terça-feira, 15 de novembro de 2016

Matuto busca alternativas para destravar convênios com o Ministério das Cidades

Junior Matuto esteve reunido com representantes do Ministério das Cidades

Foto: Francisco Marques / Prefeitura do Paulista

Blog da Folha

O prefeito do município do Paulista, Junior Matuto (PSB), participou nesta segunda-feira (14) de uma agenda administrativa com representantes do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal, no Recife. Acompanhado da equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura, o gestor tratou de destacar que está empenhado em resolver os entraves que estão limitando os repasses de convênio para obras importantes na cidade.

Segundo levantamento da gestão municipal, atualmente, R$ 108 milhões estão pactuados com o Ministério das Cidades, entre obras que estão em andamento e algumas que estão em análise ou já foram aprovadas, mas aguardam licitação. O montante está sendo destinado a um conjunto de ações na área de infraestrutura urbana. 

O encontro desta foi agendado pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, com que o prefeito esteve em audiência, na última semana, na capital federal. Na oportunidade, Jr Matuto colocou o staff da prefeitura à disposição para encontrar alternativas em relação às pendências que estão dificultando o repasse das verbas.

Na visão do Matuto, a reunião foi muito importante porque foi possível alinhar as tarefas de cada órgão envolvido. 

“Saio satisfeito do encontro porque tenho certeza que as equipes terão condições de resolver as pendências existentes de forma conjunta. Diante deste cenário de crise, o gestor municipal que não tiver a capacidade de fazer parcerias e correr atrás dos recursos está fadado ao insucesso. Em Paulista, o dinheiro que chega de convênio da cria porque a gente investe de forma correta”, frisou o prefeito.

Participaram da reunião, o assessor do Gabinete do Ministério das Cidades, Paulo Muniz; os gerentes de convênio da Caixa, Mário Sinésio, Emerson Gomes de Almeida, Maria Reynaldo e Marcos S.; além da equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura, Pedro César, Risomar Campelo e Fernanda Viegas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário