, se não houver um planejamento mínimo, holístico, [outras exigências administrativas] quase não surtirão RESULTADOS concretos. O licenciamento ambiental, por exemplo, costuma ser concentrado em uma área e em um empreendimento, enquanto o comitê leva em conta a bacia hidrográfica”.
Procurada pela Agência BRASIL, a Agência Nacional de Águas informou que não foi  notificada sobre as ações e que só irá se pronunciar após analisar juridicamente as petições.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Charge do Amarildo - Gazeta Online


Bloqueio de telemarketing em Pernambuco pode sair do papel em 2015

NE 10

Um projeto de lei sancionado pelo ex-governador Eduardo Campos em 2009 finalmente pode sair do papel, a partir de 2015. É o que prevê o presidente do Procon-PE, José Rangel, sobre o sistema de bloqueio de ligações indesejadas dos atendentes de telemarketing. Através de um cadastro pela internet, o consumidor pernambucano poderá selecionar as empresas que não desejar receber ligações. O sistema já funciona em outros estados do País, como São Paulo e Rio de Janeiro, e tem sido bem recebido pela população. 
Segundo Rangel, o sistema para cadastro dos consumidores através da internet está praticamente pronto
Segundo Rangel, o sistema para cadastro dos consumidores através da internet está praticamente pronto
Foto: JC News/Arquivo
O presidente do Procon Pernambuco comenta a importância da lei para o Estado: "O cidadão tem o direito de não ser incomodado pelas empresas de telemarketing. Quando essa lei foi aprovada, nós não tínhamos reclamações sobre esse tipo de problema. Mas hoje a situação é diferente. Desde o segundo semestre de 2013 nós percebemos o aumento do assédio das empresas. A partir disso, fizemos um decreto para após o período de transição de governo, dar andamento à regulamentação da lei. Provavelmente, no primeiro trimestre do ano que vem [2015] a gente já esteja com esse decreto em vigor", explica. Ainda segundo Rangel, o sistema para cadastro dos consumidores através da internet está praticamente pronto.
Apesar do projeto de lei sobre o bloqueio de telemarketing ter sido sancionado há seis anos, ele não pode entrar em vigor até a aprovação do decreto regulamentador pelo governador do Estado. Isso porque o projeto original não definia qual órgão do governo ficaria com o compromisso de fiscalizar e executar o cadastro. Ainda em 2009, o Procon-PE elaborou o decreto aceitando ficar responsável pelo registro dos números de telefone, cobrar as multas, entre outras questões.

Enquanto a possibilidade de bloqueio não entra em vigor, milhares de pernambucanos continuam sendo incomodados por empresas de telemarketing. A empregada doméstica Gorete Pedroza, 44 anos, não vê a hora da lei sair do papel. Após passar uma semana recebendo ligações de vendedores para adquirir um pacote de INTERNET E TELEFONE ela só conseguiu se livrar do problema ao dar vários "foras". A doméstica sempre dizia que não queria ou não estava interessada no produto oferecido pelo telefone residencial, mas mesmo assim não parava de receber chamadas. 
MULTAS - A empresa que continuar incomodando o consumidor poderá ser multada entre R$ 500 e R$ 3 mil. Em caso de reincidência o valor da multa deverá ser duplicado. A lei não irá abranger instituições sem fins lucrativos.
BRASIL - Nove estados no País já possuem leis de bloqueio de telemarketing. São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Paraná, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba, Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais, já definiram as regras para o serviço de telemarketing. O estado de São Paulo foi o primeiro a oferecer o serviço à população.  Desde 2009, mais de um milhão de telefones já foram cadastrados para não receber ligações de telemarketing. Ao todo, 307 empresas autuadas desde 2010.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Ônibus é atacado com artefato em chamas na avenida Agamenon Magalhães

Luiz Filipe Freire
Folha-PE
O lançamento de um explosivo dentro de um ônibus deixou feridos, no fim da tarde desta terça-feira(18), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. O artefato provocou um princípio de incêndio no coletivo, que fazia a linha 861-TI Xambá/TI Joana Bezerra. O fogo destruiu assentos e parte da lataria do veículo. Duas mulheres sofreram queimaduras e foram encaminhadas ao Hospital da Restauração, no Derby. Outras duas pessoas se machucaram na correria para escapar das chamas, mas não precisaram de atendimento.
Segundo o tenente-coronel Jailton Pereira, comandante do 16º Batalhão da PM, o artefato lançado dentro do ônibus é, provavelmente, um coquetel molotov. Duas garrafas com álcool também foram encontradas no local. O fogo foi controlado por policiais. Após diligências, dois menores, de 15 e 17 anos, foram apreendidos sob suspeita de participarem da ação.O atentado ocorreu por volta das 17h, na avenida Agamenon Magalhães, nas proximidades daAcademia da Cidade. A cerca de 500 metros, na frente do Shopping Tacaruna, acontecia um protesto contra a morte de um adolescente, pela manhã, em uma comunidade de Santo Amaro. Ojovem de 17 anos foi baleado por integrantes do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) durante uma troca de tiros. A Polícia Militar (PM) não sabe se o ato criminoso teve relação com a manifestação.

“Mostramos fotos deles para as passageiras que foram socorridas e elas os reconheceram. Sendo assim, fizemos o encaminhamento dos jovens para o DPCA (Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente)”, detalhou o comandante, que também defendeu a ação do Gati ocorrida pela manhã. “As equipes faziam uma ronda normal quando houve a informação de que havia um grupo com drogas e armas. Quando fizeram a abordagem, os policiais foram recebidos a tiros e tiveram que revidar. Mesmo assim, mantivemos contato com a mãe do menor e colaboraremos com a investigação do que aconteceu”, completou Pereira.
As passageiras que precisaram de socorro foram identificadas como Maria das Neves Lira - que sofreu queimaduras nas pernas, mas se encontra estável - e Maria Eliane da Silva, que já foi liberada.

Renildo vê lado positivo nas obras inacabadas

Blog da Folha
O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), rechaçou nesta terça-feira a pecha de que nunca está na cidade e disse que o atraso das obras realizadas no município de Olinda é um “bom sinal”, pois mostra que o município, que tem tem um orçamento curto, recebeu muitos investimentos. O gestor chegou a dizer, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7,que a cobrança é vista como “um grande elogio”. Para ele, a cidade nunca tinha passado por tantas intervenções por conta da falta de recursos.
“O que Olinda arrecada mal consegue pagar suas contas. Não há capacidade de investimento com recurso próprio. Então para você trazer obra para Olinda é preciso grandes movimentações com o Governo do Estado e Governo Federal. Todas as obras que eu pude trazer eu trouxe para Olinda. Terminá-las é um grade desafio e nós estamos vivendo essa desafio agora”, afirmou Renildo.
O gestor garantiu que as obras na Orla de Olinda serão entregues ainda este ano. “Graça a Deus a obra esta sendo feita. A cidade tem 500 anos e ninguém nunca cuidou da orla em Olinda. Vamos concluir até Rio Doce. Agora a parte de Bairro Novo e Casa Caiada será concluída no fim de novembro eu concluo. O que está falando ali são basicamente as lombadas. Teremos lombadas físicas e lombadas eletrônicas. No fim de novembro, aquele trecho de casa caiada e bairro novo está concluindo”, garantiu.
Renildo também negou os boatos que ele nunca está em Olinda. Segundo o gestor, ele mora na cidade é desde 1999 e, algumas vezes, vai para Brasília atrás de recursos e para o Estado de Alagoas visitar sua família. “Adoro quando vou Alagoas e vou continuar indo a Alagoas quando tiver vontade. E outro lugar que viajo muito e Brasília. Não muito. Se você pegar a quantidade de viagens que fiz, não foi muito. É porque em Brasilia é que estão os recursos para trazer as obras para a cidade. Eu tenho a vantagem de ter sido deputado por três mandatos, conheço deputados, ministros, e tenho um canal que pouca gente tem. Mas eu vivo em Olinda direto. Eu passo o tempo todo em Olinda”, justificou o gestor.

Falta de chuva pode arruinar produção mundial de chocolate

CicloVivo

Duas das maiores fábricas de chocolate do mundo, Mars Inc. e Barry Callebaut, têm alertado a população sobre um futuro sem chocolates. Devido às condições climáticas, a produção de cacau tem se tornado cada vez mais difícil. As perdas são maiores a cada ano, ao mesmo tempo em que o consumo de chocolate também cresce.
Conforme reportagem publicada no jornal norte-americano The Washington Post, os agricultores já produzem menos cacau do que a demanda mundial pede. Neste ano o mundo alcançou a maior sequência de déficits de chocolate nos últimos 50 anos. Em 2013 o consumo foi de 70 mil toneladas a mais de cacau do que o montante produzido. Em 2030, os especialistas acreditam que essa diferença poderia chegar a dois milhões de toneladas.
A causa para essa perda na produção está diretamente relacionada ao clima, mais especificamente à falta de chuva em áreas produtivas, como a Costa do Marfim e Gana, países africanos que concentram 70% daprodução mundial de cacau.
Além da estiagem, pragas que afetam as lavouras também influenciam esta queda. De acordo com a Organização Internacional do Cacau, a produção mundial deste alimento caiu de 30 a 40%. Por ser tão difícil, muitos produtores têm preferido investir em outras culturas que são mais resistentes, sofrem menos com as condições climáticas e garantem o resultado no fim da safra.
Para tentar manter a produção de chocolate de forma a atender à demanda mundial, cientistas têm estudado tecnologias agrícolas que favoreçam o plantio de cacau.  

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Imóvel na Vila Torres Galvão - Jacqueline Maiana






































Como a internet está sendo um meio de comunicação muito rápido, quero aproveitar e denunciar a Prefeitura do Paulista pela aprovação (ou possível aprovação) de um projeto do imóvel localizado na AVENIDA RODOLFO AURELIANO, 678, VILA TORRES GALVÃO – PAULISTA – PE. 
Pois denunciei ao CREA, CPRH, PREFEITURA DO PAULISTA E MINISTÉRIO PÚBLICO a construção de um imóvel para fins comerciais. 
• O imóvel foi construído sem placa de engenheiro;
• Sem acessibilidade aos cadeirantes, pois o portão de acesso encontra-se no meio da ladeira;
• Com calçada mal feita; estreita e com ferragem;
• Atrapalhando o fluxo de veículos e pedestres, pois utiliza a via publica para fazer massa de cimento;
• Como não seguiu com o alinhamento frontal e lateral, tirou a minha visibilidade, desvalorizou o meu imóvel e tirou a minha privacidade. 
• Trabalhadores sem os devidos EPI´S

Paulo Câmara convoca deputados federais para tratar das emendas parlamentares de 2015

Rosália Rangel
Diario de Pernambuco


O governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), se reúne nesta terça-feira (18), em Brasília, com os 25 deputados federais que integram a bancada pernambucana na Câmara. O encontro tem a finalidade de definir as emendas que serão apresentadas ao Orçamento da União de 2015. Na semana passada, ao falar sobre o assunto, o socialista antecipou que não haverá restrições e que todos os partidos foram convidados a participar. O estado deverá elencar propostas para direcionar recursos para estradas e projetos, a exemplo do Arco Metropolitano, na Zona da Mata Norte, além de ações para saúde.

Em Brasília, nesta segunda-feira (17), Paulo Câmara participou do seminário “Pacto Pela Boa Governança: Um Retrato do Brasil”, organizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O futuro governador integrou o painel sobre a Previdência Social.

O objetivo do evento, que reuniu governadores de todo o Brasil, incluindo os eleitos em 2014, foi de apresentar um documento produzido pelos tribunais de contas estaduais contendo diagnóstico sobre importantes temas do país. Entre eles educação, saúde, previdência SOCIAL, segurança pública e infraestrutura. O seminário ocorre no Museu Nacional de Brasília, no Distrito Federal. O governador João Lyra Neto (PSB) também participou do seminário.

Antes da reunião com a bancada federal, prevista para as 18h desta terça-feira, Paulo Câmara almoça com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, acompanhado do deputado federal e presidente estadual do partido, André de Paulo (PSD/PE). 


Às 14h, ele tem uma reunião com a representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Brasil, Daniela Carrera-Marquis. Na pauta da conversa, o andamento de diversos projetos de Pernambuco com o BID e também a possibilidade de fechar novas parcerias a partir do próximo ano.

Novembro Azul em Paulista


Lei do Telhado Verde será votada nesta terça

Luiz Filipe Freire
Folha-PE

A Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal do Recife votará, nesta terça-feira (18), o Projeto de Lei Telhado Verde. A medida prevê a instalação de uma cobertura verde em edifícios com mais de quatro pavimentos e em prédios não habitacionais com mais de 400 metros quadrados de área. A proposta é do vereador Eurico Freire (PV).
A inspiração vem da cidade de Stuttgart, na Alemanha, que possui 60% de cobertura vegetal. Além de tornar o Recife um exemplo para outrosmunicípios, o objetivo é reduzir o efeito das ilhas de calor, melhorando a qualidade de vida da população. O projeto de lei prevê também a reutilização de água das chuvas com a construção de reservatórios de acúmulo ou de retardo do escoamento para a rede de drenagem.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Charge do Clayton - Humor Político


Propaganda eleitoral deve ser retirada das ruas até o dia 25 de novembro

TSE

Candidatos, partidos políticos e coligações que disputaram a eleição no segundo turno têm até o dia 25 de novembro para retirar das ruas todas as propagandas eleitorais. É o que determina a Resolução 23.404/2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que em seu artigo 88 estabelece que a propaganda eleitoral deve ser removida até 30 dias após a eleição.
O mesmo dispositivo estabelece que se o bem em que a propaganda foi fixada tiver sido danificado, este deverá ser restaurado. O prazo de retirada da propaganda eleitoral para quem concorreu no primeiro turno terminou no dia 4 de novembro.
Punição
De acordo com resolução do TSE, o descumprimento dessas regras sujeita os responsáveis às consequências previstas na legislação comum aplicável. A abrangência da regra permite a aplicação de legislações comuns variadas, como as leis de posturas municipais - conjunto de normas que regula a utilização do espaço e o bem-estar público do município - bem como normas ambientais e de direito administrativo.
Fiscalização
O cidadão pode ajudar a Justiça Eleitoral denunciando a não retirada da propaganda onde houve disputa no segundo turno (AC, AP, AM, CE, DF, GO, MS, PR, PB, RJ, RN, RS, RO e RR). Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) contam com canais de comunicação com o eleitor e alguns têm, inclusive, canais específicos para o envio de denúncias. É o caso, por exemplo, do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), que recebe denúncias por meio da Coordenação de Organização e Fiscalização de Propaganda Eleitoral pela internet, no site do TRE-DF (http://www.tre-df.jus.br), ou pelo telefone (61) 3048-4000.
Em Goiás, os candidatos que disputaram o segundo turno assinaram, no dia 9 de outubro, na sede do Regional, um termo se compromissando a impedir o acúmulo indevido de material de propaganda impressa ao longo da campanha. Além disso, os então candidatos ao governo goiano se dispuseram a destinar para a reciclagem as sobras de material de campanha. Na Paraíba, o TRE-PB e a Procuradoria Regional Eleitoral se uniram na divulgação de campanha para combater a propaganda eleitoral. No Rio Grande do Norte, o TRE-RN recebe informações pelo sistema de denúncias on-line disponível no site www.tre-rn.jus.br.

Em Minas Gerais não houve segundo turno, mas ao longo da campanha o TRE-MG realizou, em parceria com o Corpo de Bombeiros, a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) e a Polícia Militar, a terceira edição da campanha Sujeira Não é Legal. O objetivo foi orientar candidatos, eleitores e a população em geral a realizar uma campanha eleitoral mais limpa, segura, tranquila e transparente.