quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Maioria dos deputados tucanos declara voto a favor da denúncia contra Temer

Michel Temer 
Foto: Mauro Pimentel/ AFP

Folhapress

A maioria da bancada tucana na Câmara declara voto a favor da aceitação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), que deve ser apreciada no plenário nesta quarta-feira (2).

De acordo com enquete realizada pela Folha de S.Paulo, 24 dos 46 parlamentares do partido declararam voto contra Temer. A reportagem considerou respostas diretas ao contato feito por telefone e também posicionamentos em redes sociais.

Apesar de manter quatro ministérios no governo, apenas nove deputados da sigla afirmaram abertamente que votarão com o governo. No mapa de votações feito por governistas, Temer contava com metade dos votos da sigla.

Caso os 13 deputados que ainda não declararam voto decidam acompanhar o presidente, a conta chegará a 22 deputados.

Rachado

Desde a divulgação dos áudios de Temer gravados pelo empresário Joesley Batista, da J&F, em maio, o PSDB está dividido entre aqueles que querem desembarcar do governo e aqueles que defendem a manutenção do apoio ao presidente.

A bancada da Câmara é uma das alas em que o sentimento pró-saída da base é mais forte. O próprio líder da sigla na Casa, Ricardo Trípoli (SP), declarou em redes sociais que apoia o seguimento das investigações.

Na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, por onde a denúncia passou antes de chegar ao plenário, os tucanos foram os únicos da base a dar maioria dos votos a favor do parecer de Sergio Zveiter (PMDB-RJ), que pedia a admissibilidade da denúncia, com um placar de cinco a dois.

Rachada, também foi a única sigla a não orientar a votação dos deputados. Além disso, é do tucano Paulo Abi-Ackel (MG) o parecer que pede a rejeição da denúncia contra Temer que foi aprovado na comissão e será apreciado no plenário.

Nenhum comentário :

Postar um comentário