quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Dom Fernando Saburido apresenta canteiro de obras da Fazenda Esperança

Dom Fernando Saburido mostrou o canteiro de obras
Foto: Arquidiocese/Divulgação

Folha de Pernambuco

O arcebispo dom Fernando Saburido apresentou, na quarta-feira (15), o canteiro de obras da Fazenda Esperança, que vai abrigar e recuperar 48 jovens do sexo masculino com dependência química. O projeto da arquidiocese de Olinda e Recife é construir a primeira Fazenda da Esperança da Região Metropolitana e oferecer, a cada interno, 12 meses de tratamento. 

Aconstrução que será erguida em Muribequinha, Jaboatão dos Guararapes, e está orçada em R$ 4 milhões. O projeto da fazenda da Esperança Padre Antônio Henrique Pereira Neto prevê a construção de refeitório, capela, quadra poliesportiva e salas para trabalhos manuais, mas, de acordo com a arquidiocese, ainda não há doações suficientes. 

“Já recebemos doação suficiente de brita e areia, graças a Deus”, afirmou dom Fernando, que fundou uma unidade da Fazenda da Esperança em Sobral, no Ceará. 

O comitê de voluntários ressaltou que ainda há muito o que doar. A unidade jaboatonense receberá inicialmente 48 homens que, segundo os responsáveis, terão como fonte de autoestima e sustento, o próprio trabalho. O local onde o empreendimento social será erguido foi doado em 2015 pela prefeitura da cidade.
De acordo com a assessoria da Arquidiocese, a internação será voluntária e a comunidade só acolhe “as pessoas que pedem ajuda, pois os internos não ficam em locais fechados por muros ou portões”. “O eixo terapêutico abordado na Fazenda da Esperança se baseia no tripé convivência em família, trabalho como processo pedagógico e espiritualidade.”

A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica reconhecida pelo Vaticano e fundada em 1992 no interior de São Paulo. O projeto possui 77 unidades e três delas estão em Pernambuco, nas cidades de Garanhuns e São Joaquim do Monte.

Nenhum comentário :

Postar um comentário